A mudança dos dentes nos gatos This article is verified by a vet

A mudança de dentes nos gatos é um processo que deve ser acompanhado para que não se verifiquem problemas

Os gatinhos têm 26 dentes de leite

Os gatinhos nascem sem dentes, mas isso muda rapidamente! Neste artigo explicamos o processo de nascimento e mudança dos dentes nos gatos. Indicamos igualmente o que pode fazer para manter o seu gato com a boca sempre saudável.

Quando ocorre a mudança dos dentes nos gatos?

Os primeiros dentes de leite nos gatos nascem quando eles têm entre 4 e 5 semanas de vida. A partir do terceiro mês os dentes permanentes começam a nascer, ou seja, inicia-se a substituição dos dentes. Entre o sexto e sétimo mês de vida o gato já tem a dentição permanente completa, que nos gatos consiste em 30 dentes.

O que esperar durante a mudança de dentes?

Existem alguns sintomas típicos nos gatos que indicam que eles estão na fase de mudança de dentição, como por exemplo:

  • Morder objetos duros com frequência.
  • Lamber as gengivas repetidamente.
  • Comer lentamente ou mesmo comer menos.
  • Salivar com frequência.
  • Por vezes os gatos apresentam mau hálito.
  • Inclinar a cabeça.

No entanto, se o seu gato tiver febre ou sentir dores fortes deve ir com ele ao veterinário.

Possíveis problemas durante a mudança de dentes nos gatos

Por vezes a mudança de dentição traz problemas aos gatos. Além disso, uma dentição saudável é muito importante para os gatos. Assim, o seu veterinário deve examinar os dentes do seu pequeno felino por volta dos 6 ou 7 meses. Na consulta o veterinário pode detetar problemas, como por exemplo dentes desalinhados, e corrigi-los.

Os problemas mais comuns da mudança de dentes nos gatos são:

Dentição dupla (os dentes de leite não caem)

Por vezes o dente permanente não consegue expulsar o dente de leite. Nesse caso, os veterinários consideram que o gato tem dentição dupla. Este problema é mais frequente com os dentes caninos.

Consequências: os dentes de leite crescem em direção à língua e podem magoar o gato enquanto ele come. Além disso, a zona da gengiva à volta do dente pode inflamar e causar dores. Assim, é muito importante que o veterinário arranque o dente de leite a mais.

Os dentes de leite partem-se

Os dentes, especialmente os dentes de leite, podem partir-se, o que causa dores graves aos gatinhos. Além disso, se o dente partido não for retirado rapidamente as bactérias encontram aí um ótimo local para se reproduzirem. Em seguida desenvolve-se uma infeção que pode mesmo atingir o osso do maxilar.

A mudança de dentes dos gatos: como ajudar o seu gato

Tal como as pessoas, os gatos também podem sentir dores quando os dentes de leite caem e nascem os dentes definitivos. Assim, o seu gatinho agradece se adotar algumas medidas para o aliviar:

  • Dê-lhe comida húmida para que ele possa comer sem esforço.
  • Tenha à disposição do seu gatinho brinquedos de roer ou croquetes de ração para ajudar os dentes de leite a cair.
  • Se o seu gatinho permitir, levante-lhe ligeiramente os lábios e massaje as gengivas sem exercer demasiada pressão.

Deixar-se tocar na boca é um comportamento que os gatos aprendem e que traz imensas vantagens. Por exemplo, é mais fácil o veterinário examinar a dentição de um gato que se deixa tocar na boca.

Existem produtos e formas de ajudar o processo de mudança de dentes nos gatos
© Марина Красавина / stock.adobe.com

A dentição dos gatos

A dentição dos gatos adultos consiste em 30 dentes:

  • 12 incisivos
  • 4 caninos
  • 6 pré-molares na mandíbula superior e 4 na mandíbula inferior
  • 4 molares

Os gatos têm 6 pré-molares e não 8 como os cães. Nos gatos adultos os dentes distribuem-se pelas mandíbulas da seguinte forma:

Os vários tipos de dentes têm uma determinada função durante a alimentação. Assim, os caninos são compridos e pontiagudos e servem para rasgar a comida (104, 204, 304, 404). Os dentes na quarta posição na mandíbula superior (108 e 208) e os na terceira posição da mandíbula inferior (309 e 409) são os molares. Estes dentes encaixam perfeitamente uns nos outros e ajudam a cortar a comida.

Os gatinhos têm apenas 26 dentes de leite. Ou seja, têm menos dentes do que os gatos adultos. Comparativamente aos dentes permanentes, os dentes de leite são mais pontiagudos, mais pequenos e também mais brancos.


Franziska G., veterinária
Franziska G.

Estudei medicina veterinária na Universidade Justus-Liebig em Gießen, onde pude ganhar alguma experiência em vários campos, como medicina para pequenos e grandes animais, medicina exótica, farmacologia, patologia e higiene alimentar. Desde então, não trabalhei apenas como autora veterinária. Também trabalhei na minha tese, que foi influenciada cientificamente. O meu objetivo é proteger melhor os animais contra patógenos bacterianos no futuro. Além do meu conhecimento, partilho as minhas próprias experiências como dono de um cão e, assim, consigo entender e dissipar medos e problemas, bem como outras questões de saúde animal.


Os nossos artigos mais relevantes
4 min

A idade dos gatos

Descubra neste artigo como determinar a idade dos gatos, quantos anos vive um gato, e com que idade é que um gato se torna idoso?