Raças de cães

Antigamente, a vida dos cães circunscrevia-se às quintas e era imperativo que os animais tivessem um propósito. Com base nestas definições, as diversas raças de cães foram divididas em vários grupos e secções. O conjunto das raças caninas foi redefinida em 1983 por Raymond Triquet. Este especialista identificou 10 grupos com traços característicos em comum. Ler mais

Encontre o seu cão

As características mais importantes

O meu cão deveria ser

Aparência

Tamanho
PequenoMédioGrandeGigante
Pelo
Sem pelo / HipoalergénicoPelo curtoPelo comprido
Cor
PretoVermelho / Castanho-claroAzul / CinzentoCastanho / Cinzento / ChocolateCremeBrancoAmarelo-torradoDourado / Amarelo
Padrão
BicolorTricolorMármoreTuxedoArlequim / PintalgadoMalhado / Listrado / SalpicadoTabbySableSaddle / Blanket

Grupo FCI

13 Dog breeds to your search

Bearded collie

Os Bearded collies são cães ativos que transpiram vitalidade e seguem pela vida seguros de si mesmos.

Buldogue inglês

O seu inconfundível encanto, sentido de humor, personalidade amistosa e algo desajeitado, conquista o coração das pessoas.

Chihuahua

Conheça todas as características da raça: Personalidade; Como cuidar; Problemas de saúde; Alimentação e muito mais.

Cocker Spaniel Inglês

Elegante, aventureiro e de atitude atrevida – o Cocker Spaniel inglês é uma das raças de cães mais populares. Descubra neste artigo tudo o que precisa de saber sobre este castiço britânico.

Dogue alemão

O Dogue alemão, também chamado cão dinamarquês, é uma das maiores raças de cães do mundo e é um cão amável e tranquilo.

Galgo afegão

O galgo afegão impressiona com o seu longo manto de seda, a sua estatura dinâmica e expressão graciosa.

Galgo Espanhol

Galgo Espanhol como cão da família: Personalidade; Adoção; Cuidados a ter; Atividade Física.

Kelpie australiano

O Kelpie australiano caracteriza-se pela sua vitalidade, resistência e capacidade físicas. É um cão tenaz e ágil.

Pinscher miniatura

O Pinscher miniatura, apesar do seu tamanho, é atento, familiar e adora atividades e desportos.

Pug

Antes de adotar um pug conheça as características da raça e como cuidar: Comportamento; Alimentação; Saúde; Higiene e muito mais.

Shih Tzu

Está a pensar adotar um cão de raça Shih Tzu? Saiba tudo sobre: Comportamento, Saúde, Cuidados a ter, Adoção e Alimentação.

A Federação Cinológica Internacional (FCI) tornou esta categorização oficial em todo o mundo. A cada raça corresponde um estado-membro da FCI, isto é, a origem de cada uma das raças diz respeito a um país específico.

Na categoria das raças encontrará uma descrição pormenorizada dos 10 grupos de raças principais listadas pela FCI. Descubra as suas origens, traços de personalidade, preferências e aversões, questões de saúde e exigências. Neste artigo apresentamos-lhe cada uma das raças específicas.

Raças de cães reconhecidas pela FCI divididas por grupos e secções

Grupo 1 – Cães de Pastor e Boieiros

Todas as raças deste grupo têm como característica a enorme vontade de trabalharem em conjunto. Os cães de pastor são animais inteligentes animais de trabalho e são apreciados pela sua capacidade de estar em alerta. Raramente ladram e rapidamente se submetem à vontade dos humanos. Por outro lado, o instrumento de trabalho mais importante dos cães de pastoreio são precisamente os seus latidos, pois só assim conseguem reunir os rebanhos de ovelhas. Os Bearded Collie são cães alegres, de temperamento equilibrado e educados. Típica desta raça é a expressão empreendedora. O Cão de Pastor Branco Suiço evoluiu no  Canadá para uma raça independente – estes exemplares são ótimas companhias para crianças, além de atentos, e, ainda que nada agressivos, são excelentes cães de guarda.

