Caracóis maçã

como cuidar de caracóis maçã

Caracóis maçã: um género especial de invertebrado

Muitos donos de aquários consideram que, tal como os peixes e as plantas, os caracóis devem fazer parte de um aquário. Além disso, acham que tornam o aquário mais bonito e com aspeto natural. No entanto, os caracóis maçã, apesar de serem considerados robustos, precisam de cuidados especiais.

Aspeto dos caracóis maçã

Os caracóis maçã são dos mais populares tipos de caracóis para aquários, dado o formato tipo casa da sua concha, assim como o seu interessante comportamento. Estes caracóis podem ser amarelos, castanhos, pretos ou azuis. No entanto, em lojas, encontram-se principalmente nas cores castanho e amarelo. Os caracóis maçã não têm respiração branquial e, por isso, dentro do aquário devem ter sempre acesso à superfície. Para respirarem, estes caracóis rastejam até à superfície da água e esticam o seu tubo de respiração para fora da água. Assim, os caracóis maçã não devem partilhar o aquário com peixes cuja dieta inclua caracóis. Os peixes podem danificar o tubo de respiração dos caracóis que assim podem morrer asfixiados.

Como cuidar dos caracóis maçã

A água de um aquário onde vivam caracóis maçã deve ser trocada regularmente, visto que estes animais são muito sensíveis a níveis relativamente baixos de nitratos. É igualmente importante ter em conta o espaço que cada caracol necessita. Assim, deve contar com cerca de 5 cm para cada. A água deve também conter um certo teor de calcário (dureza da água). Um teor de calcário muito baixo leva a que a concha dos caracóis fique porosa. Por esta razão, ao comprar caracóis deve perguntar quais os parâmetros da água em que estes animais foram mantidos. Caso a água do seu aquário seja muito mole, pode ajustar a sua dureza mais tarde, desde que seja adequado para os outros habitantes.

Alimentação dos caracóis maçã

A alimentação dos caracóis maçã segue as regras de alimentação de qualquer outro habitante do aquário. Ou seja, a alimentação deve ser variada e adequada, pois só assim garante a saúde dos caracóis. Assim, os caracóis não devem comer apenas os restos da comida dos peixes, devem também ter a sua comida própria. Como alimento adicional, pode dar aos seus caracóis pastilhas de algas e ração granulada que afundam rapidamente. Além disso, estes caracóis apreciam bastante folhas de alface e fatias de pepino previamente mergulhadas em água quente. No entanto, não deve deixar os legumes mais de 2 dias dentro do aquário, pois eles apodrecem e poluem a água.

Criação dos caracóis maçã

Os caracóis maçã não são hermafroditas. No entanto, não têm características exteriores visíveis que permitam identificar o sexo. Assim, para fazer criação de caracóis maçã deve ter sempre vários exemplares no aquário, pois o acasalamento inicia-se quando um macho e uma fêmea se encontram. Neste processo, um dos caracóis faz movimentos oscilantes e move-se em círculos, enquanto o outro geralmente continua a comer. Depois, os ovos são colocados em casulos de calcário, cuja cor varia entre cor de rosa e esbranquiçado, que ficam à superfície da água. O casulo não deve de forma nenhuma afundar no aquário, pois os caracóis bebés afogam-se. Caso o casulo não esteja seguro, pode movê-lo com cuidado para o topo de uma parede do aquário ou para uma caixa flutuante. No entanto, o casulo deve estar sempre húmido para que os ovos não sequem.

Geralmente a humidade sob a cobertura do aquário é suficiente para manter ativo o processo de desenvolvimento dos caracóis. No entanto, se o casulo estiver num local muito quente deve humedecê-lo. Nesse caso, basta passar um dedo húmido duas a três vezes por dia à volta do casulo. Regra geral, os caracóis vão sozinhos para a água após a desova. Caso contrário, pode simplesmente largar os caracóis maçã dentro do aquário.

Proibição de importação do género Pomacea

Em 2012 foi aprovada uma lei na União Europeia que proíbe a importação de caracóis do género Pomacea. Esta lei proíbe também a comercialização e que os caracóis sejam dados ou trocados. Assim, esta lei também se dirige aos cidadãos. Esta lei foi aprovada porque os caracóis maçã tornaram-se uma praga nos campos de arroz em Espanha. A criação destes animais é permitida, desde que seja para uso próprio, dentro de casa. Em 2015 a lei foi reavaliada, porém nada se alterou: a importação de caracóis continua proibida.

Encontre na loja zooplus online todos os produtos para aquários, como comida para peixes, aquários ou plantas para aquários.

Os nossos artigos mais relevantes

Ciclídeos

A maioria dos elementos da família dos ciclídeos fazem parte do grupo dos peixes ornamentais originários dos trópicos e subtrópicos.

Ciclídeo-borboleta

Conheça todas as características da espécie ciclídeo-borboleta. Como se reproduz, como socializa, a sua aparência.