O meu gato confia em mim?

GT_1

Observar tudo à sua volta e sentir-se quentinho: é assim que os gatos estão felizes. Se o seu gato se vai deitar ao seu colo é porque tem total confiança em si.

A confiança é a base de uma boa relação. Por isso a pergunta "O meu gato confia em mim?" é frequente. Os donos querem saber como conquistar a confiança do seu pequeno felino e como ele demonstra essa confiança. Os gatos têm a fama de serem independentes e difíceis de compreender. No entanto, neste artigo encontra cinco comportamentos que indicam se e quanto o seu gato confia em si.

O local que o seu gato escolhe para relaxar é um indicador importante

Os gatos são mais introvertidos do que a maioria dos animais de estimação no que se refere a demonstrar o quanto confiam nos donos. Enquanto os cães abanam a cauda e estão sempre à procura de ter contato visual com os donos, os gatos são mais subtis. Por exemplo, eles podem "apenas" incluí-lo na sua atividade favorita. Por isso surge com frequência a pergunta "O meu gato confia em mim?".

Ainda assim é possível identificar comportamentos que indicam segurança e confiança. Independentemente da idade, os gatos adoram dormir e instintivamente procuram um lugar seguro para tal. Deste modo, se o seu pequeno felino escolhe o seu colo como lugar seguro é porque tem a certeza que nada de mal lhe vai acontecer. Desfrute do voto de confiança, mesmo que as suas pernas acabem por ficar dormentes!

O meu gato confia em mim? Se ele lhe mostra a barriga é porque confia

Para responder à pergunta "o meu gato confia em mim?" os donos podem observar um comportamento simples: o mostrar a barriga. Quem tem um gato na família sabe o quão macia e quentinha é a sua barriga. No entanto, é importante lembrar que a barriga é um dos pontos mais sensíveis dos gatos. Assim, tenha cuidado quando lhe for fazer festinhas na barriga.

Se o seu gato se põe de barriga para cima à espera das suas festinhas, é um sinal de confiança absoluta. Além disso, se ele se esticar com a barriga fofinha virada para si é também um sinal de que o seu pequeno felino se sente muito feliz.

Para não perder a confiança do seu gato, evite dar-lhe palmadinhas especialmente na sua sensível barriga.

O seu gato pisca o olho

Os gatos estão sempre muito atentos a tudo o que os rodeia. Além disso, mesmo quando escurece eles conseguem identificar possíveis perigos. Na verdade, os gatos só fecham os olhos quando dormem ou quando se sentem totalmente seguros. Assim, se o seu gato lhe der claramente uma piscadela de olhos ainda que lentamente, interprete isto como um sinal de afeto e confiança.

Para um gato, piscar os olhos é como dar um beijinho por isso pode retribuir o cumprimento da mesma forma. Pode igualmente piscar o olho a um gato estranho. Deste modo indica-lhe que é um amigo que não lhe vai fazer mal.

O meu gato confia em mim? Sim, se mantiver contato físico

Entre as pessoas, dar cabeças não é de todo um sinal de uma boa relação. No entanto, os gatos não partilham desta visão. Se o seu gato lhe dá umas cabeçadas fofinhas na testa ou roça a cabeça nas suas pernas, deve considerar-se um sortudo! O seu gato não só confia em si, como aceita que cuide dele.

Um gato que confia totalmente numa pessoa partilha generosamente as suas feromonas com ela. No entanto, não se preocupe, não é capaz de sentir o cheiro destas feromonas. Além disso, desfrute da honra de ser oficialmente reconhecido como patrocinador de comida e miminhos.

Massagens: um sinal claro de confiança e bem estar

Os seres humanos lembram-se com carinho da sua infância, dos momentos em que não tinham qualquer preocupação e se sentiam seguros. Da mesma forma os gatos também se lembram do tempo que passaram com a sua mãe, altura em que se sentiam protegidos e seguros.

É fácil reconhecer os momentos de nostalgia nos gatos. Assim, quando eles começam a massagear uma almofada ou a sua barriga com as patinhas é um sinal que ele está a reviver momentos da sua infância. Pois é desta forma que os gatinhos estimulam a produção de leite nas mães. Assim, o massagear com as patas é uma demonstração de confiança sem reservas.

Como ganhar a confiança do seu gato

Os donos de gatos sabem que mesmo os gatos que fazem o que querem e que parecem muito independentes confiam nas pessoas. E os gatos demonstram essa confiança de muitas formas. Os sinais que vimos acima são apenas algumas formas de responder à pergunta "o meu gato confia em mim?".

Se quiser aumentar a confiança do seu gato em si ou se quiser conquistar a confiança de um novo membro da família, estas dicas vão ajudá-lo.

Se quer tornar a relação com o seu gato mais forte pode, por exemplo:

  • Crie rotinas positivas. Os gatos são criaturas de hábitos e por isso gostam de rotinas. Além disso, pode sempre dar-lhe guloseimas como recompensas, pois todos os gatos adoram.
  • Fale baixinho e carinhosamente com o seu pequeno felino. Além disso, evite dar-lhe punições ou falar muito alto.
  • Entretenha o seu gatinho com brincadeiras ou ajude-o a tratar do seu pelo. Estas rotinas ajudam muito a fortalecer a relação entre gatos e pessoas.
  • Dê muito carinho e atenção ao seu gato. No entanto, não deve ser intrusivo. É importante que os gatos tenham tempo para si próprios.
  • Deixe o seu gato ter as suas próprias rotinas. Além disso, tenha em casa locais acolhedores para ele relaxar.
  • Faça-lhe festinhas quando ele pedir. Mas não quando ele está a dormir ou quando parece assustado.

No entanto, os gatos precisam de tempo para desenvolver uma relação de confiança com a sua família humana e para se sentirem cem porcento seguros. Assim, a dica mais importante é dar tempo ao seu gato e ter muita atenção aos sinais que ele dá. Pois cada gato tem a sua personalidade e as suas próprias necessidades. Quanto mais tempo passar com o seu gato melhor o vai compreender. E assim, mais fácil será compreendê-lo e ganhar a sua confiança.

Os nossos artigos mais relevantes