Cornish Rex

Gatos com pelo curto ou longo são muito comuns no mundo dos pequenos felinos. No entanto, gatos com pelo encaracolado são bastante raros. Uma das raças de gatos que apresenta uma pelagem fora do comum é a Cornish Rex.

História

Os gatos da raça Cornish Rex têm um aspeto que se destaca das raças de gatos mais conhecidas. No entanto, a sua origem é bastante simples e clara. O primeiro gato com pelo encaracolado nasceu nos anos 50 numa quinta na Cornualha e chamava-se Kallibunker. Este gato com pelo bege e encaracolado era bastante diferente dos seus irmãos e também apresentava características físicas especiais. O Kallibunker tinha uma compleição delgada, a cabeça pequena e orelhas grandes, assim como uma cauda longa.
O aspeto fora do comum do Kallibunker despertou o interesse dos criadores de gatos na Inglaterra. Visto que se considerou que as características únicas deste gato se deviam a uma mutação genética espontânea, a sua dona foi aconselhada a cruzá-lo com a sua mãe. O objetivo deste cruzamento era a preservação dos genes e a criação de uma nova raça de gatos. Os gatinhos com pelo encaracolado foram posteriormente cruzados com gatos Burmeses, Siameses e British Shorthair. Sabe-se agora que o pelo encaracolado é transmitido por um gene recessivo. Isto significa que os gatos portadores desta mutação nem sempre apresentam o famoso pelo encaracolado dos Cornish Rex. Pois, de acordo com as leis genéticas, os genes recessivos só se manifestam quando ambos os progenitores transmitem este gene ao seu descendente. Caso apenas um dos progenitores transmita o gene recessivo, a mutação fica adormecida.

Davon Rex: outra raça de pelos encaracolados

Os gatos da raça Davon Rex são muito parecidos com os Cornish Rex. No entanto, a mutação genética responsável por dar aos Davon Rex o pelo encaracolado é outra. Além disso, os Davon Rex têm uma subcamada de pelo e os pelos da camada superior são mais curtos. Por esta razão, os gatos desta raça possuem um pelo mais ondulado e suave. A mutação destes gatos ocorre no gene LPAR6, que altera a estrutura proteica dos pelos, alterando assim toda a pelagem.

Aspeto

O pelo dos Cornish Rex lembra o pelo das toupeiras e é uma das características desta raça que mais chama à atenção. Nos anos 50 este tipo de pelo desconhecido surgiu em consequência de uma mutação aleatória num gato de uma quinta na Cornualha em Inglaterra. Desde então criadores têm preservado e desenvolvido esta característica intencionalmente. A mutação genética que está por trás do aparecimento do pelo encaracolado dos Cornish Rex é diferente da mutação dos Davon Rex. No entanto, o termo Rex, presente no nome das duas raças, refere-se a este tipo incomum de pelo. É também de sublinhar que o termo Rex é maioritariamente utilizado em referência a raças de coelhos.
O aspeto ondulado do pelo dos Cornish Rex deve-se ao facto de esta raça apresentar apenas a camada de subpelo. Assim, o pelo dos Cornish Rex apresenta uma textura muito suave ao toque que faz lembrar um coelho ou seda. E até os bigodes destes gatos são encaracolados. No entanto, o pelo muito fino faz com que estes gatos sejam extremamente sensíveis a baixas temperaturas. Assim, os Cornish Rex não são gatos que possam viver no exterior e, mesmo dentro de casa, eles procuram locais quentinhos para relaxar.

A Pelagem dos Cornish Rex

Oficialmente são aceites todas as cores e padrões. Entre as quais:

  • Uniforme: de acordo com os padrões das raças, a pelagem dos animais pode ter apenas uma cor combinada com branco. Assim, as cores mais populares são o preto, castanho chocolate, cor de laranja e tons de azul, lilás e bege.
  • Bicolor: todas as cores podem surgir em combinação com o branco.
  • Tricolor: os gatos Cornish Rex tricolores, ou com padrão tartaruga, são por razões genéticas sempre fêmeas.
  • Tabby: De acordo com os padrões da raça, os Cornish Rex podem apresentar a pelugem tigrada ou tabby. O tabby pode ter vários padrões, como o listado, tigrado, pintalgado ou ticket. Este último padrão caracteriza-se por cada fio de pelo ter várias cores.

