Hipertireoidismo nos cães This article is verified by a vet

Vet examines a dog – Jack Russell Terrier

Através da apalpação, o veterinário consegue detetar nódulos nos cães.

A tiroide é uma glândula que, nos cães, se situa à direita e à esquerda da traqueia do seu cão. Apesar de pequeno, este órgão tem uma enorme influência na saúde dos cães. Neste artigo explicamos como surge o hipertireoidismo nos cães e qual o impacto que uma alimentação BARF pode ter no funcionamento da tiroide.

Qual a gravidade do hipertireoidismo nos cães?

Nos seres humanos uma crise de hipertireoidismo, a chamada crise tireotóxica, pode ser fatal. Esta situação consiste num aumento repentino das hormonas produzidas pela tiroide que leva a um grave desequilíbrio metabólico.

Mas felizmente, os cães raramente desenvolvem hipertireoidismo ou crises tireotóxicas, a não ser em caso de presença de tumores malignos. Assim, apesar de muito raro, o hipertireoidismo nos cães tem regra geral um impacto negativo na saúde dos patudos.

Sintomas de hipertireoidismo nos cães

O hipertireoidismo nos cães tem impacto em praticamente todos os órgãos e portanto existe uma grande variedade de sintomas associados a esta doença. Os sintomas mais frequentes são:

  • O cão está inquieto e ofegante
  • Apesar de estar com apetite normal ou comer mais do que o habitual, o cão perde peso
  • A frequência cardíaca do patudo torna-se irregular (taquicardia)
  • O cão apresenta dificuldade em engolir
  • O patudo bebe muita água e está sempre com sede. Em consequência aumenta também a frequência com que urina e a quantidade de urina produzida.
  • Verificam-se também alterações de comportamento, por exemplo, o patudo torna-se mais agressivo, ansioso ou medroso
  • O pelo torna-se baço e emaranhado
  • O cão engasga-se ou vomita com frequência

Nos casos de hipertireoidosmo, geralmente a primeira coisa que os donos notam é que o seu cão está diferente, ou seja, que a sua personalidade se alterou. Mais tarde é comum os donos aperceberem-se de que o seu cão tem nódulos na zona do pescoço, nomeadamente na tiroide.

Pitbull castanho bebe água de uma fonte
Estar sempre com sede pode ser um sintoma de hipertireoidismo nos cães.

Os cães costumam ter hipertireoidismo?

O funcionamento em excesso da tiroide, ou hipertireoidismo é mais raro do que o hipotireoidismo. No entanto, nos gatos é exatamente o inverso.

Diagnóstico

Se o seu patudo apresenta comportamentos anormais ou sintomas físicos de desconforto, dor ou outros, leve-o ao veterinário para saber a origem do problema. Para fazer o diagnóstico, o veterinário em primeiro lugar faz um exame geral. Caso suspeite de algum problema relacionado com a tiroide, o veterinário faz a apalpação da tiroide e pode fazer vários testes para verificar se o funcionamento desta glândula está normal.

Análises ao sangue

A seguir a recolher uma amostra de sangue do seu patudo, o veterinário envia-a para um laboratório especializado. Aí são verificados os parâmetros relacionados com o funcionamento da tiroide, nomeadamente os níveis de tiroxina (T4), de tiroxina livre e da hormona estimulante da tiroide (TSH). Se os valores de T4 estiverem elevados confirma-se a suspeita de hipertireoidismo. No entanto, o patudo pode estar doente e os parâmetros estarem dentro dos valores normais.

Outros exames

Caso as análises ao sangue não sejam conclusivas, o veterinário vai prescrever a realização de outros exames, como por exemplo uma ecografia à tiroide. Desse modo, o veterinário vai saber se o patudo tem algum tumor. O veterinário pode pedir também a realização de uma cintilografia, um exame que usa uma pequena quantidade de iodo radioativo para assim obter uma imagem da tiroide. Com este exame é possível saber o nível de atividade de um nódulo.

Tratamento

O tratamento do hipertireoidismo nos cães tem como objetivo restabelecer os níveis hormonais normais. Para tal é essencial saber qual a causa do mal funcionamento da tiroide. Assim, caso a origem seja um tumor é geralmente aconselhável operar o patudo ou fazer por exemplo radioterapia. Dependendo do tamanho do tumor, da sua extensão e do estádio de desenvolvimento pode ser necessário recorrer a quimioterapia ou a uma combinação dos vários tipos de tratamento.

