A quantidade certa de comida para gatos

Será que chega?

Muitos gatos parecem estar sempre com fome. Mas qual é a quantidade de comida que um gato precisa diariamente? Este artigo ajuda-o a descobrir qual quantidade certa de comida para gatos.

O seu gato vai a correr ter consigo e depois vai até à taça de comida? Ele olha para si com aqueles olhos pedinchões e desapontados e além disso mia constantemente? Isso é um claro sinal de que ele tem fome.

São muitos os gatos que comem mais do que deviam e por isso doenças como o excesso de peso e a diabetes deixaram de ser uma exceção entre os gatos. Assim, é importante saber qual a quantidade de comida certa para o seu gato para que ele nem fique com fome nem ganhe peso a mais.

Qual a quantidade certa de comida para o seu gato?

Um gato adulto precisa de cerca de 300 g por dia de comida húmida. No entanto este é apenas um valor de referência pois são muitos os fatores que influenciam as necessidades alimentares dos gatos. Por exemplo, o tamanho, peso e idade são aspetos que influenciam a necessidade de ingestão de calorias.

O nível de atividade é outro fator extremamente importante. Naturalmente, gatos mais ativos precisam de mais comida do que gatos mais calmos. Por exemplo, os gatos que saem sozinhos movimentam-se muito mais pois o seu território é maior. Assim, estes gatos geralmente precisam de mais comida do que os gatos de apartamento.

Além disso também a qualidade da comida é um fator importante. Assim, uma comida de elevada qualidade tem geralmente uma percentagem de carne superior e que satisfaz o apetite dos gatos. Assim, os donos que optam por comidas mais em conta provavelmente acabam por ter uma despesa semelhante aos que escolhem comidas de mais qualidade, que aparentemente são mais caras.

Tabela para a quantidade certa de comida para gatos

Importante: nesta tabela encontra valores médios que devem servir de orientação pois, como é natural, cada gato tem necessidades específicas e o seu gato pode precisar de mais ou menos comida.

Peso do gato em quilos Porção diária de comida húmida em gramas
Até 2 120 até 160
2 até 3 160 até 210
3 até 4 210 até 260
4 até 5 240 até 320
5 até 6 250 até 360

Necessidades calóricas dos gatos

As necessidades calóricas dos gatos dependem por exemplo do exercício físico que fazem. Neste aspeto os gatos são muito semelhantes aos seres humanos.

Por exemplo, um gato muito ativo queima cerca de 80 quilocalorias por quilo de peso. Por outro lado, um gato medianamente ativo queima apenas 70 quilocalorias e um gato mais preguiçoso apenas 60 quilocalorias por quilo de peso.

No entanto estes valores têm utilidade limitada para os donos de gatos, visto que as embalagens de comida geralmente não apresentam o valor calórico.

Recomendações dos fabricantes

Outro ponto de referência relativamente à quantidade certa de comida para gatos encontra-se nas embalagens. A quantidade indicada pelo fabricante também está relacionada com as necessidades calóricas dos gatos. No entanto, apesar de estas recomendações serem muito úteis, são também um valor médio que deve ser lido com flexibilidade.

Na loja online zooplus encontra em todos os tipos de comida para gatos a composição da comida assim como as quantidades recomendadas.

Exemplo: Comida húmida

Por exemplo a comida húmida Animonda Carny Adult é um alimento de alta qualidade para gatos adultos. Neste caso o fabricante recomenda uma porção diária de 175 g para gatos com cerca de 3 quilos. Já para os gatos com 4 quilos a porção é de 200 g e os gatos com 5 quilos devem comer 245 g.

Exemplo: Ração seca

A ração seca proporciona mais energia do que a comida húmida e por isso os gatos precisam e menos quantidade de comida. Assim, o fabricante recomenda que os gatos alimentados com Purizon Adult peixe devem comer 30 a 40 g por dia se pesarem até 2 quilos. Por outro lado, gatos com 5 quilos precisam de uma porção diária de 60 a 80 g.

Quantas refeições deve fazer um gato por dia?

Os gatos que vivem em quintas caçam cerca de 15 ratinhos por dia. No entanto, os gatos não os comem todos de uma vez, mas antes ao longo do dia.

Os gatos domésticos que não precisam de caçar ratos para sobreviver mantêm este hábito e também vão comendo durante o dia. Assim, é natural que os gatos não esvaziem a taça de comida de uma vez, mas que comam aos bocadinhos durante o dia.

A porção de comida que o gato come equivale mais ou menos a um ratinho. E por isso, depois de comer, o gato vai fazer a digestão antes de comer mais. Assim, se encher a taça de comida até cima está a dar-lhe o equivalente a vários ratinhos e o seu gato não vai conseguir dar conta de tanta comida.

Pelo menos três refeições por dia

Por conseguinte o seu gato deve fazer pelo menos três refeições por dia e a comida deve estar sempre fresca. A comida húmida acaba por se estragar se estiver muitas horas na taça, especialmente no verão por causa do calor.

Se estiver fora de casa durante o dia, pode usar um comedouro automático. Existem modelos que mantem a comida húmida fresca.

Encontra na loja online zooplus vários modelos de comedouros automáticos.

Alguns gatos comem tudo de uma vez

Mesmo nos comportamentos alimentares existem exceções. Nem todos os gatos são disciplinados e às vezes comem tudo de uma vez. Infelizmente, muitos acabam depois por vomitar parte da comida. Este comportamento é mais comum quando os gatos comem ração seca.

Dica: Coloque a porção de ração seca num brinquedo de inteligência. Estes brinquedos têm cavidades de onde os gatos têm que tirar a os croquetes da comida com as patas, por isso o gato demora mais tempo a comer.

Na loja online zooplus encontra vários brinquedos de inteligência para gatos.

Os gatinhos ainda estão a crescer e precisam de mais comida.

Quantidades de comida para gatinhos, gatas grávidas e a amamentar

A quantidade de comida certa para gatos pequenos tem as suas próprias regras. Assim, até às 4 semanas de idade os gatinhos devem alimentar-se apenas do leite materno. A partir dessa idade devem ir sendo introduzidos alimentos sólidos. No entanto, os gatinhos devem comer muitas vezes ao dia porque têm os estômagos ainda pequenos. Além disso, como estão em fase de crescimento devem comer bastante e aumentar de peso de forma regular. Assim, é importante alimentá-los várias vezes ao dia. Até aos cinco ou seis meses de idade o ideal é que os gatinhos façam cinco refeições diárias.

Uma gata grávida ou a amamentar precisa de muita energia. Assim, é muito importante dar uma comida com elevado valor nutritivo e em quantidades adequadas.

Para saber mais sobre a alimentação dos gatos consulte o nosso artigo sobre a alimentação dos gatinhos.

Fontes:
Lena Landwerth: Wegweiser Katzenfutter. Artgerechte Nahrung für Stubentiger, 2012
Desmond Morris: Guia Essencial do Comportamento do Gato

Os nossos artigos mais relevantes

Os gatos podem beber leite?

Os gatos adoram beber leite é um facto, no entanto, fique a saber neste artigo se é realmente recomendado dar leite aos seus gatinhos.