O seu carrinho

O seu carrinho de compras está vazio!

A zooplus usa Cookies para garantir o bom funcionamento do website, para personalizar conteúdo, publicidade e para analisar os dados do nosso tráfego. Nós também partilhamos com os nossos parceiros de publicidade e análise sobre o uso do nosso website. Ao utilizar este website está a aceitar o uso de cookies. Aceitar Cookies

ENVIO GRÁTIS a partir de 49€**
5% desc. em encomendas superiores a 69 € código CONSIGO5 e 3% se é inferior código CONSIGO3

Comida veterinária para gatos com diabetes

Os gatos que sofrem de diabetes necessitam de elevada qualidade alimentar seca ou húmida com um baixo teor de hidratos de carbono, uma vez que estes são produzidos a partir do açúcar. Esta alimentação deve ser livre de açúcar! Encontra aqui alimentos que atendem a estes critérios.
É altamente recomendável que, antes de iniciar algum tipo de dieta terapêutica, consulte um veterinário !

Comida veterinária para gatos com diabetes:

Purina Pro Plan Feline Veterinary Diets DM ST/OX Diabetes Management

41.99 81.49 EUR 2
5 kg
41,99 €
(8,40 € / kg)
zooPontos insuficientes!
Pack económico: 2 x 5 kg
Preço individual 83,98 €
Agora 81,49 €
(8,15 € / kg)
zooPontos insuficientes!

Smilla Veterinary Diet Diabetes

 
5.69 15.79 EUR 2
8 x 100 g
5,69 €
(7,11 € / kg)
zooPontos insuficientes!
24 x 100 g
Preço individual 17,07 €
Agora 15,79 €
(6,58 € / kg)
zooPontos insuficientes!

Ração : previne e alivia

Hill's Prescription Diet m/d Diabetes/Weight Management com frango

18.29 94.49 EUR 4
1,5 kg
18,29 €
(12,19 € / kg)
zooPontos insuficientes!
5 kg
48,99 €
(9,80 € / kg)
zooPontos insuficientes!
Pack económico: 2 x 5 kg
Preço individual 97,98 €
Agora 94,49 €
(9,45 € / kg)
zooPontos insuficientes!
Comida húmida: 12 x 156 g m/d Digestive Care Prescription Diet
26,99 €
(14,43 € / kg)
zooPontos insuficientes!

Royal Canin Diabetic Veterinary Diet

17.79 68.99 EUR 3
1,5 kg
17,79 €
(11,86 € / kg)
zooPontos insuficientes!
3,5 kg
35,49 €
(10,14 € / kg)
zooPontos insuficientes!
Pack económico: 2 x 3,5 kg
Preço individual 70,98 €
Agora 68,99 €
(9,86 € / kg)
zooPontos insuficientes!

Kattovit diabetes/obesidade

 
7.99 7.99 EUR 1
1,25 kg
7,99 €
(6,39 € / kg)
zooPontos insuficientes!

Virbac W1 Veterinary HPM Weight Loss & Diabetes para gatos

36.49 142.99 EUR 3
3 kg
36,49 €
(12,16 € / kg)
zooPontos insuficientes!
7 kg
76,99 €
(11,00 € / kg)
zooPontos insuficientes!
Pack económico: 2 x 7 kg
Antes  153,99 €
Agora  142,99 €
(10,21 € / kg)
zooPontos insuficientes!

Concept for Life Veterinary Diet Weight Control

 
21.99 59.99 EUR 2
3 kg
21,99 €
(7,33 € / kg)
zooPontos insuficientes!
Pack económico: 3 x 3 kg
Preço individual 65,97 €
Agora 59,99 €
(6,67 € / kg)
zooPontos insuficientes!

Comida húmida: para o tratamento da diabetes

Animonda Integra Protect Adult Diabetes 6 x 100 g

5.49 5.49 EUR 4
Vaca
5,49 €
(0,01 € / g)
zooPontos insuficientes!
Aves
5,49 €
(0,01 € / g)
zooPontos insuficientes!
Coelho
5,49 €
(0,01 € / g)
zooPontos insuficientes!
Salmão
5,49 €
(0,01 € / g)
zooPontos insuficientes!

