Adotar um gato

Não há nada melhor do que adotar um gatinho amoroso e macio. É necessário, porém, levar em consideração e refletir sobre alguns pontos antes de integrar um novo membro na família. Ler mais

5 min

A puberdade nos gatos

Neste artigo explicamos quando chega a puberdade nos gatos, altura em que eles testam os limites. Também encontra dicas para lidar com esta fase difícil.
12 min

Adotar um segundo gato

No geral os gatos domésticos não devem ficar sozinhos. No entanto, o "uma casa, vários gatos" nem sempre é tão simples quanto se esperaria.
6 min

O meu gato confia em mim?

A confiança é a base de uma boa relação. Por isso a pergunta O meu gato confia em mim? é frequente. Conheça 5 sinais que o vão ajudar a saber.
6 min

Sons de gatos

Os gatos produzem uma enorme variedade de sons para exprimir os seus sentimentos. Neste artigo traduzimos o significado dos sons de gatos.

A seleção do gato

Se pretende adotar um gato, tanto as agências intermediárias como o mercado privado constituem excelentes pontos de contacto. Caso o que pretenda é um animal de raça específica, então o criador é a pessoa certa. Não é difícil reconhecer um criador fiável – é, por norma, membro de um clube de criadores, não se dedica à criação de mais do que duas raças e os animais são apresentados com os documentos necessários. Nos gatis estão também disponíveis animais que aguardam por um novo lar. Caso não possa proporcionar aos animais um espaço exterior, deve ter no mínimo dois gatinhos.

Chegada do gato ao novo lar

Antes de o gato se mudar, são aconselháveis alguns preparativos. Se a sua casa tiver varanda é necessário colocar uma rede especial, para que o animal esteja seguro. Caso tenha adotado um gatinho jovem remova os objetos frágeis do seu alcance, pois estes gostam de caçar pelo apartamento e não é raro deixarem um rasto de destruição. Deixe o gatinho entrar em casa e permita-lhe descansar e habituar-se ao novo ambiente - mais cedo ou mais tarde irá ter consigo.

Necessidades dos gatos

Brinquedos como bolas, canas com penas e ratos de brincar com erva-gateira fazem as delícias dos gatos. Uma caixa de areia é essencial, mesmo para gatos selvagens. Também comedouros e bebedouros devem ser disponibilizados em número suficiente. A presença de postes e brinquedos arranhadores evita a danificação da mobília, pois permitem ao animal entreter-se a afiar as garras.

Gatos e outros animais

Gatos e cães falam diferentes linguagens corporais, acabando por se desentender muitas vezes. É necessária muita paciência para que se habituem um ao outro. A partilha do espaço entre felinos e pássaros e roedores é possível, desde que os gatos não se aproximem das gaiolas dos outros; de outro modo, não serão mais do que presas.