10 sinais que mostram que o seu gato gosta de si

Os gatos nem sempre são consistentes a mostrar o seu amor pelos donos, já que são animais voláteis e de temperamento misterioso. Os gatos são, muitas vezes, mais subtis na demonstração dos afetos do que os cães. Os verdadeiros especialistas conseguem habitualmente reconhecer os sinais de amor nos seus patudos. Quanto mais confiar nos seus instintos – como faz o seu gato –, mais se aperceberá e sentirá o quanto o seu pequeno felino gosta de si.

A resposta à pergunta “Será que o meu gato gosta de mim?” é quase idêntica à resposta “O meu gato é feliz?”: se o gato é feliz na sua presença, certamente terá amor por si! Mesmo na sua ausência o animal sentir-se-á feliz, pois tem a certeza de que o dono voltará. Por outro lado, esta confiança é um sinal de amor, semelhante, neste caso, à atitude dos cães.

O seu gato gosta de si?

  • O seu patudo faz-lhe “olhinhos”

    O seu pequeno felino olha para si e pisca ambos os olhos, isto é, faz-lhe “olhinhos”. Este gesto é o equivalente a dar beijos com os olhos e significa “Amo-te!”. Experimente fazer o mesmo – o seu gatinho entenderá!

  • Oferece-lhe presentes

    É claro que não a presenteia com os sapatos que tanto anseia, mas todas as ofertas do seu gatinho são do fundo do coração e demonstram o afeto que sente por si, ao apresentar-lhe as suas excelentes capacidades como caçador. E ainda que um pássaro morto ou um rato moribundo não lhe deem o mesmo prazer que um par de sapatos da última moda, tente apreciar estas ofertas.

  • É comunicativo

    Por outro lado, embora a vocalização possa ser usada como expressão de problemas comportamentais, dor, tensão, stress e doenças (surdez, senilidade, demência, problemas na tiroide, doenças do sistema nervoso central, hipertensão, e outros), miar faz parte do espetro normal de comportamento dos gatos e indica que o animal está feliz e aprecia, e muito, a companhia do dono. Porém, esteja atento às circunstâncias, e aprenda a entender o que o animal lhe quer transmitir. É importante lembrar que algumas raças são particularmente comunicativas – nestes casos, estimule a “conversa” com reações positivas. Quando em dúvida, questione o veterinário da sua confiança para entender se a comunicação do seu gato tem um fundo positivo ou negativo.

katze glücklich
  • Dorme junto a si

    Se ao invés do seu cesto, o lugar escolhido pelo seu gatinho para dormir a sesta é em cima da secretária, tentando convencê-lo a interromper o trabalho e a deitar-se com ele no sofá ou na cama, tal só pode significar uma coisa: o seu patudo adora-o, demonstrando-o ao desejar proximidade.

  • Mostra-lhe a barriga

    Tal como os cães, os gatos mostram-se vulneráveis quando se viram ao contrário e lhe mostram a barriga. Entre outras coisas, este gesto demonstra que confia totalmente em si. E a confiança é um sinal de amor.

  • Esfrega-se contra si

    Se o seu pequeno felino esfrega a cabeça contra si ou passa com o nariz ao longo do seu pescoço, peito, ombros e até ancas, é certo que o está a impregnar com o seu cheiro – até ao ponto em que os dois odores corporais se misturam num só. Este comportamento tem também o seu quê de territorial. Com este odor, o seu gatinho pretende transmitir uma mensagem aos outros gatos: este dono já tem um gatinho para mimar, e sou eu! No fundo, é como se estivesse a gritar: “Meu, não teu!”.

  • Lambe-o com a língua

    Quando o seu querido companheiro de quatro patas o lambe, como se estivesse a cuidar do seu “pelo”, não existem dúvidas de que este o vê como um membro da família felina. Ao mesmo tempo, está a comunicar-lhe que o adora, já que os gatos demonstram afeto entre eles ao lamberem o pelo uns dos outros. As recém-mamãs lambem os gatinhos para fortalecerem laços. Se o seu patudo agir deste modo para consigo, é motivo para se sentir feliz e honrado.

  • A sua cauda é um ponto de interrogação

    Colocada em forma de ponto de interrogação, a cauda dos gatos 'traduz-se' por “Gosto muito de ti!”. Mesmo em posição ereta, a cauda indica afeto e confiança.

  • “Amassam” no corpo do dono

    Este comportamento (alternar ritmicamente as patas sobre um corpo ou objeto) remete para o início da vida de cada gato – recém-nascidos, pretendiam, com este gesto, estimular o fluxo de leite da mãe. Se se tratar de um sénior, “amassar” é sinónimo de absoluta satisfação, alegria e uma certa adoração por si. Este é um dos maiores gestos de amor que o seu patudo lhe pode oferecer.

  • Esfrega-se entre as suas pernas

    Se o seu gato não lhe larga as pernas, os motivos podem ser dois – ou são bonitas, ou o animal o adora e quer que o saiba (ou os dois!). Na linguagem dos gatos, este gesto significa: “Sou teu e tu és meu!”.

    Demonstrem sempre o quanto gostam um do outro – é o nosso maior desejo!

Os nossos artigos mais relevantes