Dragão-d’água-chinês

Escrito por Sabrina Quente
dragão d'água chinês em cima de rocha no terrário

Dragão-d'água-chinês: bonito, tímido e não indicado para donos sem experiência.

Parecem dragões saídos dos contos de fadas: o dragão-d'água-chinês fascina muitos donos de terrários com a sua beleza e o seu verde intenso. Mas, para começar, será este pequeno e verde dragão-d'água adequado para terrários? Neste artigo irá aprender tudo o que precisa acerca destes extraordinários répteis.

Aspeto: fascinantes dragões para ter em casa

O corpo do dragão-d'água-chinês está coberto por bonitos tons de verde e cinzento. Já o lado inferior do corpo é normalmente mais claro do que as costas. A cauda está coberta por listras e faixas em tons de castanho. Uma crista dentada reveste as costas do dragão-d'água-chinês, desde a parte de trás da cabeça até à cauda.

O dragão-d'água-chinês olha para as pessoas com os seus grande olhos. As escamas em redor da boca parecem-se quase com dentes.

O seu aspeto suscita associações com dinossauros ou dragões, sendo, portanto, daí que advém o seu nome. Além disso, também é conhecido por dragão-d'água verde ou asiático. Pertence à família Agamidae. No entanto, não está relacionado com outros Agamidae, como é o caso do dragão-d'água-australiano ou o dragão-barbudo. Pois faz parte de um género separado.

dragão-d'água-chinês de perfil em fundo verde
O dragão-d'água-chinês tem grandes olhos, a sua pele é de um verde luxuriante e tem imensas escamas.

Qual o tamanho final de um dragão-d'água-chinês?

O tamanho final de um dragão-d'água-chinês pode chegar a um metro de comprimento. Na verdade, cerca de dois terços do comprimento considerável destes animais dizem respeito à comprida cauda, que é, aliás, uma característica típica dos agamidae.

Além disso, o tamanho é a principal característica que distingue machos e fêmeas. Portanto, os machos são maiores do que as fêmeas. Estas têm o corpo um pouco mais achatado e pele uniforme com poros mais pequenos.

Comportamento: animais bastante nervosos

Apesar das impressionantes dimensões do seu corpo, o bonito dragão-d'água-chinês é extremamente assustadiço. Portanto, são animais muito cuidadosos e estão sempre prontos para fugir. Cedendo ao seu instinto de fuga em situações de ameaça é comum magoarem-se na boca.

Um ambiente descontraído e bastante descanso são, portanto, dois aspetos especialmente importantes na fase inicial. Felizmente, os dragões-d'água são animais diurnos. Observá-los a partir de uma distância respeitosa a viver o seu dia a dia é algo perfeitamente conciliável com o biorritmo humano.

Será o dragão-d'água-chinês um réptil perigoso?

Ao contrário de animais de terrário assustadores, como a jiboia ou o sapo dourado venenoso, perigosos por natureza, o dragão-d'água-chinês não é ameaçador nem perigoso para os humanos. Muito pelo contrário: estes delicados répteis têm mais medo de nós do que devemos ter deles.

Pode o dragão-d-'água-chinês nadar?

Graças ao formato do seu corpo e às suas origens, estes animais são excelentes nadadores. Oriundos de zonas tropicais, estes répteis têm o amor pela água nos seus genes, pelo que o nome lhes assenta perfeitamente.

Ter um dragão-d'água-chinês: factos sobre terrários e companheiros de terrário

Por muito bonito que o dragão-d'água-chinês seja, a sua manutenção é exigente. Portanto, não são animais indicados para principiantes em termos de terrários. Por um lado, isto deve-se ao seu tamanho. Por outro lado, é porque são assustadiços e suscetíveis a stress.

Se já tem experiência e se sente à altura do desafio, leia as nossas dicas para ter um dragão-d'água-chinês.

Estes animais devem ser tidos sozinhos?

Em ambiente selvagem, este lagarto verde desloca-se muitas vezes sozinho ou em pequenos grupos. Portanto, tanto podem ser tidos sozinhos como na companhia de outros animais.

Apesar de tudo, é preferível tê-los em grupo. Porém, para tal é necessário ter espaço suficiente em casa.

Atenção: Os machos não devem ser tidos com outros machos. Um harém com um macho e duas ou três fêmeas é a base ideal para uma coexistência harmoniosa. No entanto, o dragão-d'água-chinês não se dá bem com outras espécies.

Como é a casa perfeita para o dragão-d'água-chinês?

Estes répteis verdes sentem-se em casa quando estão dentro de água. Assim sendo, o dragão-d'água-chinês sente-se mais confortavelmente num paludário com uma área seca e outra com água. Coloque ramos resistentes para o animal subir perto da água e verá como o animal rapidamente se sente em casa.

Além de água e de oportunidades para trepar, o seu terrário tropical também deve oferecer suficiente privacidade. Pois, deste modo, o animal sente-se seguro e os níveis de stress baixam. Substrato de coco ou cascas de árvore são substratos adequados.

Que tamanho deve ter o terrário?

Um terrário com uma zona de água deve ser grande o suficiente para o seu dragão-d'água-chinês mergulhar facilmente. Assim, para definir o tamanho mínimo do terrário devemos basear-nos na relação comprimento cabeça-cauda. Ou seja, o comprimento desde a ponta do nariz até à base da cauda:

  • Para um par destes répteis, as dimensões mínimas recomendadas para o terrário são 4:3:5 ou 5:3:4 (comprimento x largura x altura).
  • Portanto, no caso de um dragão-d'água-chinês com 30 centímentros de comprimento cabeça-cauda, o terrário deve ter, no mínimo, 120 x 90 x 150 ou 150 x 90 x 120 centímetros.
  • No entanto, um terrário com 200 x 100 x 200 centímetros seria melhor.
dragão-d'água-chinês a olhar de frente em cima de ramo
Sempre de guarda: o dragão-d'água-chinês assusta-se com muita facilidade.