Grupo 2: Cães de tipo Pinscher e Schnauzer, Molossóides e Cães de Montanha, e Boieiros Suiços

Neste grupo incluem-se, além do Pinscher e do Schnauzer, o Smoushond, o Terrier Preto Russo, as raças tipo Dogue, tipo Montanha e ainda os Boieiros Suiços. Na secção dos Pinscher estão contempladas as raças  Dobermann e o Pinscher Miniatura. Estes animais terão sido introduzidos, no início do século XIX, a partir de Inglaterra para a terra firme do continente europeu. A Affenpinscher é uma das mais antigas raças alemãs e as suas características têm permanecido praticamente inalteradas. Os exemplares desta raça podem viver até aos 15 anos e adoram pessoas. Além disso, derretem-se com mimos, são bons cães de guarda e não têm necessidade de grande atividade física.

Grupo 3: Terriers

Neste grande grupo encontramos Terriers de tamanho grande e médio, Terriers de tamanho pequeno, Terriers de tipo Bull e Terriers de Companhia. Devido à sua aparência considerável, o Airedale Terrier é considerado o rei dos Terriers e é oriundo do condado de Yorkshire. Nesta zona, trabalhadores como mineiros ou agricultores precisavam de manter perto de si cães robustos para a caça e para conduzirem o gado, sendo os Airedale Terriers os animais indicados e que rapidamente encontraram muitos adeptos, em grande parte devido à sua fiabilidade e versatilidade. O Australian Terrier é uma raça que se adapta ao tamanho do apartamento citadino comum, desde que lhe sejam dadas oportunidades de fazer exercício suficiente. Originalmente esta era uma raça dedicada à guarda, pois os animais são robustos e fortes. O Fox Terrier de pelo cerdoso é também bastante comum na Europa, tendo sido bastante usado na caça da raposa e podendo ser visto em numerosos retratos históricos britânicos.

Grupo 4: Dachshund

A raça Dachshund, também designada por Teckel ou 'salsicha', é conhecida desde a Idade Média. A partir da raça Bracken foram continuamente criados cães de pequena estatura, indicados para caçar ao nível do solo ou abaixo deste. Em resumo, assim se explicam as origens desta raça. Esta apresenta uma pelagem curta, densa e junto ao corpo com inúmeras gradações de cor entre o preto e o castanho-avermelhado. Os Dachshund são animais equilibrados, persistentes, com um faro delicado e bastante ágeis. Trata-se de uma raça criada em três tamanhos distintos – Standard, Miniatura e Kaninchen – e apresentam três comprimentos de pelo diferentes – cerdoso, comprido e raso. Os musculados Dachshund de pelo cerdoso não apresentam grande necessidade de movimento, podem chegar aos 17 anos e constituem excelentes cães de guarda.

Grupo 5: Cães de tipo Spitz e de tipo Primitivo

Neste grupo incluem-se os cães nórdicos de trenó, os cães nórdicos de caça, os cães nórdicos de guarda e pastoreio, e os Spitz europeus e asiáticos. O Spitz alemão é descendente do cão doméstico pré-histórico e, portanto, constitui a mais antiga raça da Europa Central. Os Spitz fazem-se notar pelo seu bonito pelo que sobressai bastante pela camada inferior. Os olhos vivaços e as orelhas pontiagudas conferem-lhe a aparência atrevida e animada que o caracteriza. O Spitz alemão é vivaz mas muito carinhoso e dócil e fácil de educar. Tratando-se de uma raça cautelosa no que diz respeito a desconhecidos é ideal como cão de guarda. As raças nórdicas são populares cães de pastoreio com pelo quentinho.

