Oriental de pelo curto

Escrito por Bärbel Edel
gato oriental de pelo curto sentado no chão

O típico oriental de pelo curto: orelhas grandes, olhos verdes e pernas compridas.

Com o gato oriental de pelo curto, não há espaço para a monotonia. Estes gatos inteligentes e exuberantes, de grandes orelhas, precisam de muita atenção e não gostam de estar sozinhos. Em troca, recompensam os seus companheiros de duas patas com muito afeto.

Aspeto do oriental de pelo curto

A característica mais evidente do oriental de pelo curto são as suas grandes orelhas de morcego. Bem afastadas uma da outra, são largas na base e vão-se estreitando até à ponta.

A cabeça dos gatos desta raça é marcadamente cuneiforme e o seu nariz é comprido e reto. Os seus olhos amendoados e ligeiramente oblíquos são sempre de um verde brilhante - não importa a cor do seu pelo. Apenas o oriental de pelo curto branco tem olhos azuis; alguns ainda têm um olho de cada cor, verde e azul.

Morfologia: magro e elegante

O gato oriental de pelo curto é descendente do siamês e a sua morfologia é semelhante: são magros e têm as pernas compridas. A sua cauda é comprida, fina e assemelha-se a um chicote.

Fazem parte do grupo das raças de tamanho médio. As fêmeas pesam entre três a quatro quilos, ao passo que os machos oscilam entre os quatro e os cinco.

O pelo curto, fino e bem junto ao corpo também contribui para o seu aspeto enxuto. Tem um bonito brilho e não tem subpelo.

Cores

A grande diversidade de cores de pelo e de padrões é típica desta raça de gatos. Estas são as cores e padrões mais importantes:

  • Preto
  • Branco
  • Azul (azul-acinzentado)
  • Chocolate (castanho-escuro)
  • Lilás (cinzento-claro com laivos de lilás)
  • Vermelho
  • Creme
  • Canela (ou cinnamon) (avermelhado)
  • Fulvo (ou fawn) (bege mate)
  • Carapaça de tartaruga (padrão preto-vermelho)
  • Tabby (malhado, pontilhado, listrado, pintalgado)

Tabby é o termo genérico usado para vários padrões típicos de pelo. Todos os gatos tabby têm um "M" desenhado na testa.

Carácter do oriental de pelo curto: vivaz e comunicativo

O gato oriental de pelo curto é bastante brincalhão, curioso e dedicado aos donos. Estes animais querem estar envolvidos nas atividades da família e manifestam-no ruidosamente. "Não basta estar presente - é preciso participar" é o seu mote. Seguem os donos por todo o lado. Se for necessário, até para a casa de banho.

Além disto, são muito inteligentes. Alguns exemplares conseguem mesmo abrir portas e gavetas. O treino com clicker é uma excelente forma de manter estes perspicazes patudos ocupados.

Tal como os seus parentes, os siameses, o oriental de pelo curto mia bastante. Quando um destes gatos se lhe dirige é porque espera uma resposta.

Na loja online da zooplus encontra uma vasta seleção de brinquedos para gatos para manter o seu oriental de pelo curto ocupado.

oriental de pelo curto chocolate no ombro da dona
O oriental de pelo curto quer estar sempre presente e participar em tudo.

Necessária muita atenção

Quer partilhar a sua vida com um oriental de pelo curto? Então deve ter em mente que estes gatos exigem muito tempo e atenção.

E muita companhia

Os gatos desta raça não gostam de estar sozinhos. Precisam de companhia para ser felizes. Gostam particularmente da companhia de outros membros da mesma raça. Portanto, se trabalha e não dispõe de muito tempo, o melhor a fazer é adotar dois destes gatos.

Os gatinhos apreciam o acesso um jardim ou uma varanda bem segura, mas também são felizes como gatos de interior. A maioria dos oriental de pelo curto não diz que não a passear de trela.

Pelo de fácil manutenção

Devido ao pelo curto e à ausência de subpelo, o pelo do oriental de pelo curto é muito fácil de cuidar. Ocasionalmente, esfregue-o com um pano macio para ficar ainda mais brilhante.

