American Wirehair

A maioria dos amantes de gatos está bastante familiarizado com as raças American Shorthair e American Longhair. Mas a raça American Wirehair é quase desconhecida. Na verdade, esta raça de gatos, também chamada Gato Americano de Pelo Áspero, é rara nos EUA e quase inexistente na Europa. No entanto, é uma raça muito interessante que, como tantas outras, surgiu de uma mutação acidental. Descubra mais sobre o American Wirehair, o gato da cidade de Nova Iorque.

História

Se calhar já se apercebeu das parecenças entre estes gatos de pelo curto e áspero com os gatos americanos ou europeus de pelo curto. Acha-os parecidos em termos de aspeto e de personalidade, a única diferença é a pelagem do American Wirehair. Mas será mesmo assim?
Esta raça é consequência de uma mutação genética acidental que foi detetada nos anos 60 em Nova Iorque. A ninhada de uma gata de pelo curto chamou à atenção pelas particularidades da pelagem dos gatinhos. O único sobrevivente da ninhada, um gato com pelagem cerdosa tigrada vermelho e branca despertou o interesse da criadora Joan O’Shea que adquiriu o pequeno felino e batizou-o Council Rock Adam of Hi-Fi. Através do cruzamento com gatos American Shorthair rapidamente surgiu uma nova raça. No entanto, só alguns anos mais tarde, mais concretamente em 1978, é que a raça foi reconhecida pela associação norte americana Cat Fanciers Association. Desde então, o American Wirehair é considerado um tipo do American Shorthair. Nos EUA há poucos criadores desta raça e na Europa a raça é praticamente desconhecida.

Para preservar a diversidade genérica e para prevenir o aparecimento de doenças hereditárias, o American Wirehair é atualmente cruzado com o American Shorthair. O gene que determina o pelo áspero do American Wirehair é dominante. Assim, cerca de metade da ninhada vai apresentar a pelagem característica desta raça. Alguns gatos nascem já com o pelo áspero. No entanto, noutros, esta pelagem pode demorar entre 4 e 6 meses a aparecer. Este fenómeno deve-se a vários fatores, entre os quais as características especificas da pelagem. No entanto, se o cruzamento for entre dois American Wirehair, toda a ninhada nasce com a pelagem que define esta raça. Muitas vezes, mesmo os bigodinhos dos gatinhos são cerdosos.

Aspeto

A marca identitária do American Wirehair é a estrutura dos pelos que lhe dá o nome. A pelagem áspera é causada por uma mutação acidental dominante. Esta mutação dá ao pelo uma estrutura única. Ou seja, cada um dos pelos é encaracolado mas torna-se áspero nas pontas. A estrutura especial dos pelos do American Wirehair faz com que os gatos pareçam algo sonolentos e despenteados. Mas é exatamente esse aspeto inesperado que os torna tão fofinhos e sedutores.

No entanto é importante notar que os gatos desta raça apresentam diferenças na pelagem. Assim, o gene que determina o pelo áspero é dominante e quanto mais áspera for a pelagem dos pais, mais áspera será a das crias.

A origem desta mutação pode ser traçada aos anos 60 em Nova Iorque. Sabemos que as mutações são algo comuns no mundo dos gatos. No entanto, mutações que resultem em pelagens ásperas parecem estar circunscritas ao continente americano. Visto que a mutação é dominante, toda a ninhada vai ser portadora deste gene e apresentar pelo áspero, ainda que com intensidade diferente.

Dado o passado comum entre o American Wirehair e o American Shorthair, os gatos destas raças partilham a compleição física. São fortes e musculosos, com um peito largo e pernas robustas de tamanho médio. As maçãs do rosto são subidas e o focinho bem delineado. Estes gatos têm geralmente um olhar atento e vivo e os olhos costumam ser de um amarelo brilhante. E tal como o American Shorthair, a pelagem do American Wirehair pode ser de todas as cores. Os gatinhos American Wirehair recém nascidos podem apresentar já a pelagem característica da raça. Nalguns casos, o pelo característico só é visível a partir dos 4 meses, até então os gatinhos apresentam uma pelagem semelhante ao dos American Shorthair.

Cores aceites no American Wirehair

Pelagem de cor uniforme

  • Branco:Os American Wirehair brancos podem ter olhos azuis ou dourados. No entanto, gatos com olhos de cor diferentes também são aceites.
  • Preto:Os American Wirehair pretos devem ter uma pelagem uniforme sem pelos cinzentos. O nariz e as almofadas das patas são também pretas. Os olhos dos gatos com pelagem preta são geralmente dourados.
  • Azul:A pelagem azul corresponde à cor preta mais atenuada. Geralmente o nariz e as almofadas das patas têm a mesma cor. Os olhos são amarelo brilhante.
  • Vermelho:Tal como os American Shorthair, os American Wirehair vermelhos devem ter a pelagem uniforme e sem manchas de outras cores.
  • Creme:A designação creme corresponde a um vermelho mais claro. A cor é semelhante ao bege.

