Korat

Estes gatos de beleza invulgar, com o seu pelo azul prateado e olhos verde esmeralda, são conhecidos desde o século XIV, visto que são mencionados na literatura dessa época. Em muitas culturas considera-se que os gatos trazem sorte e energia positiva para a casa onde vivem. E esta crença aplica-se especialmente ao Korat. Por exemplo, na Tailândia os Korat são desde há muito venerados por se acreditar que trazem sorte aos donos.

Mas independentemente das crenças, uma coisa é certa se levar um Korat para casa, vai certamente ter muitos momentos de grande felicidade e diversão. E se tratar deste felino tendo sempre em conta as suas necessidades, ele também vai ser muito feliz consigo.

História

De acordo com a lenda, esta raça de gatos foi descoberta em Amour Pimai, na província de Korat na Tailândia. A primeira menção aos Korat surge no “Livro de poemas dos gatos” ou “Smud Khoi dos gatos”. Este livro foi produzido durante o reino de Aiutaia, durante o período siames (1350 – 1767). Neste livro estão representados os 17 gatos da sorte da Tailândia e entre os quais o Korat. Presentemente, esta obra encontra-se na Biblioteca Nacional da Tailândia.

De acordo com a tradição tailandesa, o Korat traz sorte, felicidade, riqueza e saúde ao seu dono. Era também visto como um bom presságio para as pessoas que iniciavam uma nova vida. Assim, era frequente dar um Korat como prenda de casamento. Como seria de esperar, acreditava-se que este gato traria sorte e fertilidade aos recém-casados. Uma outra tradição curiosa relacionada com este gato é que não deve ser o dono a comprá-lo. Um casal de Korat deve ser sempre uma prenda.

Da Tailândia para os EUA

Esta raça chegou aos EUA em 1959, quando Jean Johnson, que gostava particularmente de gatos, recebeu um casal de Korat como prenda de um amigo de Bangkok. Nessa altura, Jean já vivia há 3 anos com o marido na Tailândia, mas a sua paixão eram os gatos siameses. No entanto, os pelos pequenos felinos de pelo azul acinzentado despertaram o seu interesse. Jean apercebeu-se que os Korat estavam presentes na alta sociedade tailandesa. Os seus donos eram, por exemplo, da alta nobreza ou altos funcionários do estado, que se presenteavam uns aos outros com gatos desta raça para garantir prosperidade.

Em 1954, Jean e o seu marido trocam a Tailândia pelo Sudoeste Asiático onde continuam a trabalhar. 5 anos mais tarde o casal muda-se para os EUA. É então que o amigo tailandês de Jean a informa que duas gatas Korat estão a caminho de sua casa nos EUA. As gatas receberam o nome de Nara e Dara.
Jean e o marido ficaram tão felizes com a sua família felina e que incentivaram as suas Korat a procriar. No entanto, para evitar cruzamentos endogâmicos, Jean cruzou os gatos Korat com os seus gatos siameses bluepoint. No entanto, todos os gatos com características de gatos siameses não voltaram a procriar.

E assim, pelas mãos de Jean, surgiu a primeira família norte americana de gatos Korat. Desta forma, a importação de gatos Korat da Tailândia para os EUA continuou de vento em popa. Em 1966 a associação norte americana “Cat Fanciers Association” (CFA) aceitou a participação da raça Korat nas competições e esta tornou-se uma das mais populares.

Aspeto

Características do pelo

Os tailandeses descrevem a cor peculiar dos gatos desta raça como o cinzento das nuvens carregadas de chuva. Com efeito, a cor destes gatos resulta da forma específica como cada um dos pelos é constituído. Assim, cada pelo tem uma tonalidade azul clara na raiz e que escurece, tornando-se azul acinzentado na zona intermédia. A ponta de cada pelo tem uma cor prateada, que explica o efeito fluorescente e brilhante do casaco de pelo destes pequenos felinos.

Esta pelagem característica e misteriosa é a imagem de marca destes gatos. Assim, de acordo com os padrões da raça, a cor e tamanho dos pelos não podem sofrer alterações. Também não são permitidos cruzamentos com outras raças. O Korat ideal tem o pelo azul cinza e não apresenta qualquer mancha. Além disso, o pelo é curto e disposto junto ao corpo. Os gatos desta raça perdem pouco pelo e por isso são uma boa escolha para pessoas que tenham alergia aos pelos dos gatos.

Características físicas

Também a cabeça dos gatos desta raça apresenta particularidades. Assim, os olhos são grandes, arredondados e de um verde brilhante e a cabeça tem forma de coração. Se observar atentamente estes gatos consegue identificar quatro “corações”. O primeiro, como mencionado, observa-se na forma da cabeça. O segundo quando se olha para a cabeça por cima, o terceiro na zona do nariz e por fim o quarto na zona do peito. Este quarto coração vê-se facilmente quando o gato está sentado.

Contrariamente ao que aparentam, os Korat são bastante fortes. Também são mais pesados do que se possa pensar. O corpo é compacto e algo largo, mas torna-se mais fino na zona da cintura. Já o pescoço é relativamente curto e termina no peito mais largo. Por fim, os ombros são ligeiramente mais largos do que o peito. Não estranhe se os gatinhos nascerem com olhos azuis. À medida que crescem, a tonalidade dos olhos altera-se para âmbar e quando chegam a adultos ficam com os característicos olhos verde dourado. As orelhas dos Korat situam-se na parte superior da cabeça, dando-lhes um ar atento e vivo.