Que temperatura e níveis de humidade são recomendados?

O dragão-d-'água sente-se confortável num clima tropical. Portanto, é isso que deve encontrar no terrário:

  • A humidade deve rondar os 70-80% durante o dia e 95% durante a noite.
  • Estes répteis sentem-se mais confortáveis em temperaturas entre os 26 e 28 graus Celsius. À noite, 20a 23 graus Celsius são suficientes.
  • Além disso, deve existir uma zona onde o animal possa apanhar sol e aquecer-se, com 35 graus Celsius no máximo.

Para tal, são necessários elementos de aquecimento, um temporizador e radiadores para essas zonas. Consegue produzir a humidade necessária com um sistema de rega e plantas, como a palmeira yucca ou a figueira-benjamim.

Alimentação: o que come um dragão-d'água-chinês?

No seu habitat natural, o dragão-d'água-chinês come praticamente tudo o que lhe aparecer à frente. Até mesmo pequenos mamíferos ou pássaros.

O que podem comer estes animais?

No terrário pode, felizmente, alimentar o seu dragão-d'água-chinês com comida mais fácil de obter. Em cativeiro, a dieta destes répteis deve ser a seguinte:

  • Água fresca todos os dias
  • Três a quatro vezes por semana: insetos, como grilos-domésticos ou gafanhotos
  • Uma vez por semana, estes insetos devem ser enriquecidos com suplemento vitamínico
  • Ocasionalmente, para variar a alimentação, oferecer ao animal forragem e um pouco de alguma fruta doce

Saúde: ter o bem-estar físico debaixo de olho

Como já referimos, pelo facto de serem animais tão stressados, é comum magoarem-se na boca quando tentam fugir. Mas com um ambiente calmo e muito cuidado, este tipo de feridas pode ser evitado.

Qual a esperança de vida de um dragão-d'água-chinês?

A esperança média de vida deste réptil situa-se entre os 15-20 anos. Mas para que os seus animais possam chegar a esta idade é importante observá-los com atenção todos os dias.

Esteja especialmente atento ao focinho e ao emagrecimento extremo e alterações nas fezes. Ao notar quaisquer anomalias, fale com o veterinário para saber o que fazer.

Comprar um dragão-d'água-chinês: o que precisa de saber

Se a personalidade do dragão-d'água-chinês não for um problema para si e tiver capacidade para oferecer aos animais um casa suficientemente grande, a única pergunta a que falta responder é onde comprar os animais.

Encontra estes répteis à venda em lojas de animais e junto de criadores privados. No entanto, o seu primeiro ponto de contacto deve ser uma associação protetora de animais. Pois são muitos os casos de pessoas que se sentem sobrecarregadas pelos cuidados com estes répteis e acabam por os devolver.

É possível comprar um dragão-d'água-chinês online?

É fundamental observar o comportamento de um dragão-d'água-chinês com os seus próprios olhos antes de avançar para a compra. Além disso, é também importante observar como é que os criadores os têm e quais as condições apropriadas. Portanto, não recomendamos a sua compra online.

Origem: onde podemos encontrar o dragão-d'água-chinês?

A área de distribuição desta espécie é o sudeste asiático. Aí estes animais podem ser encontrados em florestas tropicais, sobretudo perto de água, corrente ou parada. Em caso de perigo, o dragão-d'água-chinês usa a água como caminho de fuga.

Quando não estão a nadar, gostam de passar o tempo nas árvores. Porque não são apenas bons nadadores, mas também excelentes a trepar.

Conclusão: animais fascinantes para donos com experiência

O dragão-d'água-chinês não é um animal para fazer festinhas e ter no colo. Além disso, é exigente em termos de cuidados e é preciso tacto para lidar com a sua personalidade. Porém, para pessoas experientes na manutenção de terrários, estes belos répteis podem ser uma excelente oportunidade para aprofundar os seus conhecimentos com uma espécie de lagarto muito especial.

Perfil do dragão-d'água-chinês

  • Nome: dragão-d-'água-chinês, dragão asiático; Nome científico: Physignathus cocincinus
  • Tamanho: entre 60 a 100 cm
  • Peso: entre 300 a 800 g
  • Terrário: paludário
  • Temperatura: entre 20 a 35 °C, temperatura mais baixa durante a noite do que durante o dia
  • Alimentação: insetos, forragem, fruta doce
  • Convivência: sozinhos; um macho com várias fêmeas; não indicados para socializar com outras espécies
  • Nível de dificuldade: indicados para terraristas avançados com bastante espaço disponível

Fontes:


Sabrina Quente
Profilbild von zooplus Magazin Autorin Sabrina Quente

Animals have accompanied me for as long as I can remember - there is hardly a child's photo without a budgie on my head or a cat on my lap. For more than ten years, I have been writing as an editor about various topics ranging from health insurance to cat ownership. Always with me: my cat Mimi, who is the best source of inspiration for many texts and knows when it's time for a break from writing.


Os nossos artigos mais relevantes
11 min

Gecko Leopardo

Descubra mais sobre o comportamento e cuidados a ter com os Gecko Leopardo assim como informações sobre as características que o seu terrário deve ter.
11 min

Camaleões

Que terrário tem de comprar, o que comem os camaleões, que cuidados deve ter, como manter o terrário de forma a que o camaleão esteja saudável...
10 min

Dragão Barbudo

O Dragão Barbudo é um réptil muito popular pois com alguma paciência estes répteis podem ser domesticados e tornarem-se mesmo bastante dóceis.