O meu gato não come! This article is verified by a vet

O seu gato não come? a causa pode ser uma mudança brusca no tipo de alimentação

Uma mudança brusca de ração para comida húmida pode fazer com que o seu gato deixe de comer.

Comer é uma das atividades favoritas dos gatos. Por isso, se de repente se aperceber que o seu gato não come como habitual é normal que fique preocupado. Neste artigo explicamos o que pode causar a perda de apetite nos gatos. E também quando o melhor a fazer é ir visitar o seu veterinário.

Causas da falta de apetite nos gatos

Por vezes os gatos não comem por razões perfeitamente normais e inconsequentes. Por exemplo, se o seu gato passeia sozinho na rua ele pode ter comido qualquer coisa no vizinho. Pode também ter acabado de comer um rato que ele próprio caçou.

É também possível que na hora do almoço o seu gato simplesmente não tenha fome ou que a comida que lhe pôs no comedouro não lhe agrade. Uma mudança repentina no tipo de comida, por exemplo passar de comida húmida para ração ou para outra marca, também pode desencadear uma rejeição da comida.

Outros fatores que podem desencadear falta de apetite nos gatos são a ansiedade ou medo. Alterações na família, por exemplo a chegada de um novo membro de quatro patas ou o desaparecimento de uma pessoa, podem fazer com que o gato coma menos ou deixe mesmo de comer. Por fim, quando estão com o cio as gatas também podem perder o apetite.

Causas mais graves

Existem também causas graves para a falta de apetite nos gatos ou para a recusa em comer (anorexia):

  • Doenças na boca: inflamações na boca ou tártaro nos dentes causam dor e podem impedir o gato de comer.
  • Infeções: entre os sintomas de doenças virais como a imunodeficiência felina, leucemia ou Peritonite infeciosa felina encontra-se a falta de apetite.
  • Parasitas: uma infestação de parasitas internos desencadeia vários sintomas. Se o seu gato não come e não o desparasita há algum tempo, a causa da perda de apetite pode ser os parasitas. Neste caso os gatos costumam ter também diarreia e vómitos.
  • Outras doenças: Doenças em órgãos como os rins ou o fígado podem também causar perda de apetite, principalmente em gatos com alguma idade.
  • Envenenamento: se o seu gato não come e apresenta outros sintomas, como por exemplo salivar, tremer ou espasmos, a causa pode ser envenenamento.
  • Tumores
  • Febre

Assim, se o seu gato não come é muito importante determinar a causa. Só assim pode saber se o seu pequeno felino tem ou não um problema que necessite da intervenção de um veterinário.

O meu gato não come: outros sintomas

A falta de apetite nos gatos não é uma doença, mas antes um sintoma. De acordo com a doença, o não comer pode trazer outros problemas. Além disso, ao deixar de comer o gato deixa de ingerir todos os nutrientes de que precisa. Assim, se o seu gato não come ele pode desenvolver sintomas como:

  • Sintomas gerais como apatia e fraqueza
  • Sistema imunitário enfraquecido
  • Problemas nos órgãos internos como lipidose hepática, perda de músculo cardíaco ou problemas renais
O seu gato não come? Algumas doenças, como problemas na boca, podem causar perda de apetite
Se o seu gato é daqueles que sempre gostou de comer e de repente perde o interesse pela comida, ele pode ter doenças na boca.

Diagnóstico: quando é a altura de ir ao veterinário?

Se durante vários dias o seu gato comer pouco ou se não come há mais de 24 horas, deve levá-lo ao veterinário.

Visto que a perda de apetite tem inúmeras causas possíveis, o veterinário inicia o diagnóstico através do processo de exclusão. Assim, o processo de diagnóstico pode ser longo se a causa não for mais ou menos evidente.

O processo de exclusão começa com recolha de informações sobre o gato e os seus hábitos junto dos donos. Por exemplo, o veterinário pergunta há quanto tempo é que o gato tem falta de apetite ou se existem outros sintomas. É também importante saber que vacinas o seu gato tomou e se houve mudanças no dia-a-dia da família. Por fim é relevante saber se o gato demonstra interesse na comida apesar de não comer. Se for esse o caso, é possível que ele tenha algum problema nos dentes.

Depois de recolher as informações o veterinário examina o estado de saúde do gato. Em seguida pode ser necessário fazer análises ao sangue ou exames, como por exemplo um raio X ou uma ecografia.

Tratamento: o que fazer quando o gato não come?

O tratamento da falta de apetite nos gatos inclui o tratamento direcionado para a causa e para os sintomas. Assim, de acordo com a causa o médico pode prescrever vários tipos de medicamentos:

  • Antibióticos, antivirais ou antifúngicos, caso o gato tenha algum tipo de infeção.
  • Anti-inflamatórios
  • Antieméticos, ou seja, medicamentos para evitar vómitos
  • Estimulantes do apetite
  • Alimentação forçada: caso o gato recuse totalmente a comida pode ser necessário recorrer a alimentação através de uma sonda nasogástrica.

Em gatos que perderam o olfato ou paladar é aconselhável dar uma alimentação com odores fortes, como por exemplo de atum.

Qual o prognóstico para um gato que não come?

O gato voltar a comer normalmente depende muito da causa do problema. Por exemplo, se a causa deste problema é uma infeção não muito grave, o gato volta a comer normalmente alguns dias depois de iniciar o tratamento. Por outro lado, se a causa for um tumor ou envenenamento, o prognóstico é mais cauteloso.

Seja qual for a causa o importante é levá-lo ao veterinário o mais cedo possível e iniciar o tratamento rapidamente.

É possível evitar a falta de apetite nos gatos?

De vez em quando os gatos não comem. Trata-se de uma situação normal e, portanto, muito difícil de evitar. No entanto, os donos podem adotar algumas medidas para evitar que os gatos apanhem algumas doenças, como infeções, que levam à falta de apetite:

  • Evitar contato com animais doentes
  • Limpar regularmente a caixa de areia e o comedouro/bebedouro
  • Dar uma alimentação adequada ao gato, tendo em conta por exemplo o seu peso
  • Visitar regularmente o veterinário

Porque é que os gatos perdem o apetite?

Para compreender por que razão os gatos têm ou não apetite vale a pena referir alguns aspetos da fisiologia dos felinos. A sensação de fome é regulada pelo cérebro, que recebe informações dos órgãos do sistema digestivo, como os intestinos ou o estômago, onde se encontram recetores de fome.

Se o estômago estiver cheio estes recetores são ativados e informam o cérebro que não é preciso comer mais. Por outro lado, se o estômago estiver vazio estes recetores não se ativam. O cérebro sabe então que o corpo precisa de comida e surge a sensação de fome. Além desta via de informação, a sensação de fome também é influenciada por hormonas e o estado de saúde geral.

Os nossos artigos mais relevantes
4 min

A idade dos gatos

Descubra neste artigo como determinar a idade dos gatos, quantos anos vive um gato, e com que idade é que um gato se torna idoso?