Otite canina This article is verified by a vet

Escrito por Franziska G.
Orelha de um cão inchada e avermelhada: sintomas de otite canina

Se o seu cão está com uma otite externa é provável que a zona interior das orelhas fique vermelha e inchada.

O seu patudo inclina e abana a cabeça regularmente? Então ele pode estar com uma inflamação nos ouvidos, ou seja, com uma otite. Neste artigo explicamos quais os principais sintomas de otite canina e qual o tratamento para esta doença.

Quais são os cães com maior tendência a ter otite?

Qualquer cão pode apanhar uma otite, no entanto os patudos com orelhas caídas têm mais tendência a desenvolver esta doença.

Quais são os principais sintomas da otite canina?

Os sintomas da otite nos cães dependem da causa e da extensão da inflamação. Ainda assim existem alguns sintomas mais comuns como por exemplo:

  • Abanar ou inclinar a cabeça
  • Comichão constante
  • Mau odor nos ouvidos
  • Desconforto ou dor nos ouvidos
  • Febre

Como se faz o diagnóstico da otite nos cães?

As inflamações nos ouvidos dos cães têm várias causas. Assim, se suspeitar que o seu cão tem este problema deve ir com ele ao veterinário para que seja possível identificar a origem da doença.

No consultório, o veterinário examina em primeiro lugar a parte externa da orelha. Em seguida usa um otoscópio para ver o estado da zona intermédia do ouvido, incluindo o tímpano. Depois de verificar que o ouvido do patudo está realmente inflamado, o veterinário recolhe uma amostra de cera no interior do ouvido com a ajuda de um cotonete. Ao examinar esta amostra ao microscópio, o veterinário fica a saber se existem bactérias, fungos ou ácaros no ouvido que causem a inflamação.

Por fim, se o veterinário suspeitar que o patudo tem alguma alergia faz um teste a alergénios para despistar.

O otoscópio permite ao veterinário observar a parte interna dos ouvidos dos cães e verificar se é um caso de otite canina
O otoscópio permite ao veterinário observar a parte interna dos ouvidos dos cães.

Tratamento para a otite canina

Para tratar a otite o veterinário começa por fazer uma limpeza aos ouvidos do patudo. Esta limpeza é feita com produtos específicos que aplica cuidadosamente no interior do ouvido. Em seguida, o veterinário faz uma massagem nos ouvidos para que o produto penetre bem. Por fim, o veterinário remove o excesso de cera dos ouvidos que contêm agentes infeciosos como por exemplo parasitas.

Nos casos em que a inflamação é mais grave, o veterinário prescreve anti-inflamatórios. Além disso e de acordo com a causa da inflamação, o seu patudo terá que tomar antibióticos, antimicóticos ou antiparasitários.

Para que o tratamento seja bem sucedido é importante manter o ouvido do seu patudo limpo após a limpeza feita pelo veterinário. No entanto, não deve usar cotonetes, pois o seu cão pode mexer a cabeça de repente e magoar-se com o cotonete.

Mantenha os ouvidos do seu patudo limpos

Os remédios caseiros por si só não conseguem tratar a otite nos cães. Por isso, caso o seu patudo esteja doente tem que o levar ao veterinário. Só com os medicamentos corretos é que o seu cão recupera totalmente.

Ainda assim, existem alguns produtos que se pensa aliviarem ou prevenirem o aparecimento de otites nos cães:

  • Óleo de salmão: o óleo de salmão é rico em ácidos gordos ómega-3. Estes ácidos ajudam a proteger o sistema imunitário e assim aliviam as inflamações
  • Óleo de coco: existem vários produtos com óleo de coco que também reforçam o sistema imunitário e têm ação antibacteriana.
  • Extratos ou pomadas feitas de camomila, (Matricaria chamomilla L.), sálvia (Salvia) ou margarida (Calendula officinalis) também ajudam a acalmar a zona inflamada.

Quais são as principais causas da otite canina?

A otite é uma das doenças mais comuns nos patudos. Isto deve-se, por um lado, ao facto de os agentes causadores desta doença serem relativamente comuns. Por outro lado, os ouvidos dos patudos estão mais expostos a estes agentes e assim facilmente desenvolvem inflamações.

Entre as principais causas estão:

  • Alergias, por exemplo alergia a algum alimento
  • Ácaros dos ouvidos
  • Corpos estranhos, por exemplo partes de plantas de cereais
  • Hiperceratose, por exemplo em consequência de hipotiroidismo
  • Presença de leveduras, especialmente de Malassezia
  • Tumores, como por exemplo pólipos

Se o sistema imunitário do seu cão estiver fraco devido a outras doenças ou se ele estiver a tomar imunossupressores como cortisona, é mais provável que leveduras se multipliquem nos ouvidos.

As temperaturas quentes de verão e a humidade proporcionam condições excelentes para a reprodução de fungos e bactérias. Assim, os patudos que gostam especialmente de tomar banho e nadar têm mais tendência a ter otites.

Qual o prognóstico da otite?

A otite nos cães pode causar dores fortes aos patudos, mas geralmente desaparece com tratamento adequado. Assim, para curar a otite externa e impedir que a inflamação atinga o ouvido médio e externo deve seguir cuidadosamente as indicações do seu veterinário. Além disso, observe regularmente os ouvidos do seu patudo.

Como prevenir o aparecimento da otite nos cães?

Se o seu cão é daqueles que gosta de passar a vida na água, deve secar-lhe as orelhas e a parte externa do ouvido após cada banho. É também muito importante verificar o estado dos ouvidos do seu cão. Se notar que há muita cera acumulada deve limpar as orelhas do seu cão com os produtos especiais para cães. Evite usar sabonete ou um desinfetante porque estes produtos podem irritar os ouvidos e causar uma inflamação grave.

Os nossos artigos mais relevantes
11 min

Castração de cães

A castração constitui um procedimento de rotina na medicina veterinária – mas será sempre recomendada? Qual a diferença entre castração e esterilização?