Parasitas dos gatos This article is verified by a vet

Parasitas dos gatos: com a chegada do tempo mais quente os parasitas reproduzem-se e colonizam os gatos

Assim que chega a primavera os parasitas aparecem nos jardins

A maioria dos donos de gatos já teve que lidar com parasitas. Mas o que são realmente os parasitas? Estes minúsculos animais são perigosos para os gatos? Leia o nosso artigo e fique com uma visão geral sobre os parasitas dos gatos.

O que são parasitas?

A palavra parasita tem origem no grego e originalmente significa simplesmente algo que se aproveita do que pode. E realmente é a melhor descrição para os pequenos animais que podem colonizar os gatos. Além disso, os parasitas podem viver dentro do corpo do gato ou à superfície. Os parasitas alimentam-se e reproduzem-se através dos recursos dos hospedeiros. Existem duas grandes categorias de parasitas: os externos e os internos.

Os parasitas são perigosos para os gatos?

Para a maioria dos gatos saudáveis os parasitas não representam um perigo significativo. No entanto, existem várias razões pelas quais deve eliminar os parasitas que tenham resolvido viver no seu gato.

  • Acima de tudo nos gatos jovens ou com um sistema imunitário enfraquecido, os parasitas podem causar problemas sérios. A comichão e perda de pelo são sintomas que causam um enorme incómodo e por isso os gatos coçam-se constantemente. Além disso, podem causar diarreia, que no pior dos casos pode ser fatal.
  • Ao estarem constantemente a coçar-se e a lamber-se os gatos podem provocar pequenas feridas na própria pele. Assim, se bactérias ou fungos entrarem em contato com as feridas podem surgir infeções.
  • Os parasitas são frequentemente portadores de agentes causadores de doenças. Na maior parte são bactérias que podem causar doenças graves.
  • Muitas espécies de parasitas podem também colonizar as pessoas.
  • Alguns parasitas alimentam-se do sangue dos gatos. Assim, se a colónia de parasitas for demasiado grande pode causar anemia ao gato.

Consulte o seu veterinário sempre que o seu gato for atingido por parasitas. O veterinário consegue determinar qual o tipo de parasita que o seu gato tem e assim prescrever o tratamento adequado. Dessa forma o problema resolve-se facilmente.

Os parasitas dos gatos podem ser internos ou externos
A comichão é um sintoma típico para a presença de parasitas que vivem na pele dos gatos.

Tipos de parasitas dos gatos: Parasitas internos

Os parasitas internos vivem no interior do corpo dos gatos. No entanto, os parasitas vão colonizar órgãos diferentes de acordo com a espécie a que pertencem. Estes animais, muitas vezes invisíveis a olho nu, alimentam-se de sangue ou outros tecidos do corpo dos gatos. Por isso, geralmente estes parasitas causam sintomas físicos aos gatos que colonizam.

Os parasitas internos podem ser divididos em dois grupos:

Parasitas unicelulares

Os parasitas unicelulares são animais que têm apenas uma célula. No caso dos gatos, estes parasitas vivem nos intestinos e por isso são também chamados parasitas intestinais.
Exemplos de parasitas intestinais:

  • Giardia
  • Tritrichomonas foetus
  • Coccídeos (Isospora felis, I. rivolta)
  • Cryptosporidium felis
  • Toxoplasmose (Toxoplasma gondii)
  • Hammondia hammondi

Parasitas multicelulares

Os parasitas constituídos por várias células, ou vermes, são outro grande grupo de parasitas internos que colonizam os gatos. No entanto, os gatos muitas vezes não apresentam qualquer sintoma ou apresentam sintomas gerais quando têm estes parasitas. Assim, os veterinários aconselham os donos a desparasitar os seus pequenos felinos regularmente. Em alternativa, pode fazer análises às fezes de três em três meses.

Os parasitas internos multicelulares são:

  • Parasitas intestinais: Lombrigas, ténias e ancilostomídeos
  • Dirofilaria immitis ou parasita do coração
  • Parasitas do sistema respiratório
Parasitas dos gatos: medicamentos antiparasitários são bastante eficazes
Para proteger o seu gato contra parasitas internos pode usar antiparasitários como pipetas. É uma forma muito eficaz de proteger o seu gato.

Tipos de parasitas dos gatos: Parasitas externos

Contrariamente aos parasitas internos, os externos vivem no exterior do corpo do gato. Aí estes animais alimentam-se do sangue ou de células da pele.

Os parasitas externos mais comuns, que vivem na pele ou no pelo dos gatos, são:

Estes parasitas dos gatos partilham entre si o principal sintoma que revela a sua presença: comichão. No entanto, visto que os gatos acabam por se coçar bastante, podem desenvolver problemas na pele e no pelo.

Além disso, os parasitas externos transportam outros perigos, nomeadamente doenças. Felizmente os gatos estão mais protegidos do que os cães contra as doenças transmitidas por estes parasitas. Ainda assim, especialmente as carraças podem causar infeções aos gatos. As pulgas podem igualmente transportar larvas de parasitas internos que podem infetar os gatos.

Parasitas externos: um problema sazonal

A maior parte dos parasitas surge apenas nos meses mais quentes do ano. Assim, durante a primavera e o verão deve ter mais cuidado.

No momento em que um destes tipos de parasitas infestar o seu gato trate dele o mais rápido possível. No entanto, o melhor ainda é prevenir as infestações. Para tal encontra no mercado vários produtos antiparasitários muito eficazes.

Os nossos artigos mais relevantes
4 min

A idade dos gatos

Descubra neste artigo como determinar a idade dos gatos, quantos anos vive um gato, e com que idade é que um gato se torna idoso?