Bobtail japonês

Escrito por Natalie Decker
bobtail japonês adulto malhado

O bobtail japonês é uma das controversas raças de gatos de cauda curta.

A cauda curta e felpuda do bobtail japonês é a sua imagem de marca. Esta raça é conhecida por ser amiga das crianças, afetuosa e brincalhona. Porém, devido à sua cauda curta, é uma raça envolvida em controvérsia, pois os problemas de saúde não podem ser totalmente descartados.

Aspeto do bobtail japonês

A característica mais evidente deste gato é a sua cauda curta. Normalmente, não tem mais do que cinco a oito centímetros de comprimento.

O epónimo "bobbed tail" do bobtail japonês tem uma ou mais vértebras caudais. As vértebras podem, no processo, ter crescido juntas em níveis diferentes. Assim, a cauda é curva ou dobrada.

São duas as variantes do bobtail japonês: de pelo comprido e de pelo curto, designadas, respetivamente, por bobtail japonês de pelo comprido e bobtail japonês de pelo curto. Porém, a cauda curta é coberta por pelo denso e comprido em ambas as variantes.

Sabia que:
O pelo da cauda peluda do bobtail japonês, que aponta em todas as direções, faz lembrar pétalas. Esta característica valeu-lhe o apelido "gato crisântemo".

Que variações de cor existem?

O pelo sedoso e denso do bobtail japonês pode ter as mais variadas cores. De acordo com o padrão da raça, permitem-se todas as cores à exceção do lilás, chocolate e colourpoint.

A variante tricolor do bobtail japonês é especialmente popular. No seu país de origem, o Japão, esta variante é designada "Mike-neko", ou seja, gato de três cores. Considera-se um amuleto da sorte.

Os olhos do bobtail japonês são amendoados e podem ser azuis, verdes, dourados ou de várias cores.

bobtail japonês tricolor em movimento
O bobtail japonês tricolor é considerado um amuleto de sorte no seu país de origem, o Japão.

Cauda curta, marcha saltitante

À semelhança de outras raças orientais, estes gatos são magros e delicados. No entanto, o seu físico é ligeiramente mais musculado.

Tendo em conta que as suas patas traseiras são maiores do que as da frente, a postura destes gatos parece um pouco relaxada. Assim, a sua marcha é saltitante. Tal como outras raças de gatos de cauda curta ou sem cauda, falta ao bobtail japonês a cauda comprida que o ajuda a manter o equilíbrio.

Bobtail japonês: criação polémica

Raças de gatos de cauda curta, como é o caso do bobtail japonês, têm sido alvo de críticas. O encurtamento deliberado das vértebras caudais tem como consequência uma cauda mais curta que não consegue assumir todas as funções de uma cauda de comprimento normal.

Portanto, estes animais têm muitas vezes dificuldade em andar, saltar e trepar de forma adequada. Isto porque lhes falta o necessário pólo de equilíbrio. Além disso, afeta a comunicação com outros gatos. Pois estes patudos também recorrem à cauda para expressarem estados de espírito.

As caudas curtas são preocupantes

Tendo em conta que o tamanho da cauda afeta os gatos de tantas maneiras, a criação do bobtail japonês é, no mínimo, questionável do ponto de vista do bem-estar animal. Porém, a sua criação e venda não são proibidas.

Requisito: criação apenas com animais saudáveis

Em qualquer caso, os criadores de bobtail japonês devem levar aos seus gatos ao veterinário, para serem examinados. Além disso, só devem fazer criação com animais saudáveis.

A veterinária Karina Schöll enfatiza esta recomendação na sua dissertação:

"No caso das raças bobtail japonês e bobtail kurilian, apenas é recomendado o exame para a sensação aumentada de dor na zona da cauda e nas restantes protuberâncias das vértebras antes de se dar o ok para criação. Além disto, os animais devem ser permanentemente marcados com um microchip ou uma tatuagem e ser catalogados em livros genealógicos.“ (Schöll, Qualzuchtmerkmale bei der Katze, p. 33)

Carácter: o bobtail japonês como gato de família

No Japão, esta raça é chamada "Kazoku-neko", termo que significa qualquer coisa como "gato de família". Trata-se de uma designação que descreve muito bem o carácter destes gatos. Pois são animais muito devotos às pessoas, brincalhões e carinhosos.

Existem crianças na casa? Então, é normal que o patudo precise de uma curta fase de adaptação, tal como qualquer gato. Mas, depois disso, gostam de participar da vida em família, são recetivos e afetuosos.

Companheiro de casa comunicativo

O bobtail japonês mia bastante. Com uma voz suave, farta-se de conversar e de cantar. Portanto, são gatos de personalidade forte e exigem muita atenção dos donos.

