Trabalhar em casa com um gato

como trabalhar em casa de forma eficiente na companhia de gatos

Em tempos de crise, como a atual crise do Coronavírus, o escritório muda-se para a nossa casa. Não apenas para quem trabalha em empresas que estão a optar pelo teletrabalho ou por dar flexibilidade no trabalho presencial. Trabalhadores independentes, freelancers ou professores passam igualmente muito tempo a trabalhar à secretária em suas casas. No entanto, estes trabalhadores não estão sozinhos. Pois muitas pessoas partilham o escritório com o seu felino caseiro. Como é que podemos trabalhar na companhia de um gato? Damos dicas!

O gato pode ir para cima da secretária?

A maioria dos amantes de gatos prefere que o seu gato não partilhe a sua cama. No entanto, partilham a secretária de bom grado. Pois, apesar de um ou outro pelo ir parar ao teclado e de ter menos espaço para trabalhar, os gatos têm um efeito calmante no escritório caseiro. Além disso, os gatos ajudam a reduzir o stress do trabalho do dia a dia. Mas se não quiser o seu gato em cima da secretária, não deve permitir qualquer exceção. Arranje um local aconchegante para que o seu peludo fique perto de si. E quando ele resolver conquistar a secretária, coloque-o no chão carinhosamente mas com firmeza.

Qual o melhor sítio para o gato dormir em cima da secretária?

Enquanto trabalha, o seu gato dorme. Fantástico, pois um gato a dormitar tem um efeito calmante e ao mesmo tempo inspirador. Ainda assim, o dormitar funciona melhor num local confortável. Não quer pôr restrições ao seu gato? Ótimo! Muitos gatos sentem-se profundamente atraídos pelo colo ou ombro do seu dono. No entanto, o que nos parece bem durante cinco minutos, pode tornar-se muito desconfortável passada meia hora. Assim, o melhor é preparar um local para o seu gato na secretária. Dica: Se tiver uma secretária grande, pode arranjar-lhe uma almofada redonda e confortável que possa ficar em cima da mesa. Assim, o seu gato fica mesmo ao pé de si. Ao mesmo tempo, pode-se mexer sem problemas e coçar a cabeça de vez em quando. O facto de o seu gato acabar por ir parar em cima do teclado uma vez ou outra, é um “acidente de trabalho”.

Trabalhar em casa com um gato: possibilidade de fazer pausas criativas

Ter cinco minutos de pausa é uma grande ajuda para quem passa muito tempo a preencher tabelas. É igualmente benéfico para quem acabou de ter uma conversa complicada ao telefone. Para isso, o gato é o melhor colega do mundo. Pegue no seu brinquedo favorito, a bola ou uma cana com penas, ou mesmo um bocado de papel amachucado e deixe-o ir atrás. Assim, durante a pausa, vai fortalecer o vínculo que tem com o seu peludo, serve-lhe de treino e permite-lhe voltar ao trabalho mais fresco.

As regras para brincar com gatos quando trabalha em casa

O seu gato quer brincar, mas o seu tempo escasseia? O mais importante é que controle os tempos para as brincadeiras. Assim, o seu gato habitua-se a não o pressionar. No entanto, se morar um apartamento deve certificar-se que o seu gato tem como se ocupar. Naturalmente, o seu gato precisa de sessões regulares de brincadeira e de miminhos. Ainda assim, gatos que não tenham outros companheiros felinos aborrecem-se facilmente. Por isso, o melhor é ter dois gatos para eles se entreterem um com o outro. Assim, também vai ter mais tempo e espaço para trabalhar. Em alternativa, gatos que podem ir para um espaço aberto seguro, como um jardim, podem ser carinhosamente convidados sair de casa por algum tempo.

Quais são os brinquedos interativos adequados para gatos?

Quem se precisa de concentrar no trabalho, precisa de um ambiente calmo. Mas e quando o seu felino quer mesmo brincar? Agora! Imediatamente! Para estas situações tenha à mão diferentes brinquedos interativos. Estes são os brinquedos com os quais o seu felino caseiro se pode entreter sem a sua ajuda. Aqui estão algumas ideias de brinquedos ou estratégias para manter o seu gato ocupado:

  • Coloque ração secaou guloseimas em tapetes olfativos.
  • Coloque papéis amassados numa caixa de cartão misturados com guloseimas.
  • Almofadas com erva-gateira ou valeriana.
  • Brinquedos de inteligência.
  • Bolas dispensadoras com snacks.
  • Tabuleiros de atividades onde pode esconder guloseimas.

Variar os brinquedos faz com que o seu gato não perca o interesse neles. Troque os brinquedos de vez em quando, assim o seu gato não se desinteressa tão facilmente. Por exemplo, se substituir o tapete olfativo por outros brinquedos, quando lho voltar a dar, ele vai mostrar mais interesse.

Como pode evitar o caos em cima da secretária?

Para os felinos caseiros jovens, tudo é interessante. Por isso, entretenha-se e sorria quando o seu gatinho mexer nas suas coisas de trabalho. É comum os gatinhos quererem mordiscar a sua caneta, baterem com a patinha no monitor ou aconchegarem-se no rato. No entanto, tenha cuidado e deixe documentos importantes fora do alcance do seu patudo. Pois, os gatos mordiscam tudo e os seus documentos correm riscos. Além disso, com um pouco de azar, o seu gato pode ter necessidade de expelir o conteúdo do estômago e lá se foram os documentos.

Tenha igualmente cuidado com copos com líquidos quentes. Estes devem ficar sempre longe do seu gato, especialmente se ele for jovem ou desajeitado. Gosta de fazer um lanchezinho à secretária? Mas, cuidado, o seu gato também pode querer um bocadinho. Deve igualmente ter cuidado com os chocolates para relaxar que deixa ao pé do teclado, pois o chocolate é tóxico para os gatos.

Trabalhar em casa com um gato: proteger o seu trabalho

Acima de tudo, os gatos jovens gostam de pôr as patinhas no teclado. Assim, grave regularmente os seus documentos. Não se esqueça igualmente de gravar o seu trabalho quando sai do escritório, ainda que saia por pouco tempo. Alguns donos de gatos não reparam logo nas alterações que o seu patudo fez acidentalmente nos documentos, o que pode ser bastante irritante. Por isso, quando voltar ao computador verifique que o seu documento ainda se encontra no modo “guardado”.

Como manter o seu patudo em segurança

Os gatos jovens correm o risco de engolir pequenos objetos que se encontram na secretária ou de roer os cabos. Por isso, mantenha clips, borrachas ou os tinteiros da impressora, em gavetas. Assim evita que o seu gato os morda ou engula. A forma mais segura de proteger os cabos do computador, da impressora, da box da internet ou dos candeeiros é através de calhas protetoras. Com o tempo vai conseguir perceber e antever melhor as reações e os comportamentos do seu gato. Mas de início, a regra é: nunca o deixe sozinho no escritório se lá houver algum perigo.

Desejamos-lhe que se divirta muito com o seu gato e um bom trabalho em conjunto!

Os nossos artigos mais relevantes