Artrite nos gatos This article is verified by a vet

Inflamações nas articulações podem causar muitas dores aos gatos

O seu gato deixou de ser brincalhão e agora está mole e quase não se mexe? Se for esse o caso é aconselhável observar o que se passa com as suas articulações. Neste artigo vai ficar a conhecer como se manifesta a atrite nos gatos e que tratamentos existem.

O que é a artrite?

A atrite é uma inflamação das articulações cuja causa pode ser ou não uma infeção. Mas se o seu gato tiver mais do que uma articulação inflamada, os veterinários consideram que é uma situação de poliartrite.

Facto interessante:

No caso da artrite as articulações ficam temporariamente inflamadas. Já no caso da artrose verifica-se um desgaste permanente das cartilagens. Assim, a artrose é uma doença que não tem cura e que ocorre com alguma frequência nos gatos.

Quais são os sintomas da artrite nos gatos?

Os sinais clínicos da atrite dependem da sua causa. Assim, se a causa da artrite for uma infeção bacteriana o gato vai apresentar feridas com pus. Por outro lado, se for uma causa não infeciosa o líquido sinovial sofre poucas alterações em termos de cor e consistência.

O seu gato pode ter uma articulação infetada se verificar alguns dos seguintes sintomas:

  1. A articulação inflamada fica muito inchada.
  2. Consegue sentir zona da articulação mais quente.
  3. O seu gato sente dores quando se mexe ou quando lhe toca na articulação.
  4. O seu gato coxeia ou deixa de conseguir mexer a articulação.
  5. A zona da articulação ficar avermelhada.

Além destes sintomas, se o seu gato tiver uma artrite ele pode igualmente deixar de conseguir dormir ou perder o apetite. No caso de uma artrite infeciosa, o gato pode apresentar também febre e outros sintomas, como por exemplo, problemas digestivos ou respiratórios.

Entre outros sintomas, um gato com artrite pode coxear ou perder a vontade de se mexer.

Como se faz o diagnóstico da artrite nos gatos?

Geralmente os veterinários identificam a artrite nos gatos rapidamente baseados nos 5 sintomas referidos acima. No entanto, para confirmar, o veterinário apalpa cuidadosamente a articulação suspeita e faz alguns testes motores. Além disso também observa o gato em movimento para verificar, por exemplo, se ele coxeia.

A seguir, o veterinário faz alguns exames para ter a certeza que é um caso de atrite e não de outras doenças das articulações. Assim, os exames de diagnóstico que o veterinário pode pedir nesta situação são:

Análise ao sangue

A análise ao sangue permite ao veterinário verificar a presença de células inflamatórias. Além disso também consegue avaliar se existem problemas em outros órgãos, como o fígado ou os rins.

Métodos de diagnóstico por imagem

Através de uma ecografia ou raio X o veterinário consegue observar exatamente a condição da articulação atingida. O raio X permite igualmente descartar a presença de artrose, um dado essencial para determinar qual o melhor tratamento.

Punção articular

As cartilagens articulares são lubrificadas pelo líquido sinovial. Numa punção articular, o veterinário retira uma pequena porção do líquido sinovial da articulação afetada para verificar a presença de células inflamatórias. Desse modo, o veterinário consegue fazer o diagnóstico de artrite sem margem para dúvidas.

Através da punção articular, o veterinário recolhe líquido sinovial.

Artroscopia

A artroscopia é uma técnica cirúrgica pouco invasiva. Com esta técnica, o veterinário insere um artroscópio, um instrumento que possui uma câmara de vídeo, e observa com pormenor o interior da articulação afetada. Assim é possível verificar se a cartilagem da articulação apresenta danos e também o estado dos ossos. Apesar de ser um método minimamente invasivo, se o seu gato fizer este exame tem de ser anestesiado.

Como é tratada a artrite nos gatos?

Para combater a causa da artrite e aligeirar os sintomas, o veterinário pode recorrer a várias terapias:

Terapia direcionada

Para que o tratamento da artrite nos gatos seja bem sucedido é preciso combater a inflamação e a sua causa. Assim, se a causa for bacteriana, o veterinário irá prescrever antibióticos. Por outro lado, se a causa da artrite for uma inflamação reumática, a atrite reumatoide, o tratamento vai envolver a administração de imunossupressores. Por fim, se a articulação apresentar uma úlcera com pus, o veterinário deverá fazer uma cirurgia com o gato anestesiado para limpar cuidadosamente o espaço articular.

Terapia de suporte

Medicamentos anti-inflamatórios e analgésicos ajudam a melhorar a qualidade de vida do seu gato. Mas pode também ajudar a acelerar o processo de cura e colocar compressas frias ao redor da zona inflamada. Além disso, se o seu pequeno felino tiver quilos a mais deve ajudá-lo a perder peso através de uma dieta.

Qual o prognóstico da artrite nos gatos?

O prognóstico da artrite nos gatos é tanto melhor quanto mais cedo a doença for detetada e tratada. No entanto, a artrite reumatoide, que está relacionada com o sistema imunitário não tem cura. Ainda assim, a intervenção do veterinário evita que o seu gato sofra com dores através da administração de imunossupressores e analgésicos. Se os sintomas piorarem e a terapia de suporte não for bem sucedida, é provável que o seu gato precise de intervenção cirúrgica.

Quais são as principais causas da artrite nos gatos?

As causas da atrite nos gatos são variadas. Encontra na tabela abaixo um resumo das causas infeciosas e não infeciosas da atrite:

Causas infeciosas

Causas não infeciosas

Infeções bacterianas em consequência de mordidas ou de quedas Artrite reumatoide ou autoimune. No entanto, as causas exatas do aparecimento desta doença ainda não se conhecem
Doenças virais, como por exemplo FeLV ou FIV Doenças prévias, como por exemplo artrose ou excesso de peso
Agentes infeciosos como a bactéria Borrelia que causa a doença de Lyme Traumas causados por quedas, contusões ou entorses
Os nossos artigos mais relevantes
4 min

A idade dos gatos

Descubra neste artigo como determinar a idade dos gatos, quantos anos vive um gato, e com que idade é que um gato se torna idoso?