O meu cão foi picado por uma abelha! This article is verified by a vet

Escrito por Franziska G.
As picadas de abelhas nos cães acontecem quando menos esperamos

Durante o verão encontramos frequentemente abelhas nos jardins e parques.

Durante um passeio relaxante pelo parque o seu patudo uiva repentinamente. Repara que ele estava a cheirar as flores e vê que ele tem um pequeno ponto vermelho no nariz. Provavelmente o seu patudo encontrou uma abelha nas flores! Descubra neste artigo o que deve fazer se o seu cão foi picado por uma abelha.

As picadas de abelha são perigosas para os cães?

Quando as abelhas picam os cães geralmente o ferrão não passa da camada superior da pele. Assim, apesar de dolorosa, a picada não representa um perigo significativo para os cães. No entanto, se a abelha conseguir entrar na boca do patudo a situação é mais grave. Visto que uma picada de abelha na boca ou na garganta do cão pode ser fatal.

Quais os sintomas das picadas de abelha nos cães?

Os sintomas clínicos das picadas de abelha variam de acordo com o local onde ocorreu a picada. No entanto, o local é geralmente fácil de identificar, pois o ferrão fica preso à pele. Além disso, a zona à volta da picada fica inchada e avermelhada.

Por vezes a abelha entra na boca do cão. Nesse caso, a abelha em pânico de certeza que vai deixar o seu ferrão no seu cão. Visto que as mucosas da boca e garganta são muito mais sensíveis do que a pele exterior é provável que surjam complicações. As mais comuns são:

  • Inchaço significativo das mucosas da boca
  • Dificuldades em respirar, incluindo ataques de sufocação ou falta de ar
  • Fraqueza física e em casos extremos perda de consciência

Se o seu cão foi picado por uma abelha e é alérgico a zona da picada fica muito vermelha. Além disso costumam surgir borbulhas com pus. Em consequência o patudo vai-se coçar bastante. Outros sintomas de alergia à picada de abelha são os vómitos e diarreia.

Qual a altura de ir ao veterinário?

Se o seu cão apresentar sintomas de estar a entrar em choque, por exemplo, choque anafilático, vá imediatamente para o veterinário. Trata-se de uma emergência, pois se as vias respiratórias do patudo incharem ele deixa de conseguir respirar. Assim, trata-se de uma situação de vida ou morte que requer atenção médica imediata.

Primeiros socorros para os patudos que entram em choque

Se o seu cão foi mordido por uma abelha em primeiro lugar não entre em pânico. Só se estiver calmo é que consegue tomar as medidas necessárias para ajudar o seu cão. E se o seu patudo entrar em choque após a picada da abelha é imprescindível tomar estas medidas até que chegue ao consultório do veterinário.

  1. Mantenha o seu cão sob controle. Para tal peça ajuda a outra pessoa, caso esteja sozinho mantenha-o com a coleira. Se o seu patudo estiver muito nervoso e com dores fortes coloque-lhe um açaime. Lembre-se que os cães em situações de stress extremo ou com dores mordem instintivamente quem estiver próximo, mesmo que seja o seu adorado dono.
Se o seu cão foi picado por uma abelha proteja-se e proteja o seu patudo colocando uma fita a prender-lhe a boca antes de iniciar o tratamento. Mesmo o mais manso e amoroso cão do mundo pode morder se sentir dores fortes ou estiver muito ansioso.
Se o seu cão foi picado por uma abelha proteja-se e proteja o seu patudo colocando uma fita a prender-lhe a boca antes de iniciar o tratamento.
  1. Em seguida deite o seu patudo de lado e mantenha-o estável. Aproxime-se dele pelo lado direito e por cima das costas pegue na pata da frente e na de trás. Afaste as patas cuidadosamente com o intuito de o colocar deitado sobre o lado direito do corpo. Assim, deixe-o deslizar lentamente, se possível estando apoiado nas pernas de outra pessoa ou numa parede. Certifique-se que ele tem a coluna assim como as pernas em posição retilínea.
  2. Se o seu patudo estiver inconsciente deve manter-lhe a cabeça direita e puxar a língua para fora da boca, colocando-a de lado. Além disso, com uma almofada ou um casaco mantenha as ancas do patudo mais elevadas. Dessa forma consegue ajudar o sistema circulatório a manter-se em funcionamento em caso de choque anafilático.
  3. Entre em contato com o veterinário imediatamente. Se o médico não puder ir ter consigo deve manter o seu patudo na posição lateral durante o transporte. Além disso, pode colocar mantas sobre o seu patudo para o manter aquecido. Por fim, mantenha-se atento à sua respiração e pulso.

Tratamento para as picadas de abelha nos cães

Quando uma abelha pica ela morre, mas primeiro insere o ferrão e o veneno na sua vítima. Assim, ao contrário do que acontece com picadas de outros insetos como as vespas, se o seu cão foi picado por uma abelha tem que encontrar e retirar o ferrão com uma pinça.

Se a abelha picou o seu patudo numa pata ou no lábio pode arrefecer a zona picada com água fria, uma tolha molhada ou com gele envolvido num pano. Caso a picada tenha sido na boca, dê cubos de gelo ao seu patudo. Dessa forma ajuda a reduzir o inchaço e a dor na zona da picada. Pode também massajar a zona com pomadas especiais para aliviar os sintomas.

No entanto procure sempre a ajuda do seu veterinário, que lhe vai indicar qual o tratamento adequado para o seu cão.

Os nossos artigos mais relevantes
11 min

Castração de cães

A castração constitui um procedimento de rotina na medicina veterinária – mas será sempre recomendada? Qual a diferença entre castração e esterilização?