O meu cão rói tudo!

"O meu cão rói tudo!" dizem muitos os donos de patudos quando chegam a casa e se deparam com sapatos desfeitos ou pernas de cadeiras roídas. Não é de estranhar, pois os dentes afiados de um cachorrinho conseguem destruir muitas coisas. Mas o que leva o meu cão a roer tudo o que encontra? Aqui damos algumas explicações e dicas para minimizar este problema.

O meu cão rói tudo! Cinco possíveis causas

Vamos apresentar cinco razões que podem explicar a tendência do seu patudo para roer tudo o que encontra pela frente. Claro que o caso do seu cão pode ser uma combinação de vários fatores.

O seu cachorrinho está a perder os dentes de leite

Os cachorrinhos têm 28 dentes de leite e estes começam a cair por volta da 16ª semana de vida. Assim se inicia o processo de crescimento da dentição permanente, que dura cerca de três meses até os 42 dentes definitivos terem nascido. Durante este processo, os cachorrinhos costumam ter uma enorme vontade de morder porque sentem comichão nas gengivas. Além disso, o seu patudo pode sentir dores nas gengivas ou estar a tentar livrar-se de um dente de leite que não cai. Como muitos cachorros adoram morder tudo, pode ajudá-lo dando-lhe um brinquedo adequado a essa fase. Por exemplo, o seu pequeno patudo vai adorar um Kong com iogurte gelado pois o frio ajuda a acalmar as gengivas. Em alternativa pode ter brinquedos que possa pôr no frigorifico ou no congelador. Também os brinquedos com anéis ou protuberâncias são indicados para esta fase pois massageiam as gengivas.

O seu patudo rói coisas por se sentir entediado

Geralmente quando os cães adultos roem coisas em casa é porque estão entediados. Assim, a questão é se o seu patudo faz exercício físico e está suficientemente estimulado. É importante lembrar que dar a volta ao quarteirão não é exercício suficiente e que os patudos precisam de gastar energia todos os dias. Assim, se tem um patudo em casa deve levá-lo todos os dias a dar umas corridas, mesmo quando está frio ou a chover. Pode também levá-lo consigo quando vai andar de bicicleta. No entanto, o exercício físico deve ser complementado com exercícios que estimulem intelectualmente o seu patudo. Faça pequenos jogos com o seu cão ao longo do dia, por exemplo, esconda objetos para ele ir procurar.

O meu cão rói tudo: a causa pode ser ansiedade

O roer tem um efeito calmante e por isso muitos patudos acabam por roer coisas como forma de se acalmarem. Assim, quer os patudos ansiosos, quer os entediados podem começar a roer objetos. Na verdade, nas duas situações o patudo está sob stress.

Os cães podem ficar ansiosos em várias situações, como por exemplo, quando mudam de casa ou quando estão numa situação pouco familiar. Assim, se levar o seu patudo a uma festa a casa de um amigo é possível que ele comece a roer as pernas das cadeiras. Para resolver este problema pode dar-lhe brinquedos ou snacks para roer e ao mesmo tempo dar-lhe a possibilidade de ele relaxar.

O meu cão rói tudo quando fica sozinho

É natural que o seu patudo se sinta entediado quando fica sozinho e por isso comece a roer coisas. No entanto, se ele não consegue ficar cinco minutos em casa sozinho sem começar a roer as pernas da mesa, significa que ele não se sente bem sozinho. Assim, é importante habituá-lo lentamente a ficar sozinho. Muitos donos optam por dar um brinquedo para roer ao seu patudo uns minutos antes de sair. Dessa forma ele fica ocupado e mais calmo, além disso também protege os móveis! No entanto, a maior parte dos fabricantes aconselha a não dar estes brinquedos quando os patudos ficam sozinhos, porque eles podem tentar engolir bocados muito grandes. A maior parte dos donos percebem com o tempo que brinquedos podem dar aos seus patudos sem que haja risco de eles se engasgarem.

O seu patudo segue o seu instinto

Claro que uma educação adequada pode influenciar positivamente o comportamento do seu patudo. No entanto, muitos cães roem as coisas por instinto. Este comportamento agravar-se quando eles se sentem ansiosos, entediados ou porque se tornou um hábito. Os patudos que roem as coisas por instinto não devem ser contrariados de forma repentina ou total. Ou seja, deve ir tentando alterar este comportamento lentamente e tendo em atenção a reação do seu cão.

Os cães gostam particularmente de roer madeira

Quando os donos vão passear os seus patudos procuram muitas vezes paus de madeira para brincar com eles. Assim, não é de espantar que os patudos gostem particularmente de roer todo o que sejam paus, ramos e casca de árvore.

É perigoso roer madeira?

Naturalmente os donos não querem que os seus patudos roam os móveis. Mas eles podem roer paus de madeira que encontram quando vão passear? Os patudos adoram roer coisas de madeira e alguns chegam mesmo a comer bocadinhos de ramos. No entanto, este comportamento pode ter consequências negativas. Por exemplo, podem ficar bocadinhos de madeira entre os dentes, que incomodam e causam dores. Pior ainda, os bocados de madeira podem causar lesões no aparelho digestivo. Em casos mais simples o seu patudo acaba por vomitar os bocados de madeira que engoliu. Mas em casos mais graves, os bocados de madeira podem rasgar órgãos internos como o esófago, estômago ou intestinos e causar hemorragias internas. Para evitar problemas mais sérios é aconselhável levar consigo um brinquedo quando vai passear o seu patudo. Pode também criar jogos e brincadeiras que o distraem dos paus de madeira.

O facto de o seu cão roer madeira é sinal de uma deficiência nutricional?

Não há provas científicas que indiquem que os cães que roem madeira tenham falta de minerais ou vitaminas. Assim, se o seu patudo tiver uma alimentação adequada não precisa de se preocupar. No entanto, se o seu cão adulto ou sénior de repente começar a roer madeira, deve falar nisso ao seu veterinário. E independentemente do seu comportamento, dê ao seu patudo uma alimentação de qualidade com elevada percentagem de carne.

O meu cão rói tudo! As nossas dicas para alterar esse comportamento

Eduque o seu patudo de forma consistente e dê-lhe alternativas aos sapatos e coisas parecidas, como por exemplo:

  • Brinquedos para roer
  • Snacks de carne desidratadas, como por exemplo de couro cru de vaca ou porco.
  • Raízes ou paus de madeira de cafezeiro ou de oliveira
  • Proporcione ao seu patudo um nível de exercício físico e mental adequado
  • O seu patudo está stressado? Se possível torne o ambiente mais calmo
  • Arrume as coisas que mais chamam a atenção do seu patudo, como os sapatos
  • Não tenha cabos elétricos, plantas tóxicas ou detergentes ao alcance dos dentes do seu patudo
Os nossos artigos mais relevantes