Contraceção para cães This article is verified by a vet

dois labradores na relva_contraceção para cães

Quando machos e fêmeas vivem juntos, a contraceção é muito importante!

Quando uma fêmea está com o cio pela primeira vez e um macho começa de repente a rondá-la pelo bairro é chegado o momento de pensar na contraceção do seu patudo. Mas que métodos podem ser usados para evitar que a fêmea engravide e quais os métodos contracetivos disponíveis para os machos? Descubra neste artigo tudo o que precisa de saber sobre contraceção para cães.

Evite ninhadas indesejadas recorrendo a contracetivos para cães

Por muito amorosos que os cachorros sejam, a verdade é que a maioria dos donos que não faz criação prefere prevenir gravidezes - e por boas razões. Quem tem cadelas sente-se particularmente stressado durante os cios e procura informar-se acerca da contraceção para cães.

Mantém a distância do cão do vizinho e leva a cadela com trela curta, põe-lhe cuecas e usa sprays anti-odor. Porém, nada disto evita uma gravidez a 100%. Afinal, não é incomum as fêmeas com o cio escaparem para se encontrarem com o seu admirador.

Contraceção para cães: métodos preventivos naturais

Apesar de tudo, tente não entrar em pânico - já basta que a cadela tenha um comportamento alterado. Informe-se acerca do ciclo do cio e descubra quais os dias mais intensos.

A fase da fertilidade e da disposição para o acasalamento dura entre cinco a nove dias e ocorre, na maioria dos cães, uma ou duas vezes por ano. Fora desta fase pode passear a sua fêmea tranquilamente e deixá-la aproximar-se de machos. Pelo contrário, durante a fase da fertilidade deve tomar especial cuidado.

Nunca dispense a trela e opte por passear o animal em zonas mais isoladas, isto é, onde a possibilidade de encontrar um macho é reduzida. Durante esta fase, use e abuse da atividade física e mental para a distrair. Além disto, certifique-se que a cadela está mais interessada nos jogos e brincadeiras do que no cão do vizinho.

Se, além da fêmea, também tem um macho não os deixe sozinhos durante esta fase. Separe-os temporariamente ou, por precaução, tenha-os com trela dentro de casa. Com estes métodos preventivos é possível evitar a gravidez da cadela de forma totalmente natural e económica.

cão com cabeça entre a vedação de madeira
Uma vedação pode não ser suficiente para uma fêmea com o cio.

Contraceção para cães: métodos contracetivos para fêmeas

Como dono, é perfeitamente legítimo se preferir jogar pelo seguro. Existem várias formas de prevenir ou interromper uma gravidez. Antes de mais, informe-se exaustivamente acerca dos diferentes métodos contracetivos. Não tome nenhuma decisão precipitada baseada em baixos custos ou implementações práticas. O bem-estar do animal deve vir sempre em primeiro lugar.

Para que fique com uma ideia das várias possibilidades de contraceção para fêmeas, apresentamos-lhe os métodos contracetivos mais comuns, além das suas vantagens e desvantagens. No entanto, nada disto substitui uma conversa com o seu veterinário.

Métodos hormonais: injeções e comprimidos

Prevenir ou interromper uma gravidez recorrendo a hormonas tem a vantagem de não ser necessária cirurgia. Além do mais, após o tratamento hormonal, continua a ser possível engravidar. Se pretende que a sua cadela tenha cachorros, então a administração de hormonas é mais atrativa do que uma castração definitiva.

