Alterar a alimentação dos cães

Alterar a alimentação dos cães: é importante observar as reações

Se mudar a alimentação do seu patudo deve ter atenção à sua reação

Alterações na alimentação dos cães requerem atenção e alguns cuidados. Quer os seres humanos, quer os patudos podem apresentar reações inesperadas perante uma nova dieta. Neste artigo explicamos como alterar a alimentação dos cães de forma suave e evitar problemas.

Razões para alterar a alimentação dos cães

Os especialistas não estão de acordo quanto à necessidade de variar o tipo de comida que os patudos encontram no seu comedouro.

No entanto, existe uma forma simples de variar o menu do seu patudo. Pode optar por dar variedades de sabores dentro mesma marca de comida. Visto que a qualidade e a composição dos ingredientes variam pouco dentro da mesma marca o seu patudo não deve ter qualquer problema em adaptar-se ao novo sabor.

Existem também boas razões para alterar a alimentação dos cães:

  • Alterar a comida para ir de encontro à fase de vida do seu patudo (cachorro, adulto, sénior)
  • Mudar de ração seca para comida húmida ou vice-versa
  • O seu cão precisa de uma ração de dieta especial devido a problemas de saúde
  • Excesso de peso
  • Intolerância ou alergia aos ingredientes da comida habitual
  • Razões económicas
  • Indisponibilidade do produto habitual nas lojas
alterar a alimentação dos cães: gráfico com relação idade e tamanho da raça
Este gráfico indica a quantidade de comida que um cão necessidade de acordo com a sua idade.

Como alterar a alimentação dos cães de forma suave?

A flora intestinal dos cães precisa de algum tempo para se habituarem a uma nova comida. Por isso não deve alterar a comida de um dia para o outro. Pelo contrário, deve fazer a mudança lentamente. Assim, comece por dar ao seu patudo cerca de um quarto de comida nova misturada na habitual. Aumente a percentagem de comida nova lentamente durante 2 a 4 semanas até eliminar totalmente a comida antiga. Este método também é válido para patudos com paladar exigente, pois assim ele habitua-se gradualmente aos novos sabores.

Dica: quando fizer a alteração da comida por questões de idade escolha a ração adequada dentro da mesma marca. Assim, é pouco provável que o seu cão a rejeite.

Alteração de comida húmida para ração seca

Passar a dar comida húmida em vez de ração seca ou vice-versa também é um processo que exige algum cuidado. Se o seu cão já estiver familiarizado com os dois tipos de alimentação a mudança é geralmente mais simples.

Se quiser mudar para ração seca pode usar os croquetes como recompensa. Assim, de manhã pese a porção de ração seca indicada para o dia e dê de vez em quando um croquete ao seu patudo. E não se esqueça: quando for pesar a ração leve em conta a porção de comida húmida que lhe vai dar.

Quais são as possíveis consequências de alterar a alimentação de forma abrupta?

Muitos cães não apresentam qualquer sintoma quando mudam de comida. Apesar disso alguns reagem mal a uma comida a que não estão habituados. As possíveis consequências são:

  • Flatulência
  • Evacuar com mais frequência – até cinco vezes por dia
  • Excrementos mais moles
  • Diarreia
  • Vómitos
  • Comichão
  • Recusa em comer

Se o seu patudo apresentar alguns destes sintomas volte atrás e reduza a percentagem de comida nova. Mantenha a proporção durante alguns dias antes de reiniciar o processo de alteração.

Se mesmo assim os sintomas persistirem ou reaparecerem com o aumento da nova comida, provavelmente tem que procurar um outro tipo de comida. Nestes casos pode consultar o seu veterinário, ele poderá aconselhá-lo sobre a melhor forma de resolver o problema.

Casos especiais para alterar a alimentação dos cães: dietas veterinárias

Em face de determinadas doenças a alimentação dos cães deve mudar. Nesses casos os patudos passam a comer ração de dieta. É importante explicar que uma ração de dieta não se dirige necessariamente a cães com peso a mais. Uma ração de dieta é preparada de forma a ir de encontro a determinadas limitações nutricionais dos cães. Por isso, este tipo de alimentação deve ser prescrito por um veterinário.

A ração de dieta é aconselhada quando os patudos apresentam doenças como por exemplo:

  • Insuficiência renal
  • Doenças gastrointestinais
  • Pedras nos rins ou cálculos no trato urinário
  • Alergias ou intolerâncias alimentares
  • Excesso de peso

Há situações em que alterar a alimentação dos cães é urgente. No entanto, se for esse o caso do seu cão tenha paciência. Uma mudança brusca pode causar outros problemas de saúde e por isso, mesmo em caso de uma alteração por razões médicas, o patudo deve habituar-se lentamente à nova comida.

Os nossos artigos mais relevantes