Como fazer massagens a gatos

As massagens são uma agradável pausa na rotina do dia-a-dia

As massagens trazem muitos benefícios aos gatos, desde que feitas com cuidado.

As massagens fazem bem ao corpo e à alma. Então, porque não proporcionar um bem-estar extra ao seu gato? Os pequenos felinos costumam adorar estes miminhos! Leia o nosso artigo e descubra como fazer massagens a gatos.

Massagens a gatos: bem-estar físico e mental

As vantagens das massagens são válidas para as pessoas e para os gatos. E é importante sublinhar que as massagens não servem apenas para descontrair músculos tensos. Pelo contrário, esta prática tem inúmeras vantagens. Por exemplo, o toque suave mas firme do massagista ajuda a reduzir o stress emocional do dia-a-dia. Além disso, ao massajar o seu gato proporciona-lhe bem-estar e por isso fortalece a vossa relação.

As massagens constituem uma pausa nas rotinas do dia-a-dia e deliciam as pessoas e os nossos animais de estimação. Assim, depois de uma sessão de massagens vai ver o seu gato ronronar e dormir profundamente.

O momento ideal para as massagens a gatos

Para potenciar o efeito benéfico das massagens é importante escolher o melhor momento. Por exemplo, não faça massagens após as refeições. O organismo precisa de algum tempo para fazer a digestão e esse processo não deve ser perturbado. Assim, mesmo que o seu pequeno felino aproveite essa altura para fazer a sua higiene ou para brincar não o interrompa com massagens.

O momento ideal para as massagens é quando o seu gato está naquela altura em que pede festas e miminhos. Ou seja, quando ele se sente relaxado e está recetivo a atividades calmas. Além disso, escolha também um momento em que tem tempo suficiente para se dedicar por inteiro ao seu gato. Mesmo que sejam apenas alguns minutos de massagens, deve sentir-se relaxado e sem pressa, pois o seu gato também sente as suas emoções.

Instruções para massagens bem-sucedidas

Na primeira sessão de massagens deve ser proceder com cuidado. Comece as massagens em locais do corpo onde o gato está habituado a receber mimos. Durante a sessão pode conversar com o seu pequeno felino ou pôr uma música relaxante.

Contrariamente a muitas pessoas que gostam de sentir os músculos serem flexionados vigorosamente durante as massagens os gatos preferem movimentos suaves. Assim, não exerça demasiada pressão no corpo do seu gato. Por exemplo, na cabeça e focinho use apenas as pontas dos dedos. Já no torso use a mão toda, para que o seu gato sinta a evolução dos seus movimentos.

Tenha sempre atenção ao estado de humor do seu gato. Assim, se ele está imóvel e a ronronar enquanto o massageia é um sinal claro de bem-estar e de que pode continuar. Por outro lado, se ele tentar fugir deixe-o ir.

Massagens na testa

Muitos gatos gostam particularmente de receber festinhas na cabeça. Se for esse o caso do seu pequeno felino comece as massagens por aí: com o dedo indicador faça movimentos circulares no centro da testa.
Em seguida com dois dedos faça movimentos circulares na zona dos olhos e passe gradualmente para as bochechas. Se o seu pequeno felino está de olhos fechados e a ronronar é porque as suas massagens estão a ter muito sucesso.

Massagens nas orelhas

Comece por massajar a base das orelhas até chegar às pontas. Use o polegar e o indicador e massaje as duas orelhas ao mesmo tempo. Alguns gatos gostam muito de massagens nas duas orelhas.

Massagens no queixo

Quase todos os gatos adoram receber festinhas no queixo. Assim, experimente passar o dedo indicador lentamente da zona da nuca até ao queixo. Se o seu gato levantar a cabeça, fechar os olhos e ronronar quando chegar ao queixo é sinal de que ele aprova a ideia e que definitivamente quer mais.

Ao fazer massagens a gatos deve fazer movimentos suaves e não exercer demasiada pressão

Relaxar as costas e ombros

As massagens a gatos costumam ser bem-sucedidas na zona das costas e ombros, pois os gatos costumam acumular tensão nessa zona. Assim, para relaxar o seu gato comece por segurar o pescoço dele e aplique alguma pressão com o polegar e indicador enquanto faz os movimentos.

Atenção: nem todos os gatos apreciam massagens no pescoço ou nos ombros. Por isso, tenha atenção à linguagem corporal do seu gato. Se ele mostrar desagrado pare a massagem.

Massagens às costas

Para fazer massagens às costas use o polegar e o indicador das duas mãos e coloque-os junto da coluna. Em seguida, deslize os dedos lentamente desde a zona dos ombros até à cauda. Repita este movimento várias vezes.

Por fim pode aplicar alguma pressão no corpo e no pelo das costas. No entanto não use demasiada força e pare se notar que o seu pequeno felino não se sente confortável.

Massagens a gatos: as patas

Ao fazer massagens às patas do seu gato fecha com chave de ouro a sessão de relaxamento. Para massajar esta parte do corpo coloque os polegares entre as almofadinhas das patas e mova-os lentamente de forma circular.

Os gatos costumam gostar de sentir as massagens nesta parte do corpo, pois as patinhas carregam o peso do corpo.

Fazer massagens a gatos deixa o pequeno felino e o dono relaxado.

Aspetos a ter em atenção nas massagens a gatos

Para que a sessão de massagens seja um verdadeiro momento de relaxamento para si e para o seu gato, siga as nossas dicas:

  • O tempo ideal de uma sessão varia entre os 5 e 15 minutos.
  • Faça movimentos lentos e suaves com as mãos.
  • Não faça massagens ao seu gato se ele estiver doente ou se tiver problemas de pele.
  • Se a sua gata estiver grávida não lhe faça massagens.
  • Não faça massagens à barriga do seu gato. A maioria dos pequenos felinos não gostam de receber massagens nesta zona do corpo.

Importante: não use nenhum tipo de óleo para massagens

Em caso algum use óleo para massagens no seu gato. Muitos dos óleos naturais que usamos habitualmente contêm substâncias tóxicas para os gatos, como por exemplo canela, cravinho ou eucalipto. Além disso, o cheiro destes óleos é demasiado intenso para os sensíveis narizes dos pequenos felinos.

Já agora não se esqueça dos cuidados com o pelo! A escovagem regular dos gatos é importante para manter o pelo e a pele saudáveis. Para saber mais sobre este assunto leia o nosso artigo Cuidados com o pelo: como ajudar o seu gato.

Os nossos artigos mais relevantes
4 min

A idade dos gatos

Descubra neste artigo como determinar a idade dos gatos, quantos anos vive um gato, e com que idade é que um gato se torna idoso?