Parques para roedores

Não somos só nós, humanos, que nos sentimos atraídos pelo ar livre no verão. Também os coelhos*, os porquinhos-da-índia e outros roedores gostam dessa possibilidade! Devem ser tidas em conta algumas regras para estes momentos.

Regras básicas para ter os roedores na rua:

  • O exterior está repleto de perigos para estes pequenos animais. Uma vedação resistente é essencial, protegendo os roedores de cães, gatos e outros predadores.

 

  • É necessária especial atenção relativamente aos animais que consigam saltar alto. Nestes casos, a vedação deve ser alta o suficiente para que não fujam.

 

  • Além de saltar, cavar é outra das atividades favoritas de alguns roedores. Assim, pode dar-se o caso de os animais cavarem um túnel e passarem para o outro lado da vedação. São necessárias precauções – a melhor solução é colocar uma vedação de arame, com cerca de 30 cm de profundidade, por debaixo do parque.

 

  • Qualquer recinto deve ter um abrigo impermeável e com uma área de sombra. Assim, o roedor poderá abrigar-se de uma chuvada e também refrescar-se do calor.

 

  • Água fresca deve estar sempre disponível numa garrafa, protegida do pólen e de outras impurezas.
  • Para que não se depare com surpresas desagradáveis após as primeiras horas no exterior, deve habituar lentamente o seu animal a comer erva fresca. Durante a primavera coloque, uma vez por outra, erva e dentes-de-leão na gaiola, para que o animal controle o seu apetite na primeira visita ao exterior.
  • Comece por deixar o animal durante uns minutos no exterior e vá aumentando gradualmente o tempo.

 

  • Para se certificar que o pequeno roedor não se aborrece no exterior, pode facilmente transformar o recinto ao colocar alguns brinquedos e acessórios, como túneis, pontes, escadas. Com alguma imaginação construirá um circuito de aventura para pequenos animais!
  • Em qualquer caso, devem ser proporcionadas aos animais oportunidades suficientes para se refugiarem (nas casinhas de madeira, por exemplo).
  • Os cuidados de saúde não devem ser descurados: os pequenos animais que passem tempo no exterior devem ser medicados contra parasitas com regularidade e, em caso de dúvida, desparasitados. O melhor é sempre aconselhar-se com um médico veterinário.

*Relembramos que os coelhos não são considerados roedores. No entanto, não os quisemos deixar de fora neste artigo.

Os artigos mais lidos

Como educar um cachorro

Deve começar cedo a educar o seu cachorro e aproveitar o facto de serem curiosos para ensiná-los de forma divertida mas consistente.