Curioso e inteligente, o bobtail japonês fica mais do que feliz ao aprender pequenos truques, como devolver objetos ou dar a pata. Tapetes de atividades e outros brinquedos de inteligência são boas formas de manter ocupados estes animais tão ativos e espertos.

Esta raça é adequada para viver em apartamento?

Os gatos da raça bobtail japonês não têm muita necessidade de se mexerem. Portanto, isto quer dizer que é possível tê-los num apartamento. No entanto, para se sentirem confortáveis, precisam de oportunidades suficientes para trepar e se resguardarem.

Apreciam a possibilidade de estar na varanda ou no jardim. Por isso, é importante torná-los em espaços seguros. Tratando-se de animais muito orientados para os donos, não devem ser deixados sozinhos por muito tempo.

Bom saber: o bobtail japonês é uma das poucas raças de gatos que não tem medo de água. De facto, são muitos os animais da raça que são fascinados pela água e que adoram brincar com fontes.

Compatibilidade com gatos e cães: cada caso é um caso

Devido à sua cauda curta, o bobtail japonês tem dificuldade em comunicar com outros gatos. Esta característica pode tornar difícil a vida na companhia de outros gatos.

Porém, um Kazoku-neko bem socializado não deve ser tido sozinho. Assim, recomendamos adotar pelo menos dois gatos desta raça. Na verdade, dão-se bem com cães, apesar de não mostrarem muito interesse neles.

Alimentação & cuidados: raça descomplicada

Normalmente, estes gatos são mais acomodados do que os de outras raças, o que quer dizer que não se mexem tanto. Portanto, as necessidades energéticas do bobtail japonês são relativamente baixas.

A sua alimentação deve basear-se em comida de elevada qualidade com uma grande percentagem de carne. Além disso, esteja atento para se certificar que os patudos não se tornam obesos.

Cuidados com o pelo do bobtail japonês

O pelo desta raça de gatos não tem subcamada de pelo, o que facilita bastante os cuidados com o pelo. Portanto, as escovagens semanais são normalmente suficientes.

No entanto, no caso dos exemplares de pelo comprido ou durante as fases de muda de pelo, a escovagem deve ser feita com mais frequência. Aliás, são muitos os gatos que apreciam este "tratamento de beleza", deixando-se ser escovados com prazer.

Bobtail japonês: saúde robusta

Embora faça parte do lote das controversas raças de pelo curto, a saúde do bobtail japonês é mais robusta do que a de outros gatos com a mesma característica. Na verdade, não são conhecidas doenças hereditárias.

Qual a esperança de vida do bobtail japonês?

Recebendo os cuidados adequados, os gatos da raça podem viver, em média, entre 10 a 13 anos.

Menos problemas de saúde do que o manx

Ao contrário dos manx, uma raça de gatos sem cauda, os bobtail japonês têm menos problemas de saúde resultantes da sua cauda curta. Já os manx têm frequentemente dores fortes na zona pélvica. Além disso, é comum sofrerem de incontinência e de malformações cerebrais.

Nenhum destes problemas foi observado, com a mesma extensão, no bobtail japonês. Muito provavelmente isto deve-se ao facto de a mutação genética ser diferente da do manx. Assim, ao contrário do manx, esta mutação parece não ter efeito no esqueleto do animal.

Evitar o mal-estar dos animais

No entanto, já que esta raça não é ainda muito difundida, está por fazer uma avaliação conclusiva da sua saúde. Até agora, porém, não existe qualquer recomendação geral para proibir a criação do bobtail japonês.

Mas, por outro lado, os criadores são persuadidos a estar atentos à saúde dos seus animais para evitar o seu mal-estar.

bobtail japonês bicolor a olhar para a câmara em fundo azul
As caudas curtas são, regra geral, consideradas um perigo para a saúde dos gatos.

Origem: do Japão para o mundo

Ao contrário de muitas outras raças de gatos bobtail, o bobtail japonês conta com uma longa história.

A mutação genética natural responsável pela sua cauda curta terá ocorrido na Ásia há cerca de 1000 ano atrás. Mais tarde, o bobtail japonês foi especificamente criado na corte imperial japonesa.

Gatos de cauda curta em ação contra pragas

Os gatos de cauda curta eram muito cobiçados entre a burguesia da época. Portanto, eram serem populares presentes entre a realeza. Além disso, satisfaziam uma importante função.

Assim, os gatos de cauda curta eram usados para apanhar ratos nas plantações de seda, isto é, onde a matéria-prima para a preciosa seda era extraída. O motivo: gatos com cauda de comprimento normal não podiam desempenhar esta função, pois destruíam os valiosos casulos.

