Epagneul Breton

Epagneul Breton adulto

O Epagneul Breton, também conhecido por Brittany, é um excelente caçador. Originários da França, os cães desta raça são os preferidos pelos caçadores franceses.

Aspeto Geral do Epagneul Breton

O mais pequeno cão de parar

Os cães desta raça são conhecidos pelas suas orelhas triangulares e altas, o corpo compacto, o pelo comprido e pela sua agilidade. Em termos de tamanho, os machos atingem até 51 centímetros na cernelha, enquanto as fêmeas ficam-se pelos 50 centímetros. Assim, estes patudos são os mais pequenos entre os cães de parar e pertencem às raças de tamanho médio. Alguns destes patudos nascem já com a cauda curta, mas não é a regra. Atualmente os Epagneul Breton mais conhecidos são os de pelagem laranja e branco. No entanto, a pelagem pode ser branca e preta, branco e castanho ou com manchas do alaranjado ao fogo escuro. As partes brancas são geralmente grandes e uniformes. Visto que esta raça é muito popular nos EUA existe uma variante própria norte-americana. Entre outras, esta variante tem a peculiaridade de não poder ter a pelagem preta.

História

Epagneul Breton: uma raça francesa com influência britânica

Os antepassados do Epagneul Breton viviam na Idade Média e eram usados para caçar falcões. Ao longo dos séculos estes antepassados foram sendo cruzados com cães das raças setter e spaniel até a raça se fixar como a conhecemos.

Tal como acontece com outros cães de parar franceses, o nome Epagneul Breton recebeu este nome por causa da sua origem: a Bretanha Francesa. Na Idade Média os antepassados do Epagneul Breton eram muito populares entre os aristocratas da Bretanha que se fizeram retratar muitas vezes com o seu companheiro de caça. No final do século 19 nobres ingleses costumavam visitar esta região para caçar e por isso levavam consigo os seus cães. Assim, proporcionou-se o cruzamento dos cães franceses com setters ingleses. Destes cruzamentos nasceram cães que combinavam a alegria e robustez dos primeiros bretões com a elegância e as excelentes capacidades dos setter.

Em 1907, Arthur Enaud, um entusiasta desta raça, fundou o primeiro clube para os amantes do Epagneul Breton. Nesse mesmo ano definiu-se o padrão da raça, que no entanto sofreu algumas alterações. Inicialmente a cauda curta era um requisito da raça e a aparência geral estava pouco definida, sendo por isso permitido cruzar estes cães para apuramento da raça. Hoje em dia o Epagneul Breton é considerado o cão de caça mais popular em França, com várias centenas de cachorros registados por ano. Em Portugal é também uma raça conhecida, no entanto não está tão difundida. Nos EUA é uma raça bastante popular e existem muitos criadores certificados.

Epagneul Breton: cachorrinho

Epagneul Breton: uma personalidade única

Simpático e equilibrado

Os Epagneul Breton são cães que precisam de bastante atividade física para serem felizes e saudáveis. Assim, se forem suficientemente estimulados, estes cães são muito equilibrados emocionalmente, são muito simpáticos e convivem muito bem com outros cães da sua matilha. Além disso desenvolve uma ligação muito forte ao líder da matilha e é muito obediente, desde que devidamente treinado. Os patudos desta raça são também considerados inteligentes e muito atentos. É também um caçador apaixonado.

Com uma personalidade meiga e brincalhona, os Epagneul Breton são excelentes companheiros para uma família. No entanto, só deve considerar adquirir um destes patudos se tiver tempo suficiente para o exercitar.

Educar um Epagneul Breton

Os Epagneul Breton gostam muito de apender e aprendem rapidamente. Assim, a educação destes patudos é geralmente fácil. Além disso, estes cães são muito apegados aos donos e têm uma grande tendência a agradar, por isso eles seguem com prazer todas as indicações que o dono lhes dá. Além disso, a desobediência é algo que não faz parte da personalidade destes patudos. Deste modo, quando o seu Epagneul Breton não reagir da forma desejada provavelmente é porque não foi suficientemente claro. Assim, o problema é que o seu cão não percebeu o que lhe estava a ser pedido.

