Otite externa nos gatos This article is verified by a vet

Kitten with ear mites

O aparecimento de cerúmen negro nos ouvidos é um sinal típico de uma inflamação causada por ácaros.

O seu gato está a chegar de um passeio pela vizinhança e depara-se com algo estranho! O pequeno felino tem marcas de arranhões no pescoço e está com a cabeça inclinada. O primeiro pensamento dos donos é que o gato andou a lutar. No entanto, existem outras explicações, como a otite externa nos gatos. Descubra neste artigo o que é esta doença e os seus sintomas.

Quais os sintomas da otite externa nos gatos?

Dependendo da extensão e da causa da inflamação, o seu gato pode apresentar os seguintes sintomas:

  • Abanar e inclinar a cabeça
  • Surgem secreções no ouvido, como por exemplo, pus ou bolinhas de cera escura. É também frequente sentir um mau cheiro no ouvido.
  • Comichão que leva o gato a coçar-se na zona do pescoço ou no ouvido. Isto pode acontecer apenas de um lado ou nos dois.

Caso a inflamação se espalhe para outras estruturas do ouvido, por exemplo o ouvido médio ou interno, podem surgir outros sintomas. Nesse caso é comum que o gato fique mais fraco e que coma menos do que o normal. É igualmente possível que ele apresente febre e dores fortes.

As inflamações no ouvido em gatos também podem causar a síndrome vestibular. Neste caso, a inflamação atinge o sistema vestibular responsável pelo equilíbrio dos gatos. Por isso, os pequenos felinos com esta síndrome apresentam problemas de coordenação motora e dificuldade em manter o equilíbrio. Podem também andar com a cabeça inclinada. Por fim, alguns gatos também desenvolvem tremores incontroláveis nos olhos. Trata-se de um sintoma designado nistagmo.

Gato com coleira azul a coçar o ouvido no exterior. Comichão nos ouvidos é um dos sintomas mais comuns das otites nos gatos
Comichão nos ouvidos é um dos sintomas mais comuns das otites nos gatos

Diagnóstico da otite externa nos gatos

Se o seu gato coça as orelhas com frequência ou se anda com a cabeça inclinada leve-o ao veterinário. Estas situações requerem uma observação clínica para identificar as causas.

Na consulta, o veterinário examina em primeiro lugar o estado geral de saúde do gato. Em seguida observa o ouvido externo. Para examinar o ouvido interno, incluindo o tímpano, o veterinário utiliza um otoscópio equipado com uma lâmpada.

Caso o veterinário suspeite que os sintomas do gato têm origem numa infeção, ele vai colher uma amostra das secreções do ouvido com um cotonete. Em seguida observa a amostra ao microscópio para detetar a presença de bactérias ou ácaros. Por fim, como a causa dos sintomas também pode ser uma alergia é por vezes necessário fazer um teste alergénico.

Tratamento

As otites podem ser muito incómodas e dolorosas para os gatos. Assim, é importante tratar esta doença rapidamente. Uma vez confirmada a inflamação, o veterinário começa por uma limpeza dos ouvidos do seu gato. Dessa forma, a pressão sobre o ouvido diminui e o gato sente algum alívio.

Para este procedimento, o veterinário usa gotas para as orelhas especialmente desenvolvidas para gatos. Estas gotas impedem que a pele sensível dos ouvidos dos gatos fique mais irritada. Em seguida, o veterinário massageia cuidadosamente a base do ouvido. Deste modo, o líquido espalham-se mais e a cera vai-se soltando. Por fim, o veterinário remove a cera com a ajuda de um pano.

De acordo com os sintomas, o seu pequeno felino pode ter de tomar um anti-inflamatório ou analgésico. No entanto, é a causa da inflamação vai determinar o tipo de tratamento. Assim, se a causa da inflamação for bacteriana, o veterinário prescreve um antibiótico. Mas se o gato tiver uma otite causada por fungos ele terá de tomar um antifúngico. Por fim, se o veterinário detetar a presença de parasitas, vai prescrever antiparasitários.

