Boykin spaniel This article is verified by a vet

boykin spaniel com a língua de fora

Tons de castanho e pelo ondulado são típicos do boykin spaniel.

O boykin spaniel não só é um caçador apaixonado, como um companheiro amoroso e gentil para famílias. Pode encontrar tudo o que precisa de saber acerca desta raça de cães neste nosso perfil do boykin spaniel.

Qual o aspeto do boykin spaniel?

O boykin spaniel é um cão recuperador e de caça de porte médio, oriundo dos EUA. Conta com um corpo compacto e ligeiramente retangular. As suas orelhas são caídas para os lados.

Uma das características mais especiais desta raça são as membranas interdigitais. Portanto, o boykin spaniel é um fantástico nadador, o que é uma enorme vantagem quando está a caçar na água.

Pelo e cores

O pelo do boykin spaniel é de comprimento médio e é normalmente ondulado; o pelo liso é muito raro nesta raça. Conta com uma curta camada de subpelo por debaixo da outra camada, o que o torna impermeável.

Outra característica desta raça é o seu pelo castanho, permitido em vários tons. Além disso, pode contar com uma mancha branca no peito.

Qual o tamanho e o peso do boykin spaniel?

Como acontece com muitas raças de cães, tanto o tamanho como o peso dependem do género. Assim, os machos contam com entre 39 a 46 centímetros ao garrote e pesam entre 13 e 18 quilos. Já as fêmeas têm entre 36 a 42 centímetros ao garrote e pesam entre onze a 16 quilos.

Como cão de caça, o boykin spaniel gosta de ter o nariz junto ao chão. Durante os passeios, observa o ambiente em redor e segue cuidadosamente os rastros.

Se o caminho conduzir o seu cão até à água, não se preocupe. Graças à sua enorme resistência, o seu boykin spaniel pode acompanhá-lo durante várias horas no exterior.

A inteligência faz parte dele

Além de desportistas, estes cães são bastante espertos. Isto também significa que agem de forma independente. Portanto, a prática de obediência a comandos e ordens é fundamental, desde cedo.

Porém, com o know-how certo, paciência e visitas à escola para cães, não vai haver problema.

O boykin spaniel é um bom cão de família?

O boykin spaniel é normalmente muito bem-disposto. Não só com outros cães, mas também em relação a adultos e crianças.

Já a vivência com gatos pode ser problemática. Pois apenas se habituar o seu boykin spaniel a gatos desde cedo é que poderão viver juntos em harmonia.

Os boykin spaniel têm muita energia e, portanto, precisam de várias horas diárias de exercício e atividade. Para satisfazer esta necessidade, pode, além de passear o seu cão, correr, caminhar e andar de bicicleta com o patudo.

Prática de desporto em conjunto

Outra ótima forma de exercitar o seu ativo companheiro de quatro patas é através de desportos para cães. Porque além de ser necessária energia, também lhe estimula o cérebro. O que acha de degility ou mantrailing?

Comida de elevada qualidade é a base para um cão saudável. Portanto, certifique-se de que escolhe alimentos de alta qualidade e de que a dose é equilibrada e apropriada à espécie.

O método de alimentação selecionado (ração ou comida húmida, BARF, etc.) depende de vários fatores individuais e das preferências de cão e dono.

Dê uma vista de olhos na nossa categoria da Magazine sobre Comida para cão e descubra toda a informação de que precisa para alimentar adequadamente o seu cão.

Evitar: peso a menos e peso a mais

Muitos cães comem demasiado e fazem pouco exercício. Outros, por outro lado, mexem-se muito e comem pouco.

Portanto, ao calcular a quantidade de comida é importante ter em conta o nível de atividade do seu cão, além de outros fatores. O objetivo é evitar excesso de peso ou deficiências nutricionais no seu cão.

Não é necessário cuidar do pelo do seu boykin com frequência. É suficiente cuidar-lhe do pelo uma vez por semana, escovando-o com uma escova.

Se o seu cão estiver muito sujo depois de um passeio, pode dar-lhe banho, se necessário.

Cuidar do resto do corpo

Independentemente da raça, deve cortar as unhas do seu cão com regularidade.

Os cuidados também incluem verificar os olhos e orelhas, além de cuidados dentários regulares. Em caso de inflamação, deve consultar um veterinário.

Com uma esperança média de vida de 14 anos ou mais, o boykin spaniel vive bastante tempo, em comparação com outras raças de cães.

Para se certificar de que o seu cão cresce tão saudável e “velho” quanto possível, deve seguir todas as indicações para o ter e alimentar de forma apropriada à espécie.