Os gatos desta raça são de tamanho médio e delgados. Assim, as gatas pesam até 4 quilos, enquanto os gatos chegam aos 5 quilos. O seu corpo é musculoso e ao mesmo tempo delgado. As pernas finas e longas chamam bastante à atenção e fazem lembrar raças de gatos orientais. A cabeça tem um formato oval e a cauda é longa. As orelhas destacam-se por serem grandes e largas na base. Por fim, os seus olhos vivazes ovalados e de tamanho médio espelham a curiosidade inata dos Cornish Rex. De facto, este gato com aspeto de bonequinho de peluche tem imensa energia e é um explorador nato.

Personalidade

Esta raça manteve as características originais de um gato de quinta. Assim, os Cornish Rex têm uma personalidade marcada e são bastante ativos. Além disso, muitos donos contam que mesmo quando adulto, o seu Cornish Rex mantém a inocência de um gatinho. Eles adoram saltar, escalar, apanhar coisas e conseguem aprender vários truques. Por isso, há quem diga que um Cornish Rex é como se fosse um cão no corpo de um gato. Este pequeno felino é também conhecido pela sua inteligência e curiosidade e pelo enorme gosto que tem em brincar com a sua família humana. E claro, não dispensam miminhos! De facto, o estar sozinho não agrada muito a estes gatos mansos e amigáveis que aceitam bem a companhia de outro gato.

No entanto, os Cornish Rex sabem bem o que querem e podem ser mesmo muito teimosos, quer com as pessoas, quer com outros gatos. Por isso é fundamental que sejam bem treinados e educados. O lado positivo é que eles podem ser facilmente treinados através de jogos e brincadeiras. Já ouviu falar no treino com clicker? Animais muito inteligentes como os Cornish Rex adoram estar entretidos com atividades intelectualmente estimulantes. Visto que devido às características da sua pelagem os Cornish Rex são gatos de casa, é importante que lhe proporcione atividades desafiantes. Caso contrário, o seu gato vai sentir-se entediado em casa.

Alergias e os Cornish Rex

Contrariamente ao que se pode pensar, o pelo curto e suave dos Cornish Rex não é hipoalergénico. Assim, este pequeno felino não é o mais adequado para pessoas com alergia ao pelo de gatos. Pois, estas alergias nada têm a ver com a quantidade de pelo que o gato tem ou perde. Na verdade, as alergias devem-se à composição da saliva da raça do gato. Os Cornish Rex perdem tanto pelo como qualquer gato de outra raça. Contudo, ainda mais importante para os alérgicos a pelos de gato, a composição da sua saliva contém a glicoproteína Fel d 1. Assim, a inexistência da camada de pelo superior nos Cornish Rex não faz com que estes gatos provoquem menos alergias do que outros gatos.

Cuidados a ter com os Cornish Rex

Os cuidados de higiene e saúde que um Cornish Rex precisa são similares às necessidades de outras raças. A sua pelagem suave não requer cuidados especiais, mas torna estes gatos especialmente sensíveis a correntes de ar e ao frio. Assim, os Cornish Rex não são gatos que devam andar na rua. No entanto, devido à sua inteligência e personalidade, estes pequenos felinos precisam de ser estimulados. Assim, dentro de casa devem ter locais que possam escalar, esconder-se e brincar. Casas e túneis são objetos ideais para o seu Cornish Rex, pois estes animais adoram desafios. É importante que estes pequenos felinos tenham muitas oportunidades para descarregar energia, pois assim evita-se que tenham ideias disparatadas. Por exemplo, um arranhador grande com vários pisos ou outros brinquedos semelhantes são também muito indicados.