Em casa os donos devem continuar o tratamento para que a otite fique curada. Assim, fale com o veterinário para saber como proceder. No nosso artigo Limpar os olhos e os ouvidos dos gatos encontra também algumas dicas sobre este assunto. No entanto, há uma regra importante a seguir em qualquer situação: não utilize cotonetes no ouvido do seu gato. Estes palitos duros podem magoar o sensível ouvido do seu pequeno felino.

Gatinho no sentado na marquesa do veterinário enquanto um técnico lhe coloca gotas nos ouvidos. As gotas ajudam a limpar os ouvidos e aliviar os sintomas de otite externa em gatos.
Gotas especiais para gatos ajudam a libertar a sujidade causada pela inflamação dos ouvidos.

Quais as causas da otite externa nos gatos?

Muitos gatos desenvolvem otites ao longo da vida. Isto deve-se principalmente ao facto de haver diversas causas para esta doença. Abaixo encontra as principais causas para esta doença:

1. Alergias

Se o seu gato tem otites recorrentemente é provável que ele tenha algum tipo de alergia que se manifesta através da inflamação. O agente responsável pela alergia pode ser a comida, ou seja, o gato pode ter uma intolerância alimentar. É também possível que o gato pode ter uma dermatite atópica.

2. Corpos estranhos

Os gatos que saem à rua sozinhos exploram constantemente as redondezas. Naturalmente, eles depararam-se com arbustos, ervas altas e relva. E ao atravessar as zonas com plantas, pequenos corpos podem penetrar nos ouvidos, como por exemplo, folhinhas, restos de ramos, etc. Ao se instalarem no ouvido, estes corpos estranhos causam facilmente inflamações.

3. Parasitas

Os gatos, e muito especialmente os mais jovens, têm propensão a apanhar uma espécie de ácaros, Otodectes cynotis, que se instala nos ouvidos.

4. Fungos

Em geral, os gatos com sistema imunitário enfraquecido têm menos tendência a apanhar fungos que se instalem no canal auditivo do que os cães. No entanto, quando as temperaturas sobem, fungos como a malassezia desenvolvem-se particularmente depressa e podem acabar por atacar os gatos.

5. Tumores

Inflamações crónicas e purulentas em gatos geralmente têm origem em alterações na pele que resultam do crescimento desordenado das células. Estas alterações que podem constituir tumores benignos chamam-se pólipos. Muitas vezes os pólipos surgem em consequência da gripe felina.

Prognóstico da otite externa em gatos

Felizmente a maioria dos donos apercebe-se rapidamente que o seu pequeno felino tem problemas nos ouvidos e procuram ajuda. E se a doença for tratada ainda num estado precoce os sintomas costumam desaparecer.

Formas mais graves de otite, como a otite do ouvido médio ou interno, são mais raras. No entanto, se for o caso do seu pequeno felino o prognóstico não é tão positivo.

Como evitar que o meu gato apanhe otite?

Se o seu gato tiver tendência para ter otites deve verificar e limpar-lhe regularmente os ouvidos. Para a higienização dos ouvidos use produtos veterinários desenvolvidos para gatos. Não use produtos de desinfeção ou sabonete.

Visto que parasitas e ácaros causam frequentemente otites nos gatos tome medidas preventivas. Existem, no mercado, diversos produtos antiparasitários, como coleiras e pipetas, que protegem o seu gato contra estes parasitas.

Evite usar remédios caseiros para tratar dos ouvidos do seu gato. Produtos como chá de camomila ou óleo de árvore de chá podem irritar a sensível pele dos ouvidos quer dos gatos, quer dos cães.


Franziska G., veterinária

Estudei medicina veterinária na Universidade Justus-Liebig em Gießen, onde pude ganhar alguma experiência em vários campos, como medicina para pequenos e grandes animais, medicina exótica, farmacologia, patologia e higiene alimentar. Desde então, não trabalhei apenas como autora veterinária. Também trabalhei na minha tese, que foi influenciada cientificamente. O meu objetivo é proteger melhor os animais contra patógenos bacterianos no futuro. Além do meu conhecimento, partilho as minhas próprias experiências como dono de um cão e, assim, consigo entender e dissipar medos e problemas, bem como outras questões de saúde animal.


Os nossos artigos mais relevantes
4 min

A idade dos gatos

Descubra neste artigo como determinar a idade dos gatos, quantos anos vive um gato, e com que idade é que um gato se torna idoso?