  • Injeções de hormonas: as injeções hormonais contracetivas para fêmeas são comparáveis à toma da pílula nas mulheres. A cadela recebe uma injeção durante a fase de repouso do cio. Esta injeção é administrada a cada cinco meses e cada uma ronda os 50 euros, pelo que se trata de um método contracetivo económico. Basta o animal não receber uma das doses para poder engravidar imediatamente. Porém, a administração regular de hormonas tem amplas consequências para o organismo do animal. Algumas das fêmeas sentem-se com menos energia, mostrando-se cansadas e letárgicas, e podem, em resultado, tornar-se obesas.
  • Anti-hormonas: a administração das chamadas anti-hormonas corresponde à nossa pílula do dia seguinte. Se já houve fecundação, impede a implantação do óvulo no útero. Funciona até ao 45.º dia após o acasalamento e em 90% dos casos interrompe a gravidez dentro de uma semana. No entanto, há um risco residual (5-10%) de alguns fetos sobreviverem no útero - por vezes, gravemente lesados. As anti-hormonas são bastante dispendiosas, pois custam, em média, mais de 100 euros e só devem ser usadas em emergências.
  • Outros métodos hormonais: uma alternativa às injeções de hormonas é o tratamento com estrogénio. É seguro e económico, embora em alguns casos provoque supuração no útero. A administração de hormonas tecidulares especiais (prostaglandinas), com o objetivo específico de eliminar os fetos a partir do 35.º dia após o acasalamento, também acarreta riscos de várias doenças.

Intervenções cirúrgicas: esterilização e castração

Se quer evitar ninhadas de cachorros a todo o custo, a esterilização ou a castração são métodos contracetivos permanentes para os cães. Porém, uma cirurgia sob anestesia geral não deve decidir-se do pé para a mão: deve ser bem pensada. Assim sendo, pese cuidadosamente os prós e os contras de uma operação destas e fale com o veterinário - afinal, será a cirurgia possível e sensata?

contraceção para cães

Lukullus espirais para cães

  • Originais snacks em forma de espiral, feitos de couro de vaca
  • Secos ao ar, sem cereais e com um baixo teor de gordura

Contraceção para cães: métodos contracetivos para machos

Se tem um macho, é natural que uma gravidez indesejada não seja uma preocupação para si. No entanto, não deve deixar de pensar no assunto. Os métodos preventivos são especialmente úteis para machos conhecidos pelas suas "incursões a solo" e com comportamentos impulsivos ou agressivos.

Castração hormonal com chip

Semelhante à contraceção hormonal para fêmeas, os machos também podem tornar-se estéreis devido à ação de hormonas. Com esta castração química os veterinários implantam um chip por debaixo da pele do animal. Este chip liberta hormonas e impede a produção de testosterona e esperma durante um certo tempo.

O chip tem que ser substituído passados seis ou 12 meses. Esgotado o princípio ativo, o macho está novamente fértil. Este contracetivo hormonal para machos é particularmente útil para seniores, ou seja, animais que já não deverão ser anestesiados. É também indicado para cães com conduta agressiva. Esta falsa castração pode ser usada para testar se o comportamento do animal muda em consequência da supressão do desejo sexual.

Um chip para seis meses custa cerca de 100 euros e um para 12 meses não ultrapassa os 200 euros. Entre os efeitos secundários negativos contam-se o aumento do apetite ou alterações na estrutura do pelo.

Castração cirúrgica

Ao contrário do tratamento hormonal temporário, a castração cirúrgica é um método contracetivo irreversível. Tal como no caso das fêmeas, esta opção também deve ser muito bem ponderada. Contudo, em comparação com as cadelas, a intervenção cirúrgica é menor nos cães.

Qual o método contracetivo certo para o meu cão?

Chegou à conclusão que os métodos contracetivos naturais não são suficientes para o seu cão? Então, qualquer solução, seja temporária ou permanente, é elegível. Ainda que os benefícios sejam muitos, não deve interferir desnecessariamente na vida do seu patudo.

Por este motivo, aconselhe-se exaustivamente e perceba se a terapia hormonal ou a castração são necessárias e sensatas para o caso particular do seu cão. Pese meticulosamente os prós e os contras dos diversos métodos contracetivos. Além do mais, considere também fatores individuais, como idade, estado de saúde e carácter do animal. Decidir se o animal precisa de algum método contracetivo e, em caso afirmativo, qual, é algo a ser definido individualmente para cada cão.


Franziska Pantelic, veterinária

I am supporting the zooplus magazine for several years with my extensive expertise. I became a licensed veterinarian as early as 2009 and currently operate a mobile small animal practice in the metropolitan area of Munich.


Os nossos artigos mais relevantes
12 min

Castração de cães

A castração constitui um procedimento de rotina na medicina veterinária – mas será sempre recomendada? Qual a diferença entre castração e esterilização?