A alimentação dos Cornish Rex

Tal como qualquer gato, os Cornish Rex beneficiam de uma alimentação adequada e completa. Sendo carnívoros, os gatos precisam de proteínas de fontes saudáveis. Por outro lado, a digestão de carboidratos é limitada. Assim, a ração ideal para os Cornish Rex deve ser semelhante ao que um rato proporciona em termos nutritivos. Além disso, investigações científicas mostram que as sensíveis papilas gustativas dos gatos preferem uma alimentação composta por 26 gramas de proteínas, 9 gramas de gordura e 8 gramas de carboidratos. Esta distribuição de nutrientes é muito semelhante ao que uma presa proporciona. Por isso concluiu-se que esta composição é perfeita para a alimentação de um gato. A ração de gato deve, portanto, ter um elevado teor de carne.

Outro aspeto importante é que os gatos não costumam ir ao bebedouro à procura de água. A hidratação necessária à sobrevivência é obtida através da comida. Por este motivo, a ração ideal deve também conter água. Assim, a ração húmida é naturalmente mais adequada para os gatos do que a ração seca.
Procura a melhor ração para o seu Cornish Rex? Descubra a nossa oferta de ração seca e húmida, assim como ração sem cereais ou dietas BARF ou de dieta.

Além de lhe proporcionar uma alimentação adequada, deve levar o seu pequeno felino ao veterinário. Como com qualquer outro gato, a consulta ao veterinário deve ser anual. O veterinário verifica se as vacinas estão em dia e faz um exame clínico geral, incluindo auscultação do coração e pulmões. O veterinário esclarece igualmente as dúvidas que possa ter.

Criação

A raça Cornish Rex é uma das menos conhecidas. O desconhecimento da raça deve-se, entre outras causas, ao facto de o gene responsável pela característica pelugem desta raça de gatos ser recessivo. No entanto, existem criadores na Europa que se dedicam aos especiais Cornish Rex com o seu pelo encaracolado.

Criadores profissionais e não profissionais: diferenças

A criação é um trabalho complexo. Os criadores profissionais devem ser sócios de variadas associações e proporcionar assim um pedigree aos seus gatos. No entanto, o pedigree não é a única coisa que diferencia os criadores sérios de vendedores que anunciam gatos para venda a preços baixos. Um criador responsável quer que os seus gatos correspondam aos padrões da raça. Mas acima de tudo está o próprio animal. Assim, a alimentação é adequada e os cuidados veterinários são regulares. Outro aspeto importante que qualquer criador sério tem em consideração é, com que gatos vai cruzar os seus. Este cuidado ajuda a reduzir o risco de doenças genéticas, mas também a fazer sobressair algumas características dos gatos. Naturalmente, os seus gatos são desparasitados e vacinados.
Os criadores responsáveis acompanham a gravidez das gatas e o parto e verificam hora a hora o estado de saúde dos gatinhos. Estes recebem a melhor alimentação possível e todos os cuidados de saúde necessários, incluindo imunização precoce contra doenças infeciosas. Caso seja necessário, procede igualmente à desparasitação dos gatinhos. O momento de adoção só deve acontecer depois das 12 semanas de vida dos gatinhos. Estes criadores sabem bem a importância de os gatinhos estarem com a mãe nos primeiros 3 meses de vida. Só os gatinhos que passam este período com a mãe e irmãos é que aprendem corretamente as normas de socialização e vão crescer emocionalmente e fisicamente saudáveis.
Todos estes cuidados são descurados por criadores não profissionais que vendem os seus gatos a preços baixos. Assim, o preço baixo que é pedido por um gatinho é geralmente conseguido às custas da saúde e bem estar dos animais. Por isso, se comprar um Cornish Rex procure um criador profissional e responsável.

O preço dos Cornish Rex

Um gato de raça não é barato. O valor dos Cornish Rex ronda os 700 euros. Se este valor for muito elevado para si, visite uma associação que acolha animais. Aqui pode encontrar também gatos de raça devidamente cuidados. Quem sabe o gato dos seus sonhos não está à sua espera numa destas associações?

Desejamos-lhe uma vida fantástica com o seu Cornish Rex!

Os nossos artigos mais relevantes
O bosque da Noruega conquista facilmente o coração de toda a gente graças ao seu aspeto selvagem e personalidade genuína.
Os gatos persas são das raças mais populares, antes de adotar um gato persa fique a saber...
Os british shorthair têm uma personalidade tranquila e equilibrada o que faz deles uma raça ideal para viver em família.