Terrier australiano

Escrito por Kerstin S.
terrier australiano

O alegre terrier australiano está longe de ser um cão de colo.

Qual o aspeto do terrier australiano?

O padrão da Federação Cinológica Internacional (FCI) descreve o terrier australiano como "um dos mais pequenos terrier de trabalho". À primeira vista, lembra uma versão maior, mais arrojada e selvagem de um yorkshire terrier.

Morfologia

Este cão robusto conta com cerca de 25 centímetros de altura ao garrote e uma silhueta alongada. As fêmeas são um pouco mais pequenas. Um aussie pesa aproximadamente 6,5 quilos.

O crânio é longo, achatado e moderadamente largo com um ligeiro stop. Já os olhos são pequenos, ovais e castanho-escuros. As orelhas do terrier australiano são também pequenas, eretas e pontiagudas.

Originalmente, a cauda era-lhes cortada com frequência. Hoje em dia, felizmente, esta prática é proibida na maioria dos países europeus. É de inserção alta e é trazida apoiada bem próxima das costas.

Qual o aspeto do pelo do terrier australiano?

O aussie tem um pelo áspero com cerca de seis centímetros com uma camada interna curta e macia. Por outro lado, a zona de pelo em redor do pescoço é visivelmente frisada e o pelo é mais comprido.

São duas as variações de cor desta raça: diferentes tons de azul com castanho e cor de areia/vermelho. De acordo com os padrões da FCI, tanto os sombreados como as marcas brancas são indesejáveis.

Carácter: terrier com charme

Embora o terrier australiano tenha, como é típico dos terrier, uma personalidade forte, é sociável e adaptável.

Essência: pequeno cão dos sete ofícios

Alegre, brincalhão, recetivo e sempre pronto para uma aventura em conjunto: o terrier australiano é, então, um cão simpático e robusto. Cria laços estreitos com os donos e é recetivo a outros bípedes.

Apesar do seu tamanho, é confiante, por vezes imprudente. Ao receberem uma boa socialização enquanto cachorros e jovens cães, as típicas características dos terrier não deverão ser um problema em encontros controlados com outros cães.

Como todos os terrier, os aussie não são de maneira nenhuma cães de colo. Na verdade, como cães de trabalho, precisam de suficiente trabalho intelectual e físico para se sentirem satisfeitos.

Educação para terrier inteligentes

Pequeno e inteligente, o terrier australiano depressa percebe o que é que os donos querem dele. São animais fáceis de treinar e gostam de se adaptar ao dia a dia do dono, contanto que possam lá estar. Naturalmente, a típica teimosia dos terrier tem que ser considerada. Não nos esqueçamos que são cães de personalidade forte.

Além disto, são cães vigilantes e gostam de exibir comportamento territorial, sobretudo os machos. Portanto, é importante ensinar-lhe a direcionar os seus latidos desde tenra idade.

Os seus antepassados eram talentosos caçadores de ratos e de cobras. Tenha isto em conta nos passeios sem trela. Buracos de ratos ou ratazanas podem rapidamente fazê-los esquecer as boas maneiras.

O terrier australiano gosta de longos passeios.

Ter um aussie

O terrier australiano também é indicado para donos pouco experientes. Juntos podem divertir-se imenso! De facto, estes trabalhadores transformaram-se em cães de companhia e de família.

A que estilos de vida se adapta o terrier australiano?

Cães oriundos do outro lado do mundo têm muitos atributos que os tornam atraentes para muitos fãs de cães. Sendo assim, são indicados tanto para famílias como para agregados de uma só pessoa.

Socializam muito bem com gatos. Porém, pequenos animais, como os porquinhos-da-índia, devem ser protegidos destes fervorosos caçadores de ratos.

Cidade ou campo? Apartamento ou vivenda? Para o terrier australiano é indiferente. O mais importante é que tenha suficientes chances para se exercitar e se ocupar! Desde que os ocupem física e mentalmente, idosos que gostem de exercício físico dar-se-ão lindamente com estes cães.

Por muito fofinhos que sejam, é fundamental ter presente que os terrier australiano eram originalmente cães de trabalho. Para pessoas mais calmas, sejam novas ou velhas, os representantes seniores da raça são os mais indicados.

Serão os aussie indicados para crianças?

Regra geral, estes pequenos terrier dão-se bastante bem com crianças. Mesmo que os aussie já sejam relativamente crescidos, atenção: nunca os deixe sozinhos com bebés ou crianças pequenas. A partir do momento em que as crianças mais velhas os tratem com consideração, cão e criança podem tornar-se uma verdadeira dupla de sonho.

Quão complexos são os cuidados com o pelo?

O terrier australiano apresenta um pelo áspero com uma camada interna macia, da qual deve cuidar regularmente para a manter em condições. Em alternativa, pode ir com o seu patudo a um cabeleireiro para cães duas vezes por mês. Escove-o uma vez por semana para evitar a formação de nós. Além disto, mantenha o pelo limpo e livre de sujidade após os vossos passeios no campo. Uma grande vantagem: estes cães raramente perdem pelo.