Kattovit Diabetes/Peso em saquetas 24 x 85 g

 
22.49 22.49 EUR 2
Salmão (24 x 85 g)
Antes  22,99 €
Agora  22,49 €
(11,02 € / kg)
zooPontos insuficientes!
Frango (24 x 85 g)
Antes  22,99 €
Agora  22,49 €
(11,02 € / kg)
zooPontos insuficientes!

Purina Pro Plan Feline Veterinary Diets DM ST/OX Diabetes Management vaca

 
8.79 16.99 EUR 2
10 x 85 g
8,79 €
(10,34 € / kg)
zooPontos insuficientes!
Pack económico: 20 x 85 g
Preço individual 17,58 €
Agora 16,99 €
(9,99 € / kg)
zooPontos insuficientes!

Purina Pro Plan Feline Veterinary Diets DM ST/OX Diabetes Management frango

 
9.29 16.99 EUR 2
10 x 85 g
9,29 €
(10,93 € / kg)
zooPontos insuficientes!
Pack económico: 20 x 85 g
Preço individual 18,58 €
Agora 16,99 €
(9,99 € / kg)
zooPontos insuficientes!

Comida para gatos diabéticos

Tal como os seres humanos, os gatos podem igualmente sofrer de uma variedade de doenças congénitas ou relacionadas com a alimentação. Alguns necessitam de assistência veterinária, frequentemente combinada com uma dieta personalizada. Uma das doenças mais comuns nos gatos é a diabetes, sendo que a taxa de sucesso do seu tratamento depende de uma nutrição adequada.
Em tom mais coloquial “Diabetes felina“, tecnicamente designada diabetes mellitus, é uma doença grave. O diagnóstico é muitas vezes um choque para os donos do animal – embora esta não seja uma doença assim tão rara, é natural que o dono nunca tenha ouvido falar da mesma. O que é a diabetes felina e quais as suas causas – e como pode complementar o tratamento veterinário com uma nutrição apropriada?
Com o contacto os humanos, muita coisa mudou para os gatos. Ainda que os nossos gatos domésticos sejam animais com traços selvagens, física e mentalmente, as suas condições de vida são completamente “modernas“. Os gatos domésticos não têm necessidade de caçar comida como os seus semelhantes em liberdade. Nos apartamentos os animais não têm oportunidade para fazer muito exercício, mas podem, no entanto, deliciar-se com uma enorme variedade de alimentos. Frango em geleia e pato em molho cremoso são refeições inquestionavelmente deliciosas, mas nem sempre as mais apropriadas para o gato, naturalmente caçador. Como carnívoros, os gatos dependem da ingestão de proteínas de elevada qualidade, sendo os hidratos de carbono não utilizáveis. Todavia, a alimentação moderna, repleta em compostos de enchimento, tais como subprodutos de origem vegetal, pode sobrecarregar o corpo do gato a longo prazo e conduzir às designadas “doenças civilizacionais“. Entre elas está a diabetes.


Diabetes em gatos

Nos gatos existem dois tipos de diabetes. “Diabetes insipidus“ é um problema hormonal relacionado com os níveis hídricos no corpo do animal. A urina não está concentrada e o animal passa o tempo a dirigir-se à caixa de areia e muitas vezes não chega a tempo... Este tipo de diabetes é extremamente raro e é tratado com a administração de hormonas.
A “diabetes mellitus“ é uma doença muito mais frequente, sendo muitas vezes apelidada de “doença do açúcar“. No corpo de um gato saudável, o pâncreas regula a produção de insulina, hormona responsável pela absorção de açúcar dentro das células. Uma tarefa de extrema importância, tendo em que conta que o açúcar é a principal fonte de energia! Ao existirem desequilíbrios no organismo devido à diabetes, é natural surgirem outros problemas.
Podem ocorrer duas variantes da doença. Diabetes mellitus tipo 1 é uma doença autoimune – o corpo do gato destrói as células responsáveis pela produção de insulina. Como consequência, o pâncreas torna-se incapaz de produzir insulina. Este tipo de diabetes felina pode igualmente revelar-se em idades jovens.
O segundo tipo de diabetes é muitas vezes referenciado como “diabetes tardia“ do gato. As células do corpo desenvolveram uma enorme tolerância à insulina e deixam de responder à insulina produzida pelo corpo. Desta forma, os animais acabam por ter problemas para metabolizar o açúcar no sangue. O pâncreas tenta compensar essa deficiência com o aumento de produção de insulina. O metabolismo da glicose fica descontrolado e os níveis de açúcar no sangue também.
Gatos mais velhos, com excesso de peso e com uma percentagem elevada de gordura corporal são particularmente propensos a desenvolver diabetes do tipo 2. Os sintomas típicos podem incluir um aumento da vontade de beber água e idas frequentes à caixa de areia, perda de peso, apesar do apetite voraz, pelo sem brilho, apatia e ainda náuseas e vómitos.


