A gravidez psicológica nas cadelas This article is verified by a vet

A gravidez psicológica nas cadelas não castradas é uma condição que pode ocorrer algumas semanas após o cio. As cadelas com este síndrome comportam-se como se estivessem grávidas ou como se tivessem tido cachorrinhos.

Causas da pseudogestação em cadelas

A gravidez psicológica é um síndrome designado por pseudogestação ou pseudociese e é causado por uma desregulação hormonal. Depois do cio a concentração de progesterona cai se a cadela não estiver grávida. No entanto, quando uma cadela apresenta uma pseudogestação, esta hormona decai mais rapidamente do que seria esperado. Além disso, há um aumento da hormona prolactina, responsável pela produção de leite. Não são conhecidos os mecanismos por trás desta desregulação hormonal, mas é consensual que as cadelas não reagem todas da mesma forma ao aumento de prolactina. Nalguns casos basta um pequeno aumento na concentração de prolactina para a cadela apresentar uma pseudogestação, enquanto noutras esta condição só surge se a concentração de prolactina for muito elevada.

Sintomas da pseudociese

Existem vários sintomas de uma pseudogestação em cadelas. Estes surgem entre as três e as doze semanas a seguir ao cio e podem durar várias semanas. Os sintomas podem ser desde muito ligeiros a graves. Assim, a cadela pode ficar apenas mais mole, enquanto outras cadelas podem mesmo produzir leite. Em casos mais sérios as cadelas podem apresentar comportamentos maternais como por exemplo construírem uma espécie de ninho e ficarem muito carinhosas. Além disso podem adotar brinquedos ou outros objetos como sapatos e tratá-los como se fossem os seus cachorrinhos, levando-os para a sua cama ou ninho. Algumas cadelas podem mesmo apresentar comportamentos agressivos, mesmo para o dono, para proteger os seus "cachorrinhos". Por fim, algumas cadelas podem ficar deprimidas e perder o apetite.

Diagnóstico da gravidez psicológica nas cadelas

O diagnóstico desta condição é feito tendo em conta a altura em que ocorreu o cio, a descrição dos comportamentos por parte do dono e o exame clínico do veterinário. Em grande parte das situações os seios das cadelas incham e podem mesmo produzir leite. O veterinário pode fazer exames, como por exemplo um ultrassom ou um raio X, para confirmar se a cadela não está realmente grávida.

Tratamento da pseudogestação

Só as cadelas com sintomas graves é que precisam de tratamento médico. Quando os sintomas da gravidez psicológica são ligeiros, ou seja, quando se observam apenas ligeiras mudanças de comportamento, costuma ser suficiente distrair mais o seu patudo. Assim, deve ir passear e brincar mais com a sua cadela. Além disso, deve guardar os brinquedos ou objetos que estão a substituir os cachorrinhos. Se os seios estiverem inchados não a deve deixar lamber, pois isso estimula a produção de leite. Caso não a consiga impedir pode vesti-la com uma T-shirt ou recorrer a um colar isabelino. Não deve pôr pomadas ou compressas frias nos seios e em caso algum deve retirar o leite. Estas medidas apenas estimulam a produção de leite e prolongam o problema.

Em casos em que as alterações de comportamento são mais graves, como por exemplo, surgimento de comportamentos agressivos ou quando os seios ficam excessivamente inchados, é necessário procurar um veterinário. A intervenção baseia-se na redução da concentração de prolactina através de medicamentos. No entanto, deve interromper a medicação dois dias depois do desaparecimento dos sintomas, para evitar recaídas.

Como prevenir a gravidez psicológica?

Se a sua cadela apresenta apenas sintomas ligeiros, basta tomar algumas precauções. Assim, depois do cio deve passear mais com ela e guardar os objetos que ela pode adotar como cachorrinhos. No entanto, se a sua patuda teve uma pseudogestação grave, é muito provável que ela volte a manifestar os mesmos sintomas. Nestes casos a castração ou esterilização é aconselhável, mas sempre no anestro, ou seja, no intervalo entre as fases do ciclo estral ou reprodutivo. O anestro é a fase em que as hormonas estão em repouso e assim a intervenção cirúrgica não terá consequências. As cadelas castradas ou esterilizadas não desenvolvem pseudogravidez e por isso a esterilização também pode ser indicada como tratamento preventivo. Assim, fale com o seu veterinário para ter em conta as vantagens e desvantagens deste procedimento.

Os nossos artigos mais relevantes

Castração de cães

A castração constitui um procedimento de rotina na medicina veterinária – mas será sempre recomendada? Qual a diferença entre castração e esterilização?

Dermatite canina

Se o seu cão se coça demasiado deve apurar-se a origem do prurido, pois isso restringe o seu bem-estar e reduz a sua qualidade de vida.