Grupo 6: Cães de Levante e Corso e raças semelhantes

Os cães de levante têm um faro bastante apurado e desde há muito que têm vindo a ajudar os humanos a caçar. Estes aceitam de bom grado as condições meteorológicas e seguem os rastos enuquanto ladram. Representantes deste grupo são, por exemplo, os Foxhound, os Laufhund, os Otterhund, os Français Tricolore e os Beagle. Os cães de corso são cães de caça especializados em encontrar presas feridas e, tal como os cães de levante, o seu olfato é apurado e segue explicitamente o rasto de animais selvagens feridos. Representantes deste tipo são o Sabujo montanhês da Baviera e o Basset alpino. Os cães de levante são treinados para caçar em matilha, ao passo que os cães de corso realizam as tarefas sozinhos.

Grupo 7: Cães de parar

Identificamos neste grupo cães de parar continentais como o Braco, o Spaniel e o Griffon, e ainda cães de parar britânicos e irlandeses, como os Pointer e os Setter. Os cães de parar devolvem prontamente peças de caça selvagem. São animais muito versáteis e a sua criação tem vindo a aumentar desde que as armas de fogo se tornaram populares. Não matam a presa, ao invés, apontam calmamente a sua posição. No que se refere a esta tarefa, a sua popularidade já viu melhores dias, mas pelo facto de combinarem características de diversas raças de caça são bastante requisitados como fiéis companheiros. No entanto, não devem ser mantidos como animais de estimação por leigos – o seu lugar é nas mãos dos caçadores.

Grupo 8: Cães Levantadores e Cobradores de Caça e Cães de Água

Os levantadores são cães de caça dedicados a encontrar animais selvagens voadores e a devolvê-los aos caçadores. Os cobradores são cães que procuram no mato, e de forma independente, por pequenos animais selvagens. Nesta categoria incluem-se as raças Cocker Spaniel inglês, Cocker Spaniel americano, Springer Spaniel inglês, Field Spaniel, pequeno cão holandês (ou  Kooikerhondje) ou o Springer Spaniel de Gales. Os cães de água contribuem com a sua ajuda em momentos de pesca. O American Spaniel descende do Springer Spaniel inglês e é a raça Spaniel de menores dimensões. O Chesapeake Bay Retriever foi criado especificamente para caçar na água e, além de cobrador, conseguir partir gelo e suportar águas geladas.

Grupo 9: Cães de Companhia e de Assistência

Falamos agora de cães que são usados pelos donos como animais de companhia e parceiros sociais. Neste grande grupo encontramos os Bichons, os Caniche, os cães belgas de tamanho pequeno, os cães nus, os cães do Tibete, os Pequinês e os Chihuahua.  O Bichon Frisé, por exemplo, é divertido, independente e bem-humorado, além de aprender rapidamente e ser fácil de educar. O Bichon Bolonhês, por seu lado, apresenta uma estatura física delicada, é sociável e adequado para famílias. O Bolonka é um verdadeiro cão de colo – os exemplares desta raça são amigáveis e vivaços e, portanto, fantásticos companheiros de brincadeiras. O Boston Terrier, raça criada em Boston na década de 70 do século XX, apresenta um temperamento bastante equilibrado – são animais espertos, ativos, determinados e dóceis. Desde a sua descoberta em 1850 que o Chihuahua é considerada a raça de cães mais pequena do mundo; acredita-se que descendem dos cães sacrificados em rituais há milhares de anos no antigo México. Desde o século XIX que os fazendeiros na província de Chihuahua vendem estes animais aos turistas, contribuindo assim para a raça se disseminasse na Europa. Os Chihuahuas podem apresentar traços de personalidade a oscilar entre o vigilante e o brincalhão.

Grupo 10: Galgos

Sejam galgos de pelo comprido e franjeado, de pelo cerdoso ou de pelo curto, estes cães elegantes e de longas pernas são dos animais terrestres mais rápidos do mundo, lado a lado com as chitas. Foram criados para o desempenho de tarefas concretas, como a caça de longa distância. De acordo com a origem de cada qual é possível diferenciar entre os galgos ocidentais e orientais – características destes últimos são as orelhas caídas e a independência de carácter, enquanto os galgos ocidentais são excelentes velocistas e têm orelhas cor-de-rosa.

Descubra a nossa seleção de ração 'Especial raças' na loja para cães da zooplus!