Tratamento veterinário para a diabetes nos gatos


Quando há suspeita de diabetes, a visita ao veterinário é urgente! O veterinário da sua confiança deve começar por medir os níveis de açúcar no sangue do gato. Num gato saudável, estes serão de 90-130 mg/dl ou 4-8 mmol/l. Se os valores forem superiores a 200 mg/dl ou 12 mmol/l, estamos perante um caso de diabetes. Para se obterem resultados confiáveis, os testes são verificados várias vezes. Podem ser feitos pelo médico veterinário, mas já existem métodos que o dono pode usar.
Se os resultados forem positivos, o animal segue para tratamento. A diabetes tipo 1 só pode ser tratada com insulina. A medição regular dos níveis de glicose no sangue irá garantir que o seu gato apenas terá no sangue a quantidade certa de insulina.
A diabetes tipo 2 pode muitas vezes ser evitada através de uma mudança de estilo de vida e hábitos alimentares, possivelmente com a administração controlada de insulina pelo veterinário. Isto significa que uma dieta adequada é essencial!


Como escolher a alimentação certa para gatos com diabetes?


A comida industrial para gatos é frequentemente apontada como uma das causas para o desenvolvimento de diabetes. Se para um gato saudável uma dieta apropriada é essencial, mais importante é para felinos que sofram de diabetes!
Em estado selvagem, os gatos alimentam-se principalmente de presas pequenas. Estes consistem em grande parte de carne e miudezas, oferecendo ao gato bastante proteína saudável. É dela que o animal recebe a maior parte da sua energia. Apenas uma pequena parte da percentagem de hidratos de carbono é usada por estes animais. Infelizmente, muitos dos alimentos disponíveis não correspondem a este padrão nutricional. Produtos de enchimento baratos e subprodutos vegetais rapidamente fazem subir o teor de hidratos de carbono. Uma percentagem alta de hidratos de carbono sobrecarrega o corpo do gato, sobretudo o pâncreas – dado que uma das suas tarefas é o ajustamento das enzimas digestivas às dietas menos apropriadas. A ração seca apresenta um teor de humidade mais baixo do que a comida húmida. O gato necessita assim de beber mais; de outra forma, a urina fica mais concentrada e polui os órgãos do aparelho urinário.
Como alimentar gatos com diabetes da forma correta? O primeiro passo deverá ser a mudança para alimentos naturais com um elevado teor proteico e poucos hidratos de carbono. Tanto a fibra como a fibra bruta permitem regular a digestão. Os hidratos de carbono estão proibidos a partir de agora. Muitos donos optam por oferecer ao seu gato diabético carne crua. Um bom conceito de dieta, mas que requere, porém, um bom conhecimento da preparação!


Comida dietética para gatos com diabetes


Uma nutrição especial pode também ajudar a regular os níves de açúcar no sangue de gatos diabéticos. O seu veterinário poderá recomendar-lhe os alimentos mais apropriados. Em geral, estes são um excelente apoio para o tratamento veterinário! Mas certifique-se de que os produtos da dieta apresentam uma grande quantidade de proteína e são pobres em hidratos de carbono e matérias vegetais – estes compostos podem mesmo piorar a doença.
Várias refeições distribuídas ao longo do dia contribuem para equilibrar os níves de açúcar no sangue. Não deixe o seu pequeno felino passar fome e tenha a certeza de que come.
Como vê, a diabetes nos gatos não é nenhuma sentença de morte, sendo somente necessário que os animais sejam bem tratados, com a assistência veterinária adequada e uma boa dieta! Os nossos desejos das maiores felicidades para si e para o seu gato.

Preço com IVA Envio