Pelagem com duas cores

  • Bicolor:Tal como se passa com o American Shorthair, os criadores do American Wirehair também aceitam pelagem de duas cores. Geralmente, a cor principal é o branco com manchas pretas, azuis, vermelhas ou beges.
  • Chinchila: A cor Chinchila é muito fácil de identificar. Os gatos com pelagem desta cor têm os pelos brancos com as pontas pretas. Existe também o chinchila vermelho, em que as extremidades são vermelhas em vez de pretas. Muitos gatos com este padrão apresentam uma moldura nos olhos e nariz. A cor dos olhos dos gatos American Shorthair é frequentemente verde. Como os cruzamentos entre American Wirehair e American Shorthair são comuns, o American Wirehair com cor chinchila também costuma ter olhos verdes.
  • Shaded (sombreado): Tal como com a cor chinchila, o American Wirehair shaded tem pelos com duas cores. No entanto, contrariamente à cor chichila, no gatos com cor shaded o pelo só se torna branco nas extremidades. Se em vez de branco, a extremidade for vermelha, a cor denomina-se shaded vermelho.
  • Smoke: Na cor smoke, os pelos também são constituídos por duas cores. No entanto, neste caso o preto é claramente predominante, pois o branco só está presente no início do pelo. Assim, frequentemente o branco só é visível ao mexer e separar o pelo. A cor smoke também pode ser azul ou vermelha. Nestes casos são estas as cores predominantes. Alguns gatos têm mesmo bandas pretas, vermelhas e azuis. Apesar de parecem ter pelos tricolores, ao observar cuidadosamente os pelos é possível ver a banda branca inicial.

Pelagem tigrada

  • Tabby: Quem não gosta dos gatos com pelagem tigrada? Os gatos tigrados da raça American Wirehair são denominados tabby. Mas nem todos os tabby são iguais! Os tabby riscados ou mackerel têm um padrão com linhas verticais estreitas e definidas nas patas e cauda. Por outro lado, de acordo com as regras dos criadores, gatos com padrão tabby ticket apresentam apenas manchas na cabeça, nuca, patas e cauda. O padrão denominado patched tabby apresenta manchas creme ou vermelhas.

Pelagem com três cores

  • Calico:Em algumas culturas os gatos com três cores são sinal de sorte. Em inglês, os American Wirehair e Shorthair tricolores são chamados calicos. Nestes, a cor dominante da pelagem é o branco com manchas pretas e vermelhas nos diversos tons.

A personalidade do American Wirehair

O American Wirehair é um gato simpático e descomplicado. É também muito tolerante e como tal dá-se muito bem com humanos adultos e crianças, assim como com outros gatos.

Com uma compleição robusta, regra geral estes gatos adoram brincar com os donos e caçar ao ar livre. É uma característica que herdaram do American Shorthair. No entanto, alguns American Wirehair são calmos. Assim, os gatos desta raça adaptam-se muito bem a terem liberdade para saírem de casa sozinhos. Mas também vivem muito felizes num apartamento se puderem brincar e trepar à vontade, por exemplo, num arranhador. Se passar muito tempo fora de casa é aconselhável ter brinquedos interativos para o seu pequeno felino. Mas mesmo os jogos de inteligência não satisfazem a necessidade de companhia destes gatos extremamente sociáveis. Assim, se o seu pequeno felino passar muito tempo sozinho em casa, deve considerar ter um segundo gato. E se este chegar antes do seu American Wirehair tanto melhor.

Saúde e cuidados

Apesar da pelagem fora do comum, o pelo do American Wirehair é muito fácil de cuidar. O pelo áspero não precisa de cuidados especiais. Geralmente uma escovagem semanal é suficiente para reduzir a quantidade de bolas de pelo que se formam no aparelho digestivo do gato. Na altura da mudança do pelo pode dar erva gateira ou malte ao seu American Wirehair. Assim, o gato expulsa naturalmente as bolas de pelo que se formam durante os seus momentos de higiene.

A visita anual ao veterinário é naturalmente necessária. Nesta consulta, o seu veterinário vai examinar cuidadosamente o seu pequeno felino. O exame passa pela auscultação dos pulmões e coração e por observação da boca. É também o momento para verificar as vacinas e se o seu bichano precisa de ser desparasitado.