A personalidade dos Korat

Os gatos desta raça têm os sentidos extremamente desenvolvidos, principalmente a visão, audição e olfato. Eles gostam muito de pessoas e por isso facilmente desenvolvem laços muito fortes com a sua família humana. Assim, não é de espantar que estes gatos adorem miminhos e que se sentem sempre o mais perto dos donos possível. Futuros donos devem ter em conta que estes gatos adoram brincar e são muito ativos. Deste modo, é importante que tenha tempo para brincar com o seu pequeno felino e que tenha brinquedos com ele se possa entreter. Por exemplo, um arranhador com várias plataformas ajusta-se perfeitamente às necessidades de exercício do seu Korat.

A família ideal para um Korat

Os Korat são também muito inteligentes e têm uma intuição muito forte. Assim, adaptam-se muito bem a uma família humana e são muito delicados com as crianças. No entanto, os Korat assustam-se facilmente e por isso é preferível que vivam numa casa tranquila. Desse modo, crianças que convivam com estes gatos devem ser cuidadosas e não serem bruscas. Por exemplo, estes pequenos felinos assustam-se com barulhos estridentes ou com movimentos inesperados. Por outro lado, os Korat adoram ser o centro das atenções. Adoram estar ao colo dos donos e mostrar o seu carinho por eles. Claro que também adoram receber miminhos. E estes gatos inteligentes percebem rapidamente o que devem fazer para receberem mimos e comida. Os donos costumam divertir-se bastante quando se apercebem que certos comportamentos do seu pequeno felino têm uma segunda intenção.

Os Korat falam menos do que os siameses. No entanto, estes gatos emitem vocalizações sempre que algo os incomoda ou que não se sentem bem. Geralmente, os Korat dão-se bem com outros animais de estimação, como por exemplo, com cães. Mas é comum sentirem ciúmes se os outros animais receberem mais atenção. É também possível que um Korat adote um comportamento dominante perante outros gatos. No entanto, os Korat beneficiam muito em viver com outro gato.

Cuidados

Exceto quando trocam de pelo na altura do inverno, estes gatos perdem pouco pelo. Deste modo, não precisam de muitos cuidados com o pelo. No entanto, os Korat gostam muito de ser escovados. Pode mimá-lo penteando-o uma vez por semana, mas se o fizer com mais frequência ele vai agradecer! O facto de perderem pouco pelo faz com que estes gatos sejam adequados a pessoas com alergia aos pelos dos gatos. Os dentes dos Korat precisam de ser limpos regularmente e pode também limpar-lhe os ouvidos utilizando para isso uma loção específica para a limpeza dos ouvidos. Claro que é também muito importante que o seu pequeno felino seja visto regularmente por um veterinário.

Alimentação

Antes de adquirir um animal de estimação é importante informar-se sobre qual a alimentação mais adequada para o seu novo companheiro. Assim, é aconselhável perguntar ao criador qual a melhor alimentação para o seu Korat, pois um criador responsável terá todo o prazer em partilhar consigo todas as informações importantes. É, por exemplo, importante saber a quantidade adequada de comida que deve dar ao seu novo amigo de acordo com a sua idade, peso e nível de atividade. Da mesma forma, é aconselhável conhecer os horários das refeições e a temperatura a que a comida deve ser dada. No entanto, regra geral, a quantidade de comida calcula-se na proporção de 70 kcal por cada kilo do peso do gato.

Procura uma comida adequada para o seu Korat? Na loja online da zooplus encontra tudo para satisfazer o seu gato. Pode escolher ração seca ou húmida, ração sem cereais entre outras.

Como escolher o criador

Se pensa trazer um pequeno e fofinho felino para casa, aconselhamos a considerar em primeiro lugar a adoção. Assim poderá colaborar com as associações que acolhem animais e que estão muitas vezes em dificuldades financeiras. Ao adotar aí um animal de estimação não só proporciona uma boa vida ao seu novo companheiro, como contribui para o melhor funcionamento das associações. E vale a pena procurar, porque por vezes mesmo gatos Korat puros estão à espera de um novo lar.

No entanto, existem criadores responsáveis de gatos da raça Korat. Caso escolha adquirir o seu pequeno felino a um criador, antes de o trazer para casa certifique-se que ele está vacinado, desparasitado, tem chip e foi examinado por um veterinário.

Regra geral, os gatos desta raça são bastante saudáveis. Mas, infelizmente, existem algumas doenças genéticas que afetam os Korat. Entre estas a mais comum é a Gangliosidose. Assim, é muito importante que o criador tenha testado o seu futuro companheiro contra esta doença e deve verificar que o teste é negativo.

Desejamos que se divirta por muito tempo com este gato muito especial, quer na aparência, quer na personalidade.

Os nossos artigos mais relevantes

Persa

Os gatos persas são das raças mais populares, antes de adotar um gato persa fique a saber: Que cuidados ter; Personalidade; Alimentação e muito mais.

Bosque da Noruega

O bosque da Noruega conquista facilmente o coração de toda a gente graças ao seu aspeto selvagem e personalidade genuína.

British shorthair

Os british shorthair têm uma personalidade tranquila e equilibrada o que faz deles uma raça ideal para viver em família.