Envenenamento nos gatos This article is verified by a vet

envenenamento_1

Atenção: se o seu gato começar a vomitar é possível que ele tenha sido envenenado

Alguns gatos saem à rua sem os donos para explorar as redondezas. Estes pequenos felinos ficam assim expostos a vários perigos, como por exemplo, a venenos. Neste artigo indicamos os principais sintomas de envenenamento nos gatos. Explicamos também como pode evitar este problema.

Gravidade de um envenenamento

A gravidade do envenenamento nos gatos depende de vários fatores, sobretudo do veneno e da dose ingerida. Geralmente, os gatos não ingerem grandes quantidades do produto tóxico e por isso as consequências não são muito graves.

No entanto, por vezes o envenenamento causa problemas muito graves e pode ser fatal. Assim, se suspeitar de envenenamento leve o seu gato ao veterinário rapidamente. Quanto mais cedo ele for tratado maior a probabilidade de cura.

Quais os sintomas de envenenamento nos gatos?

Os sintomas de envenenamento variam com o tipo de produto ingerido. No entanto, existem sintomas gerais de intoxicação que merecem a sua atenção imediata. Assim, se o seu gato apresentar algum dos sintomas abaixo leve-o ao veterinário:

  • Mal estar generalizado claramente visível para os donos.
  • Sintomas gastrointestinais, ou seja, náuseas com produção de saliva, vómitos, especialmente com sangue, diarreias e cólicas.
  • Sintomas neurológico, isto é, perda de consciência, convulsões, paralisia, tremores, desorientação, cambalear.
  • Dilatação ou contração das pupilas.
  • Sintomas respiratórios: alteração severa da frequência respiratória, ou seja, frequência muito alta ou muito baixa, que pode causar falta de ar. Geralmente os gatos realizam entre 20 e 40 movimentos
  • respiratórios por minuto.
  • Temperatura corporal elevada.
  • Alteração na frequência dos batimentos cardíacos.
  • Problemas de coagulação do sangue que causam hemorragias, por exemplo nas gengivas ou na pele ou a presença de sangue na urina

Quando devo levar o meu gato ao veterinário?

Assim que suspeitar que o seu gato foi envenenado deve entrar em contato com o seu veterinário. No que se refere a gatos e venenos é sempre melhor prevenir do que remediar.

Se sabe de antemão qual a substância que o seu gato ingeriu dê essa informação ao veterinário. Ele terá mais informações sobre os efeitos desse produto ou tem onde recolher mais dados.

Primeiros socorros em casos de envenenamento nos gatos

Se demorar algum tempo a chegar ao consultório do veterinário pode adotar algumas medidas que ajudam o seu gato. Em primeiro lugar, mantenha a calma. Lembre-se que o seu gato apercebe-se da sua ansiedade e que o stress tem sempre um efeito negativo sobre os gatos. E ainda mais em situações de intoxicação.

Se o seu pequeno felino perdeu a consciência deite-o de lado e mantenha-o estável. Além disso, puxe a língua dele para fora da boca colocando-a de lado. Dessa forma evita que o gato se sufoque caso vomite.

Gato preto com rato morto perto das patas. Os roedores mortos podem causar envenenamento nos gatos se tiverem ingerido o produto tóxico
Não deixe o seu gato aproximar-se de ratos mortos. Os roedores podem ter sido envenenados!

Diagnosticar o envenenamento nos gatos

Infelizmente a maioria dos donos não sabe qual o produto tóxico que causou o envenenamento ao seu gato. Assim, enquanto fazem o primeiro exame ao gato, os veterinários fazem várias perguntas aos donos para recolher toda a informação possível. O exame preliminar feito pelo veterinário inclui medir a temperatura corporal, a pulsação, verificar o estado das mucosas, da respiração e também dos reflexos do gato.