Alimentação do American Wirehair

Como qualquer gato, o American Wirehair beneficia de uma alimentação rica em proteínas. Os gatos são carnívoros e como tal, a capacidade que têm de digerir carboidratos é limitada. Infelizmente, algumas rações de qualidade inferior contêm subprodutos vegetais, pois estes tornam o processo de produção de croquetes sólidos mais simples.

Assim, ao comprar ração para o seu gato tenha atenção à descrição do produto na embalagem. De acordo com o regulamento europeu para a comida animal, os ingredientes da comida para gatos devem ser apresentados de acordo com a percentagem. Assim, numa boa ração, a carne vem em primeiro lugar. No entanto, a alimentação dos gatos não deve conter apenas carne dos músculos, mas também vísceras de alto valor nutritivo. Por vezes as vísceras são incluídas na categoria dos subprodutos de carne, o que não devia acontecer. Por isso, vários fabricantes optam por discriminar os ingredientes das suas rações, indicando assim a proporção de vísceras. Ao escolher uma destas rações, vai ter a certeza que o seu American Wirehair come maioritariamente ingredientes saudáveis e que a percentagem de ingredientes indefinidos, como ossos, é reduzida.
Atualmente há cada vez mais donos convencidos que a comida crua ou cozinhada em casa é a melhor alternativa para o seu gato. No entanto, para que o seu gato ingira os nutrientes e proteínas adequados é preciso que tenha conhecimentos sólidos sobre as necessidades nutricionais dos gatos. Felizmente já há muita informação disponível sobre o tema alimentação BARF. Os fabricantes e lojas de animais também aderiram a esta tendência. Assim, encontra no mercado carne crua, muitas vezes em porções individualizadas para a refeição, e suplementos.

Criação

Não existem muitos criadores de American Wirehair, mas a maioria encontra-se nos EUA. Assim, não é de espantar que esta raça de gatos seja uma raridade na Europa. Por isso, caso pretenda adquirir um gato desta raça deve entrar em contato com uma associação de criadores norte americana. O American Wirehair é reconhecido, por exemplo, pela associação norte americana Cat Fanciers Association, que o pode ajudar a encontrar um criador responsável desta raça.

Como se passa com qualquer criador de outra raça de gatos, os criadores do American Wirehair devem pertencer a uma associação. Só assim pode estar certo que o seu gato foi criado de acordo com as melhores normas. Criadores responsáveis e reconhecidos por associações proporcionam aos gatos e às crias um ambiente saudável e adequado às necessidades da espécie. Também têm cuidado com a alimentação dos animais e garantem um acompanhamento veterinário regular. Além disso, as crias devem permanecer com a mãe e irmãos durante pelo menos 12 semanas. É neste período que os gatinhos vão aprender tudo o que é importante para crescerem saudáveis e equilibrados.
É portanto fácil compreender que a criação de gatos é um hobby dispendioso e como tal as crias não podem ser baratas. Um American Wirehair pode custar várias centenas de euros. E, como seria de esperar, a linhagem do gato também interfere no preço.

Pechinchas são de evitar

Não é de todo aconselhável adquirir um gato a um vendedor de gatos de raça a baixo custo. Um criador deste tipo não pertence a uma associação, pois não tem os requisitos necessários para tal. Apesar da pechincha que lhe é apresentada, o que vai gastar com o seu gato pode ser muito mais do que se o adquirir a um criador responsável. Os vendedores de gatos baratos estão apenas interessados em fazer dinheiro e por isso ignoram muitos dos procedimentos básicos na criação de gatos. Assim, estes gatos não costumam ter a atenção médica indicada e não é dado às gatas o tempo necessário para recuperarem adequadamente do parto. Por fim, os gatos de criadores irresponsáveis apresentam muitas vezes doenças relacionadas com a consanguinidade ou má alimentação.
Se não pretender adquirir um gato tão caro, a melhor alternativa é visitar uma associação de proteção de animais. Aí encontra gatos de todas as idades, personalidade e aspeto à espera de um novo lar. Esses gatos foram entregues à associação pelos antigos donos, encontrados abandonados ou foram lá parar após o falecimento dos donos. De certeza que encontra numa destas associações o gato dos seus sonhos que vai fazer toda a família feliz.

Os nossos artigos mais relevantes

Persa

Os gatos persas são das raças mais populares, antes de adotar um gato persa fique a saber: Que cuidados ter; Personalidade; Alimentação e muito mais.

Bosque da Noruega

O bosque da Noruega conquista facilmente o coração de toda a gente graças ao seu aspeto selvagem e personalidade genuína.

British shorthair

Os british shorthair têm uma personalidade tranquila e equilibrada o que faz deles uma raça ideal para viver em família.