Dado que os cães desta raça são caçadores natos é importante treiná-los de forma a que possam orientar e controlar o seu forte instinto. Como sempre, uma educação consistente do início ao fim é a chave para que o seu cão desenvolva os comportamentos que pretende. Se não for uma pessoa com muita experiência na educação de cães e tiver um Epagneul Breton é aconselhável pô-lo numa escola para cães.

Saúde

Os cães desta raça são considerados robustos e saudáveis. A esperança média de vida de um Epagneul Breton é de 12 anos, mas é comum estes patudos viverem 14 ou 15 anos. No entanto, estes cães têm uma ligeira disposição a desenvolver displasia da anca. Assim, certifique-se que o criador fez os exames necessários para despistar esta doença nos progenitores. Além disso, dê uma alimentação equilibrada ao seu patudo e estimule-o a fazer atividade física adequada à idade, pois estes dois fatores ajudam a prevenir esta doença.

Deve levar o seu Epagneul Breton ao veterinário pelo menos uma vez por ano com o fim de fazer um exame geral de saúde. O veterinário também dá as vacinas necessárias e faz a desparasitação.

Epagneul Breton adulto preto

Alimentação

Descubra aqui a nossa seleção de ração para cães.

A carne é o elemento principal de uma alimentação equilibrada para os cães. Por isso, cuide da saúde do seu cão dando-lhe uma comida em que a carne esteja em primeiro lugar na lista de ingredientes. Esta regra é válida quer para comida húmida, quer para ração seca. Tenha também em atenção que a comida para cães não deve conter cereais.

É importante adequar as refeições ao exercício diário. Assim, depois de longos passeios e brincadeiras o seu patudo deve comer mais para repor energias. Nos dias mais calmos ele pode comer menos. Além disso, deixe o seu cão descansar algum tempo depois de comer para que ele faça bem a digestão.

Entre os melhores snacks para um miminho encontra os snacks sem açúcar, assim como snacks de roer para a higiene oral. Assim entretém o seu patudo de uma forma saudável e ele não perde a sua bela figura. Guloseimas naturais feitas de carne seca, como orelhas de vaca, são também excelentes alternativas para ele roer. Por fim, tenha sempre à disposição do seu Epagneul Breton água fresca.

Cuidados

Os Epagneul Breton não exigem muitos cuidados

Os cães desta raça são fáceis de tratar. No entanto, o melhor é habituar o seu cachorrinho desde cedo a ser escovado uma vez por dia. Esta rotina simples evita que o pelo do seu cão fique embaraçado e remove facilmente pequenos ramos ou folhas que se agarrem ao pelo durante os passeios.

Deve igualmente observar os ouvidos do seu cão regularmente para detetar precocemente inflamações. O calor e a humidade naturais dentro dos ouvidos formam um ambiente propício a parasitas como por exemplo ácaros que causam otites. Quando se justificar use um produto especial para a limpeza dos ouvidos.

Quando o seu Epagneul Breton ficar mesmo sujo pode dar-lhe um banho sem problemas, pois a maior parte dos cães desta raça gosta muito de água. No entanto, deve habituar o seu cão à água desde pequeno.

Epagneul Breton: cães para todo o terreno

Os Epagneul Breton são cães especialmente adequados para caçadores, pois é a ajudar o caçador que eles mostram os seus talentos especiais. Estes animais são excelentes cães de parar e também ótimos farejadores. Em França, os Epagneul Breton são usados maioritariamente na caça à galinhola. No entanto, em outros países caçam outros animais pois esta raça é muito versátil no que se refere às atividades da caça. Por exemplo, os Epagneul Breton também se sentem totalmente à vontade na água. Além disso, estes cães adoram longas caminhas, seja durante a caça ou simplesmente por prazer. E com treino adequado estes patudos acompanham os donos em passeios de bicicleta com enorme gosto. Por fim, dada a versatilidade e vontade de agradar aos donos estes patudos podem ser treinados para desportos caninos.

epagneul breton schwarz

O Epagneul Breton é o cão certo para mim e para a minha família?