Em geral, em comparação com tantos outros cães de pequeno porte, os terrier australiano são fáceis de cuidar. Porém, alguns representantes da raça têm tendência a desenvolver infeções nos ouvido. Deve, então, examinar as orelhas regularmente e limpar a área exterior, se necessário.

Leia este artigo e descubra como cuidar do pelo do seu cão.

Manter um aussie ocupado

O terrier australiano adora estar deitado no sofá na companhia do dono - mas apenas se tiver feito exercício suficiente antes. Apesar do seu tamanho, estes cães não foram feitos para quem gosta de passar o dia no sofá em frente à televisão. Adoram longos passeios. De resto, uma boa ocupação mental não deve faltar a estes patudos tão espertos.

No seu país de origem, o terrier chegou a ser utilizado como cão de pastoreio. Isto põe em evidência a sua robustez e empenho. Na verdade, são muitos os desportos para cães adequados a estes patudos tão enérgicos. A prática de agility para cães pequenos mas também de nosework e aprendizagem de truques são alguns exemplos.

À procura de inspiração? Conheça todos os desportos para cães, de A a Z!

terrier australiano numa prova de agility
São muitos os aussie que gostam de praticar agility.

Terrier australiano: saúde

Os terrier australianos são cães robustos mas que ocasionalmente tendem para sofrer de determinadas doenças. Aqui se incluem diabetes, doenças de pele alérgicas, atrofia progressiva da retina e luxação da rótula.

Qual a esperança de vida do terrier australiano?

A esperança média de vida dos pequenos aussies ronda os 11-15 anos. Com uma alimentação adaptada está a contribuir decisivamente para uma vida longa e saudável.

História e origens

Ao contrário do pastor australiano, que é norte-americano, o terrier australiano é realmente originário da Austrália. As suas raízes remontam à Europa. Os antepassados da raça vieram na companhia dos colonos escoceses até à Austrália, onde faziam um pouco de tudo. Vigiar, guardar, matar serpentes - os pequenos cães dominavam todas estas tarefas com muita destreza.

Em 1880, o terrier australiano participou pela primeira vez numa exposição na Austrália. A sua criação oficial teve início em 1921 com a fundação de vários Australian Terrier Club e do estabelecimento das normas de criação.

Na Europa, estes cães ainda são um segredo muito bem guardado. Os primeiros representantes da raça chegaram à Alemanha há cerca de 50 anos e raramente se avista algum.

Criação e compra

Está interessado em ter um terrier australiano? Damos-lhe dicas quanto à compra e ainda sugestões de raças alternativas a esta.

Onde posso comprar um terrier australiano?

Se pretende adotar um terrier australiano, aconselhamo-lo a contactar um criador que se guie pelas diretrizes da FCI. Assim, certifica-se que os progenitores têm pedigree e que apenas são usados animais saudáveis na criação.

Tratando-se de uma raça bastante rara na Europa, é bem provável que tenha de investir tempo e quilómetros para adotar um cachorro aussie.

Quanto custa um terrier australiano?

O preço a pagar a um criador sério por um cachorro ascende, e pode ultrapassar, os 1000 euros.

Raças alternativas

Entre as raças de terrier sociáveis contam-se o norwich terrier e o norfolk terrier. Têm muito em comum com o terrier australiano.

Embora mais exigentes em termos de educação e trazendo com eles um áspero charme, típico dos terrier, existem outros terrier semelhantes aos aussie. Falamos, por exemplo, do cairn terrier e do skye terrier.

Do cruzamento do aussie com o dandie dinmont terrier e com o yorkshire terrier surgiu o flexível e sociável silky terrier australiano. No entanto, em comparação com o terrier australiano, os cuidados com o pelo são mais complicados.

É fã de cães pequenos mas não é especificamente fanático por terriers? Então, a maioria dos cães de companhia, como o bichon havanês, são excelentes alternativas.

Conclusão: um simpático terrier

Se procura um terrier pequeno, sociável e simpático, então um aussie é uma excelente escolha. Se, apesar do seu tamanho reduzido, não subestimar este fã do trabalho, é certo que encontrará nele um magnífico companheiro.


Kerstin S.

The zooplus forum was my entry into freelance writing: Here, interested cat lovers came together in 2011 to develop their own print magazine called "Pfotenhieb." In addition to my German studies, I was allowed to write some articles for the "Pfotenhieb". Today, as a happy dog owner, I devote myself mainly to animal and health topics.


Os nossos artigos mais relevantes
13 min

Yorkshire Terrier

Está a pensar adotar ou comprar um Yorkshire Terrier? Saiba qual é a sua personalidade, tipo de alimentação, cuidados de saúde e muito mais.