Doenças típicas do boykin spaniel

O boykin spaniel é considerada uma raça saudável. No entanto, os cães podem sofrer de determinadas doenças que os criadores podem descartar com exames especiais:

O nome deste cão vem da comunidade de “Boykin”, situada no estado da Carolina do Sul, nos EUA. Diz-se que, por volta de 1900, Alexander White encontrou um pequeno spaniel castanho em frente da igreja de Spartanburg (Carolina do Sul). Chamou-lhe “Dumpy”.

Daqui para a caça

Tendo em conta que o senhor White era um fã de atividade física, levou o jovem Dumpy a caçar, com os seus restantes retrievers. Rapidamente o Dumpy mostrou bastante interesse em caçar, além de exibir excelentes instintos de caça.

O seu novo cão era especialmente bom na recuperação de peças de caça na água. Não demorou muito até que White decidiu treinar Dumpy para caçar, com a ajuda do seu companheiro de caça Whit Boykin.

O início da criação

Durante as sessões de treino, Boykin rapidamente percebeu que Dumpy era um caçador inato. Assim, estabeleceu um programa de criação com este cão, cruzando Dumpy com as seguintes raças de cães:

Do Dumpy para a nova raça de cães

Os vários cruzamentos deram, gradualmente, lugar a cães de caça que eram especificamente criados para caçar.

Os boykin spaniels rapidamente se tornaram populares e eram usados por residentes para trabalhar nas áreas pantanosas dos estados Carolina.

Reconhecimento da raça

O boykin spaniel ainda não foi reconhecido como uma raça de cães independente pela Federação Cinológica Internacional (FCI).

Em vez disso, a raça foi reconhecida, em 2009, pelo American Kennel Club (AKC) e é considerado o cão oficial do estado da Carolina do Sul.

boykin spaniel a correr na relva
Para que o boykin spaniel seja um cão de família calmo, precisa de exercício físico e mental suficiente.

Compra: onde posso encontrar um boykin spaniel?

Se pretende comprar um boykin spaniel pura raça deve contactar um criador de confiança com tempo. Dependendo do local onde mora, encontrar um criador fiável pode demorar algum tempo.

Atenção: É claro que também pode dirigir-se ao abrigo de animais da sua zona para averiguar se há algum cão para adoção. As raças híbridas são muito comuns.

Quanto custa um boykin spaniel?

Um cachorro pura raça custa entre 1000 e 2000 euros, dependendo do criador. Porém, como em muitos casos, não há um limite de preço. O preço para raças híbridas ou animais provenientes de abrigos é significativamente menor.

Bilhete de identidade do boykin spaniel

Características: O boykin spaniel é um cão amigável, o que o torna ideal como cão de família. Também é perfeito para caçar, seja em terra ou na água.
Carácter: Amigável, esperto, bons instintos de caça
Altura ao garrote: 39 – 45 cm (machos), 35 – 41 cm (fêmeas)
Peso: 15 – 20 kg (machos), 11 – 16 kg (fêmeas)
Pelo: Comprimento médio, maioritariamente ondulado, camada de subpelo densa, castanho (permitida marca branca no peito)
Cuidados com o pelo: Escovagens semanais, monitorização regular dos olhos, orelhas e dentes
Exercício: Grande necessidade de movimento
Cão para principiantes: Não
Ladrar: Com frequência
Esperança média de vida: 14 anos
Doenças típicas: Possíveis várias doenças (displasia da anca, cataratas, etc.)
Preço: 1000 até 2000 euros
Grupo FCI: Não reconhecido
Origem:
(País de origem / Região)
Carolina do Sul (EUA)

Franziska G., Veterinária
Profilbild von Tierärztin Franziska Gütgeman mit Hund

Estudei medicina veterinária na Universidade Justus-Liebig em Gießen, onde pude ganhar alguma experiência em vários campos, como medicina para pequenos e grandes animais, medicina exótica, farmacologia, patologia e higiene alimentar. Desde então, não trabalhei apenas como autora veterinária. Também trabalhei na minha tese, que foi influenciada cientificamente. O meu objetivo é proteger melhor os animais contra patógenos bacterianos no futuro. Além do meu conhecimento, partilho as minhas próprias experiências como dono de um cão e, assim, consigo entender e dissipar medos e problemas, bem como outras questões de saúde animal.


Os nossos artigos mais relevantes
13 min

Yorkshire Terrier

Está a pensar adotar ou comprar um Yorkshire Terrier? Saiba qual é a sua personalidade, tipo de alimentação, cuidados de saúde e muito mais.