Então, as pessoas começaram a cortar as caudas aos seus gatos e a enviá-los para as plantações para proteger os casulos dos bichos-da-seda de roedores e pássaros. Mas quando se descobriu que os gatos bobtail podiam ser criados de forma orientada, o bobtail japonês ficou com o trabalho.

O bobtail japonês e a sua existência como gato de rua

No século XVII, um decreto governamental ordenou que se libertassem todos os gatos de cauda curta. O objetivo é que livrassem as plantações das pragas.

Em consequência, o bobtail japonês tornou-se num gato de rua, reproduzindo-se descontroladamente. É bem possível que a raça deva a sua saúde robusta a esta situação.

Reconhecimento oficial do bobtail japonês

Na década de 1960, soldados norte-americanos estacionados no Japão descobriram estes gatos tão fora do comum. Assim, os primeiros exemplares chegaram aos EUA no final da mesma década e, a partir daí, conquistaram o resto do mundo.

A associação norte-americano Cat Fanciers’ Association (CFA) reconheceu oficialmente o bobtail japonês como uma raça independente em 1965. Já em 1990, a raça foi reconhecida pela Fédération Internationale Féline (FIFe).

O bobtail japonês na cultura japonesa

Há uma lenda acerca da origem do bobtail japonês. Um dia um gato adormeceu demasiado perto do fogo e a sua cauda pegou fogo. Então, o animal correu pelas ruas com a cauda a arder, incendiando tudo em seu redor. Depois de o patudo, em pânico, ter incendiado uma povoação inteira, o imperador japonês decretou que as caudas de todos os gatos deviam ser cortadas.

Hoje em dia, sabemos que a cauda felpuda, curta e em forma de crisântemo do bobtail japonês é fruto de uma mutação genética - um capricho da natureza. No Japão, a raça goza ainda de bastante popularidade. Aliás, os exemplares tricolores são considerados amuletos da sorte.

Modelo para o gato da sorte e para a Hello Kitty

O famoso gato que acena com uma das patas da frente levantadas, ou Maneki-neko em japonês, presente em tantas lojas e restaurantes, foi modelado a partir do bobtail japonês. Além disso, também a Hello Kitty, famosa personagem criada pela empresa japonesa Sanrio, se baseia no bobtail japonês.

Compra: deve ou não comprar um bobtail japonês?

Do que se sabe até agora acerca do bobtail japonês, podemos dizer que é mais robusto do que outras raças de cauda curta, como o manx ou o cymric. Aparentemente, a cauda não lhes provoca dor. Pois a mutação genética subjacente não altera o esqueleto dos animais.

De qualquer modo, estes gatos não deixam de ter os seus problemas, nomeadamente a nível do movimento e da interação com outros gatos. Portanto, deve pensar duas vezes antes de partir para a compra.

Bobtail japonês em segunda mão

Apaixonou-se por esta raça de gatos? Então, em primeiro lugar, dirija-se a abrigos ou protetoras de animais. Pois mesmo gatos pedigree, como o bobtail japonês, são por vezes devolvidos (devido a doença ou mudanças, por exemplo).

Pórem, estes patudos não são muito difundidos em Portugal. Portanto, tenha paciência enquanto procura pelo gato dos seus sonhos.

O que ter em conta ao abordar um criador de bobtail japonês?

Se vai comprar um gatinho a um criador, tenha especial cuidado. Pois, para excluir problemas de saúde e as elevadas despesas veterinárias associadas, apenas deve comprar o seu bobtail japonês a um criador de confiança.

Os criadores sérios só fazem crianção com animais 100% saudáveis. Além disso, o animal deve ter toda a documentação necessária. Deste lote fazem parte o passaporte para animais domésticos da UE e a árvore genealógica detalhada.

Quanto custa um bobtail japonês?

Naturalmente, tudo isto tem o seu preço. Portanto, um bobtail japonês de raça, adquirido a um criador sério, custa entre 800 a 1200 euros.

Fontes:


Natalie Decker
Profilbild Natalie Decker (mit Pferd)

"A vida sem um Pug é possível, mas não faz qualquer sentido," disse Loriot. Eu concordo totalmente, mas acrescento: "A vida sem um cavalo, gato ou coelho é igualmente sem sentido.". Adoro todos os animais e tenho a enorme sorte de escrever sobre a minha paixão como autora freelance. Com os meus artigos espero chamar à atenção das questões sobre o bem estar animal e dar dicas úteis a todos os amantes de animais.


Os nossos artigos mais relevantes
11 min

Persa

Os gatos persas são das raças mais populares, antes de adotar um gato persa fique a saber: Que cuidados ter; Personalidade; Alimentação e muito mais.
12 min

Bosque da Noruega

O bosque da Noruega conquista facilmente o coração de toda a gente graças ao seu aspeto selvagem e personalidade genuína.