É um caçador e procura um cão que vá consigo à caça e que também seja um cão de família? Então o Epagneul Breton é a escolha certa. Mas se não tem a caça como desporto é mais indicado procurar outra raça. No entanto, é uma raça adequada para quem tenha pouca experiência com cães.

Os cães desta raça precisam de exercício constante e por isso não é uma boa escolha para quem viva num apartamento. Uma casa com um jardim de dimensões médias e vedado é a situação ideal para estes cães. Estes patudos adoram crianças e brincar com elas é uma das suas atividades preferidas. Assim, jogos com bolas, corridas ou jogos de apanhar são excelentes alternativas quer para os Epagneul Breton, quer naturalmente para as crianças. Dado o forte instinto de caçador destes cães eles não convivem bem com pequenos animais que sejam potenciais presas, como por exemplo gatos ou coelhos. No entanto, os Epagneul Breton vivem bem em matilhas desde que convivam com os outros cães desde cedo.

Se o Epagneul Breton tiver uma boa educação pode levá-lo consigo nas férias sem preocupação. No entanto, quando decidir o destino e as atividades de férias deve considerar as suas necessidades. Assim, férias no campo com longas caminhadas pela natureza é a escolha ideal. Atualmente existem várias alternativas como alojamento local ou casas de turismo rural que aceitam hospedes com cães.

Antes de adquirir um destes patudos é importante levar em consideração todos os custos. Assim, lembre-se que nem sempre o vai poder levar nas férias ou que por vezes os cães adoecem e precisam de tratamento veterinário. Existem também as despesas fixas, como a alimentação, a ida anual ao veterinário assim como as taxas obrigatórias. Por fim, também deve considerar os gastos com acessórios básicos.

Onde posso encontrar um Epagneul Breton?

Em França existem muitos criadores reconhecidos desta raça. No entanto em outros países europeus a oferta não é tão grande. Em Portugal pode consultar o Clube Português de Canicultura onde encontra clubes filiados e também criadores devidamente certificados. Encontrar um criador sério e certificado é uma etapa essencial para quem pretende adquirir um Epagneul Breton, pois só assim tem a certeza de que o seu patudo é de raça pura. Além disso, um bom criador faz os exames necessários aos seus cães para despistar doenças hereditárias e selecionam apenas os cães saudáveis para a criação. Naturalmente também dá todas as vacinas e desparasita os cachorros antes de eles irem para a sua nova casa.

No entanto, um bom criador não se preocupa apenas com a saúde física dos cães. Também lhes proporciona condições adequadas para o seu desenvolvimento emocional. Assim, não caia na tentação de procurar um criador não reconhecido que cria cães apenas para ganhar dinheiro e que não segue os regulamentos e as melhores práticas de criação.

Se pretende ter um Epagneul Breton mais velho na sua família o mais simples é começar por procurar na internet. Aqui encontra associações de proteção ou clubes cujo objetivo é dar uma nova casa a cães de caça. Pode também visitar canis ou associações que tratam de cães que esperam um novo dono. Aqui encontra geralmente cães sem pedigree, mas igualmente encantadores que podem facilmente conquistar o seu coração.

Desejamos que se divirta muito a passear por montes e vales com o seu Epagneul Breton!

Os nossos artigos mais relevantes
12 min

Yorkshire Terrier

Está a pensar adotar ou comprar um Yorkshire Terrier? Saiba qual é a sua personalidade, tipo de alimentação, cuidados de saúde e muito mais.