Alterar a alimentação dos gatos This article is verified by a vet

Alterar a alimentação dos gatos: cuidados a ter

Os gatos têm relutância em passar da sua comida habitual para uma comida nova

Às vezes os gatos têm que mudar a sua alimentação, seja por razões de saúde ou outras. No entanto, alguns gatos podem não reagir bem e rejeitar a comida nova. Neste artigo explicamos como evitar este problema e alterar a alimentação dos gatos de forma simples.

Como alterar a alimentação dos gatos?

Os gatos precisam de algum tempo para se habituarem ao sabor da nova comida. Assim, é preciso alguma paciência para alterar a ração dos gatos. Além disso a alteração deve ser gradual, pois uma mudança repentina pode provocar uma reação no estômago. Portanto, para evitar a rejeição por parte do seu gato assim como diarreias e vómitos, deve introduzir a nova comida devagar.

O método é simples. Comece por misturar um pouco da nova comida na habitual e vá aumentando a percentagem da nova comida todos os dias. No primeiro dia ponha só uma colher de chá de comida nova. Lembre-se que este é um processo lento e que pode durar entre oito e dez dias.

Algumas razões para alterar a alimentação dos gatos

Os gatos têm fama de serem exigentes com o tipo de comida. Além disso, os gatos costumam eleger alimentos favoritos e não gostam de mudar. Mas existem várias situações em que é aconselhado e às vezes necessário alterar a dieta dos pequenos felinos. Entre estas estão:

  • Intolerância ou alergia a ingredientes da comida habitual
  • Doenças que exigem a adoção de dietas
  • Excesso de peso
  • Alteração da fase de vida. Por exemplo, alterar a comida de gatinhos para comida de gatos adultos, ou de gatos adultos para gatos sénior.
  • Redução de custos por parte do dono
  • Escassez ou eliminação da ração no mercado

O meu gato não gosta da nova comida. O que posso fazer?

Alterar a alimentação dos gatos pode tornar-se numa tarefa hercúlea. E infelizmente alguns gatos rejeitam a nova comida mesmo que seja muito pouca. Nestes casos há que recorrer à imaginação e a todos os truques que tiver à disposição.

Por exemplo, pode colocar algumas guloseimas ou um pouco de óleo de salmão em baixo da nova comida para aguçar o apetite e interesse do seu gato. Se lhe der comida húmida, pode aquecê-la um bocadinho, pois os odores que a comida liberta podem motivar o gato. Além disso pode colocar uma taça com a comida nova ao lado da comida habitual. Deste modo o seu gato vai-se habituando ao cheiro e desperta-lhe a curiosidade.

Mas se o gato se recusa completamente a comer a nova comida, é aconselhável desistir independentemente da razão da alteração. Sabemos hoje que o fígado dos gatos é um órgão muito sensível à dieta dos gatos e insistir numa nova comida pode causar problemas de saúde adicionais.

Alterar a alimentação dos gatos: Introduzir uma ração de dieta

Em primeiro lugar é preciso esclarecer que uma ração de dieta não se dirige apenas aos gatos com peso a mais. A utilização da palavra dieta neste caso refere-se ao conceito médico. Ou seja, uma ração de dieta tem por objetivo ajustar os nutrientes às especificidades das doenças, por exemplo, eliminar ingredientes que possam agravar a doença. Assim, uma ração de dieta só deve ser administrada depois de um diagnóstico e por recomendação do veterinário.

Rações de dieta são recomendadas para doenças como por exemplo:

  • Doenças renais como insuficiência renal ou pedras nos rins
  • Doenças da bexiga
  • Problemas nos rins
  • Doenças gastrointestinais
  • Intolerância ou alergia alimentar
  • Excesso de peso

Se for necessário alterar a alimentação dos gatos por razões de saúde é muito importante que a troca seja bem-sucedida. No entanto, atualmente existe no mercado uma grande variedade de comida de dieta para gatos. Assim, se o seu gato recusar a primeira comida tenha paciência e recomece o processo com uma ração alternativa.

E não se esqueça, a loja para gatos zooplus tem comida para gatos de alta qualidade. No nosso site encontra uma descrição detalhada de cada produto e também a análise dos ingredientes. Assim consegue com certeza escolher a melhor comida para o seu gato!

Os nossos artigos mais relevantes