Manx

Gato Manx em cima de um banco de jardim

Além de não ter cauda, o Manx tem as pernas dianteiras mais curtas e as costas arqueadas.

A característica que mais chama à atenção no Manx é algo que ele não tem! Os gatos desta raça originária da Ilha de Man não têm cauda. Mas com personalidade carinhosa estes pequenos felinos conquistam facilmente todas as pessoas que gostam de gatos.

Manx: um gato sólido e compacto

A ausência de cauda é o aspeto mais característico desta raça de gatos, que resulta de uma mutação espontânea. Assim, alguns Manx apresentam vestígios da cauda com diferentes tamanhos.

Variações do tamanho da cauda dos Manx:

  • Rumpy: total ausência de cauda
  • Stumpy: com cauda residual.
  • Rumpy Riser: cauda muito pequena. No entanto, os Manx conseguem levantá-la quando recebem festinhas no dorso.
  • Longy/Tailed: com cauda de tamanho normal

A cauda residual de muitos Manx é muito parecida com a cauda tipo pompom dos coelhos. Além disso, como estes pequenos felinos geralmente têm as pernas dianteiras mais curtas do que as traseiras, quando correm parecem saltitar. Esta é outra característica destes gatos que também faz lembrar os orelhudos coelhos.

O corpo destes gatos, de tamanho pequeno a médio, é compacto e com formas arredondadas da cabeça aos pés. Assim, pode-se dizer que estes gatos são verdadeiramente rechonchudos. As costas arqueadas e curtas também fazem parte da imagem de marca destes pequenos felinos.

Gato Manx branco e cor de laranja na relva

Os gatos Manx machos pesam cerca de 5.5 quilos, já as gatas são mais leves pesando cerca de 3.5 quilos. Em termos de pelo, estes pequenos felinos têm duas camadas de pelo. O pelo da camada superior é brilhante e mais comprido do que a camada interna, que é bastante mais densa. Em termos de cores, estes gatos podem apresentar o pelo de praticamente todas as cores e padrões. A propósito, um dos parentes do Manx de pelo comprido é o Cymric.

Personalidade: um gato de família ideal

Os gatos desta raça são simpáticos, carinhosos e calmos. Além disso, são silenciosos. Geralmente comunicam com miados muito baixos ou um murmúrio simpático. É muito raro ouvir um Manx comunicar com miados altos.

Os Manx são também muito leais. Os vínculos que estes gatos formam com as pessoas são para toda a vida. No entanto, os Manx aceitam facilmente crianças, adultos e pessoas idosas na sua vida, assim como outros gatos ou mesmo cães. Assim, é fácil compreender por que razão os Manx são considerados gatos de família ideais.

Em relação a estranhos, inicialmente estes gatos podem manter alguma distância. Mas os Manx rapidamente se aproximam se receberem mimos ou um brinquedo. Por fim, estes pequenos felinos vivem geralmente felizes e satisfeitos na sua casa.

Cuidados com os Manx

Devido às suas características físicas, ou seja, à ausência de cauda, os Manx são menos ágeis do que os gatos em geral. Assim, estes pequenos felinos devem ficar em casa. No entanto, eles adoram brincar e trepar.

Se tiver uma varanda segura ou um arranhador com níveis o seu gato consegue divertir-se e fazer exercício. Existem paredes de escalada que pode instalar e criar espaços adicionais de divertimento para o seu gato. Apesar de serem gatos muito calmos, os Manx gostam muito de ter com que se entreter.

Em termos de cuidados com o pelo, deve escovar o seu Manx regularmente. Na altura da mudança de pelo deve aumentar a frequência da escovagem para evitar que se formem nós no pelo ou que ele perca o seu brilho natural. Tirando isto, o Manx não exige cuidados específicos.

Saúde: um gato robusto, mas com alguns problemas

Nalguns países, como por exemplo a Alemanha, a criação desta raça não é permitida, pois considera-se que estes gatos estão sujeitos a sofrimento físico e emocional.

De facto, as alterações genéticas que determinam a ausência de cauda também causam problemas de desenvolvimento da coluna. Esta situação tem impacto direto na qualidade de vida destes gatos que têm não têm o mesmo equilíbrio e capacidade de trepar que os gatos com cauda. Por fim, o local onde os gatos têm a cauda é muito sensível nos Manx, pois aqui situam-se terminações nervosas.

Apesar disto, se gozarem de boa saúde, os Manx têm uma esperança média de vida de 15 anos. Para manter o seu Manx saudável é também importante ter atenção à sua alimentação, visto que eles têm tendência a ficar com peso a mais.

Na loja online zooplus para gatos encontra uma enorme variedade de ração de elevada qualidade para gatos.

Gato Manx com cauda residual
Alguns Manx apresentam uma cauda residual.

Adquirir um Manx

Se o Manx conquistou o seu coração e pretende ter um na família pode ter alguma dificuldade em encontrar um exemplar de raça pura, visto que não existem muitos criadores especializados nesta raça.
Além disso, dados os possíveis problemas de saúde destes pequenos felinos, deve ser particularmente cuidadoso ao escolher o criador. Pode também procurar em associações de proteção de animais se existe algum para a adotar.

A decisão de ter um destes gatos na família deve ser muito bem ponderada. É provável que tenha de visitar o veterinário com frequência por causa dos problemas de saúde associados à ausência de cauda. Desse modo conte com as despesas de saúde do Manx antes de tomar qualquer decisão.

História do Manx: da Arca de Noé para a Ilha de Man

A raça Manx é considerada como uma das mais antigas do mundo. Uma versão criativa da origem desta raça afirma que Noé é o responsável pelo aparecimento da raça. Nesta história, Noé fecha a porta da arca no exato momento em que o gato estava a entrar e a cauda acabou por ficar do lado de fora.

No entanto, a explicação científica para a ausência de cauda dos Manx é uma mutação genética. O Manx tem origem na Ilha de Man, descendentes prováveis da raça British shorthair. Nesta ilha isolada, com uma população reduzida de gatos, a raça desenvolveu-se provavelmente porque houve cruzamentos entre gatos muito próximos em termos genéticos

Sabia que…
Manx é o nome da língua falada na Ilha de Man. O nome desta raça na língua da ilha é kayt Manninagh.

A raça é conhecida há vários séculos. E existem registos da participação destes gatos em exposições desde o século 18. As primeiras associações de criadores de Manx surgiram no início do século 20 nos EUA e no Reino Unido, países onde ainda hoje existem mais criadores.

Existem outras raças de gatos sem cauda?

As raças American Bobtail e Japanese Bobtail também não têm cauda. No entanto, enquanto a raça American Bobtail provavelmente desenvolveu-se naturalmente como o Manx, a raça Japanese Bobtail resulta da intervenção direta dos criadores.

Conclusão: um gato especial e versátil

Como mencionado acima, os gatos desta raça têm uma elevada probabilidade de desenvolver problemas de saúde. Além disso, a sua vida tem algumas limitações que resultam diretamente das suas características físicas. Assim, nalguns países é consensual que a criação do Manx não deve ser incentivada. No entanto, estes gatos são excelentes companheiros para qualquer família. Assim, se encontrar um à espera de uma família não se arrepende de o adotar.

Os nossos artigos mais relevantes
11 min

Persa

Os gatos persas são das raças mais populares, antes de adotar um gato persa fique a saber: Que cuidados ter; Personalidade; Alimentação e muito mais.
12 min

Bosque da Noruega

O bosque da Noruega conquista facilmente o coração de toda a gente graças ao seu aspeto selvagem e personalidade genuína.