Medicamentos para tratar o hipertireoidismo nos cães

Se o veterinário concluir que é necessário remover a tiroide por completo, o patudo vai precisar de tomar medicamentos o resto da vida. Nesse caso trata-se de uma terapêutica hormonal de substituição em que o patudo toma tiroxina, a hormona produzida pela tiroide. Dessa forma, evita-se que o cão deixe de ter hipertireoidismo e passe a ter hipotireoidismo, ou seja, uma doença causada pela falta de tiroxina.

Alimentação: cuidados a ter na dieta de cães com hipertireoidismo

Se o seu patudo segue uma dieta BARF evite dar-lhe carne do pescoço que pode conter a totalidade ou parte da tiroide. A ingestão de tiroide de outros animais pode perturbar o funcionamento desta glândula nos patudos. Claro que se o seu cão tem hipertireoidismo esta regra é ainda mais importante.

Cão deitado na relva come um pedaço de carne. A ingestão de tecidos crus da tiroide pode causar hipertireoidismo nos cães
Tenha cuidado com a carne que dá ao seu patudo. Restos de tecidos da tiroide podem desencadear hipertireoidismo

Causas de hipertireoidismo nos cães

Existem várias causas possíveis para que a tiroide passe a produzir hormonas em quantidades excessivas. As três causas mais comuns são:

1. Problemas na alimentação

Alimentar o seu patudo com a dieta BARF aumenta o risco de ele desenvolver hipertireoidismo. A ingestão de carne crua da zona do pescoço está muitas vezes relacionada com um aumento dos valores da hormona da tiroide, a tiroxina. Isto deve-se ao facto de esta carne conter frequentemente restos de tecidos da tiroide do animal morto.

2. Tumores na tiroide

Uma outra causa possível para perturbações hormonais é a presença de tumores na tiroide, como por exemplo carcinomas. Os tumores alteram o funcionamento normal da tiroide, fazendo com que ela produza e liberte mais hormonas.

3. Intoxicação com medicamentos

Se o seu patudo toma medicamentos para tratar hipotireoidismo, o excesso de medicação pode ter como consequência a produção excessiva da hormona da tiroide.

Prognóstico: quais as probabilidades de cura?

O prognóstico do hipertireoidismo nos cães depende da causa da doença. Assim, se a causa for uma alimentação inadequada, alterar a dieta dos patudos geralmente resolve o problema.

Por outro lado, se o cão tiver um tumor na tiroide, o sucesso do tratamento depende do tipo e agressividade do tumor. Além disso, se o patudo apresentar metástases noutros órgãos, como por exemplo nos pulmões, o prognóstico é claramente pior.

Assim, é muito importante apalpar regularmente o seu cão e levá-lo rapidamente ao veterinário se descobrir algum tipo de nódulo ou caroço.

Como evitar que o seu patudo desenvolva hipertireoidismo?

Para que o seu patudo não venha a sofrer desta doença hormonal, e se seguir a dieta BARF não lhe dê carne do pescoço. Se o seu cão já desenvolveu alguma doença da tiroide, deve ir com ele ao veterinário regularmente para controlar a evolução da doença e assim evitar mais alterações hormonais.


Franziska G., veterinária
Profilbild von Tierärztin Franziska Gütgeman mit Hund

Estudei medicina veterinária na Universidade Justus-Liebig em Gießen, onde pude ganhar alguma experiência em vários campos, como medicina para pequenos e grandes animais, medicina exótica, farmacologia, patologia e higiene alimentar. Desde então, não trabalhei apenas como autora veterinária. Também trabalhei na minha tese, que foi influenciada cientificamente. O meu objetivo é proteger melhor os animais contra patógenos bacterianos no futuro. Além do meu conhecimento, partilho as minhas próprias experiências como dono de um cão e, assim, consigo entender e dissipar medos e problemas, bem como outras questões de saúde animal.


Os nossos artigos mais relevantes
12 min

Castração de cães

A castração constitui um procedimento de rotina na medicina veterinária – mas será sempre recomendada? Qual a diferença entre castração e esterilização?