Caso existam outras causas possíveis para os sintomas do gato, como por exemplo uma obstrução intestinal ou uma queda, o veterinário faz mais exames. Assim, é provável que o veterinário peça análises ao sangue ou exames por imagem como raio X. Os últimos permitem ao veterinário observar os órgãos internos do gato de forma segura e não invasiva.

Qual o tratamento para uma intoxicação em gatos?

Se conseguiu chegar ao consultório logo após o gato ter ingerido o produto tóxico, ou seja passados alguns minutos ou horas, o veterinário pode forçar o vómito. Nalguns casos, o veterinário pode fazer também uma lavagem ao estomago. O objetivo destas intervenções é expulsar o veneno do estomago e assim impedir que ele se espalhe pelo corpo.

Se não souber há quanto tempo é que o gato ingeriu o veneno, mas souber qual a substância, o veterinário opta por usar um antídoto para eliminar os efeitos nocivos. Por exemplo, a vitamina K é eficaz no combate a uma intoxicação com veneno para ratos.

Além dos procedimentos médicos para combater o envenenamento nos gatos, o veterinário adota igualmente outras medidas para estabilizar o funcionamento dos órgãos dos pequenos felinos. Alguns procedimentos médicos nesta fase são:

  • Administração de carvão vegetal ativado. Esta substância liga-se ao veneno e impede que se espalhe pelo corpo, favorecendo igualmente a sua expulsão.
  • Fluidoterapia.
  • Administração de antieméticos (medicamentos contra os vómitos) e analgésicos quando necessário.

Visto que um envenenamento pode ter consequências graves a médio prazo, geralmente o veterinário aconselha o internamento do gato. Dessa forma o veterinário pode reagir rapidamente no caso de surgirem complicações graves que possam pôr em causa a vida do animal.

Quais são os principais venenos que os gatos ingerem?

Existem substâncias tóxicas para os gatos por todo o lado, incluindo nas nossas casas. Assim, é preciso ter muito cuidado com plantas, alimentos e outros produtos, como desinfetantes, que podem ser muito perigosos para os gatos.

Produtos que causam frequentemente envenenamento nos gatos:

Produto tóxico Onde se encontra
Ácido acetilsalicílico Medicamentos como a aspirina
Chumbo Baterias, tintas, brinquedos
Etilenoglicol Anticongelante e removedor de ferrugem. Estes produtos têm um sabor muito doce
Plantas tóxicas Plantas de casa ou de jardim como por exemplo como Agave, Ficus Benjamina, Hera, Hortênsias, Orquídeas, Loendro, Poinsétia
Alimentos Álcool, café, alhos, chocolates, chá, uvas e passas, cebolas
Metaldeído Pesticidas contra lesmas e caracóis
Rodenticidas (anticoagulantes) Veneno para ratos. Encontrado com frequência em armadilhas para ratos ou no estomago dos roedores

É possível evitar um envenenamento nos gatos?

Nem sempre é possível eliminar todas as substâncias tóxicas para gatos das nossas casas. Assim, é muito importante guardar medicamentos e alimentos tóxicos para gatos fora do alcance das suas patinhas. Além disso, se tem plantas decorativas em casa deve verificar se estas são seguras para gatos. Pode sempre ter vasos com erva gateira ou margaridas!


Franziska G., veterinária
Franziska G.

Estudei medicina veterinária na Universidade Justus-Liebig em Gießen, onde pude ganhar alguma experiência em vários campos, como medicina para pequenos e grandes animais, medicina exótica, farmacologia, patologia e higiene alimentar. Desde então, não trabalhei apenas como autora veterinária. Também trabalhei na minha tese, que foi influenciada cientificamente. O meu objetivo é proteger melhor os animais contra patógenos bacterianos no futuro. Além do meu conhecimento, partilho as minhas próprias experiências como dono de um cão e, assim, consigo entender e dissipar medos e problemas, bem como outras questões de saúde animal.


Os nossos artigos mais relevantes
4 min

A idade dos gatos

Descubra neste artigo como determinar a idade dos gatos, quantos anos vive um gato, e com que idade é que um gato se torna idoso?