Embora estes gatos não precisem de ser escovados regularmente, a verdade é que gostam da atenção que vem com os cuidados com o pelo. Pode simplesmente passar-lhe no pelo com as mãos húmidas para remover pelos soltos.

Saúde e esperança de vida

Os gatos desta raça são considerados robustos. Porém, são bastante sensíveis ao frio. A sua esperança média de vida é de 15 anos.

Se o gato siamês tem tendência para ter problemas nos olhos, coração e certos tipos de cancro, já no caso do oriental de pelo curto, pelo contrário, não são conhecidas doenças específicas da raça.

No entanto, não estão imunes às doenças "normais" nem aos parasitas. Deste modo, certifique-se que o animal toma as vacinas necessárias e leve-o anualmente ao veterinário para um check-up.

Onde comprar um oriental de pelo curto?

Gostava de ter um oriental de pelo curto? Então, pode comprar o gatinho a um criador, por exemplo.

Contudo, antes da aquisição do animal assegure-se que os patudos são bem tratados. Um criador sério não tem nada a esconder e terá todo o gosto em apresentar-lhe os pais dos gatinhos.

Garanta que tem todos os documentos antes de levar o gatinho para casa - e que o animal não tem menos de 12 semanas. O criador deve entregá-lo vacinado, desparasitado e com chip. Se assim não for, não é a pessoa certa; procure outro criador.

Também podem encontrar-se oriental de pelo curto à venda na internet, em diversas plataformas de anúncios. Os ativistas dos direitos dos animais não recomendam comprar gatos online. Isto porque os animais nem sempre são mantidos adequadamente pelos vendedores. Muitas vezes, há falta de espaço, de condições de higiene e também dos cuidados médicos apropriados.

Quanto custa um oriental de pelo curto?

Pode adquirir um oriental de pelo curto por cerca de 600 euros.

Também pode procurar no abrigo para animais da sua zona. Não é assim tão fora do comum gatos de raça irem parar a estes sítios. E, regra geral, os abrigos entregam os gatos por uma quantia simbólica. Este valor deve cobrir (pelo menos em parte) as despesas da comida, acolhimento e com o veterinário e, muito importante, dissuadir compradores espontâneos.

Origem da raça

Como já referimos, o gato oriental de pelo curto descende do gato siamês, que é originário da Tailândia. Assim sendo, o oriental de pelo curto também tem raízes tailandesas.

Existem informações contraditórias em relação à origem exata da raça. Se alguns falam em Inglaterra, outros falam em Estados Unidos da América. Em inglês a raça é designada oriental shorthair.

Os gatos da raça têm vindo a ser criados de forma sistemática desde a década de 1970.

Um parente é o gato oriental de pelo comprido. Pensa-se que terá surgido no Reino Unido do cruzamento entre abissínios e siameses.

Conclusão

Magro e com grandes orelhas, o gato oriental de pelo curto não é certamente para toda a gente. Mas os fãs da raça adoram a sua elegância e os seus movimentos suaves.

O oriental de pelo curto não é um animal para quem gosta de sossego. São gatos ágeis, muito comunicativos e que trazem muita vida onde quer que estejam. Para serem felizes precisam de muita atenção e de serem ocupados com atividades variadas.


Bärbel Edel

I am a journalist, love animals and have already researched the relationship between humans and dogs during my folklore studies. A few years ago I adopted a tomcat from the Munich animal shelter. Elvis was the reason to start my cat blog "Lieblingskatze" and also to deal with animals in a journalistic way. With my articles I would like to help people understand their pets better.


Os nossos artigos mais relevantes
11 min

Persa

Os gatos persas são das raças mais populares, antes de adotar um gato persa fique a saber: Que cuidados ter; Personalidade; Alimentação e muito mais.
12 min

Bosque da Noruega

O bosque da Noruega conquista facilmente o coração de toda a gente graças ao seu aspeto selvagem e personalidade genuína.