Papagaio-cinzento (Psittacus erithacus)

Elegância discreta com um toque de cor: o papagaio-cinzento pode parecer-nos banal, mas a sua personalidade é bem capaz de nos surpreender.

Apesar da sua plumagem simples, o papagaio-cinzento é das espécies de papagaios mais populares. Descubra neste artigo quais as características que distinguem estes pássaros e como oferecer ao seu papagaio-cinzento uma vida confortável.

Aparência: reservados, sem dúvida

Com um comprimento aproximado de apenas 30 cm e pesando em média 450 gramas, o papagaio-cinzento, ou papagaio-do-Congo, conta-se entre as maiores espécies de papagaios a habitar no continente africano. Devem a designação à plumagem cinzenta, mais clara na zona da cabeça e que decora praticamente todo o corpo do animal.

As vibrantes penas vermelhas da cauda, o bico preto, forte e curvo, e os olhos de um amarelo brilhante são as suas características mais notáveis. Os círculos das olheiras são brancos e não têm penas.

Visualmente, machos e fêmeas mal se distinguem, excetuando o facto de as fêmeas serem ligeiramente mais pequenas. Porém, existem diferenças entre as duas subespécies: ao contrário do papagaio-cinzento do Congo, o bico do papagaio-cinzento de Timneh é mais claro, apresentando um tom castanho-rosado, a plumagem é mais escura e o corpo é mais compacto.

Personalidade: sociável, altruísta e com jeito para as línguas

Na natureza o papagaio-cinzento está constantemente em movimento, preferencialmente em bando e em pequenos grupos. Além disso, são monogâmicos e mantêm relações muito próximas com os respetivos parceiros. Investigadores descobriram recentemente que estas aves são altruístas e que não conhecem o ciúme.

Um fã de palavras inequívocas

Além de uma inteligência social notável, são muitos os papagaios-cinzentos com grande talento para as línguas e para imitar vozes e barulhos. No entanto, podem tornar-se bastante barulhentos.

Alguns exemplares da espécie comunicam alegremente com os donos e até há papagaios que encomendam comida usando um assistente de voz. Tal sucedeu à enfermeira britânica Marion Wischnewski: o seu papagaio Rocco encomendou online várias frutas da sua preferência!

O papagaio-cinzento adora ser desafiado e requer muita atenção. São animais sempre disponíveis para dois dedos de conversa e gostam de participar em qualquer atividade.

Apesar de toda a sua vivacidade, o papagaio-cinzento é cético a mudanças. Ou seja, é necessário muito cuidado ao introduzir qualquer novidade na vida destas sensíveis aves.

É possível domesticar um papagaio-cinzento?

Estes elegantes pássaros têm dificuldade em resistir a recompensas. E por que não tirar partido desta sua fraqueza? Com alguma paciência é possível treiná-los e ensinar-lhes comandos simples. Ao mesmo tempo, é importante dar-lhes alguma educação para que não se aproveitem de si.

Ganha a confiança do seu papagaio-cinzento, verá como depressa se tornarão grandes amigos. Porém, para que o animal se sinta totalmente bem precisa de ter contacto com outros pássaros da mesma espécie.

Cuidados: uma boa companhia

Os papagaios adoram estar na companhia de outros papagaios! O contacto com humanos é um complemento à vida social destes animais e nunca irá substituir o contacto entre conspecíficos. Assim sendo, um papagaio-cinzento nunca deverá ser mantido sozinho, mas sim em par ou em grupo.

A haver química entre duas destas aves, o casal viverá em cumplicidade e em monogamia. Existindo oportunidade para a reprodução, isto é, um local de nidificação num tronco de árvore, a fêmea põe entre dois a cinco ovos e incuba-os durante cerca de quatro semanas. Enquanto isso, o macho encarrega-se da alimentação.

Para se sentir feliz, o papagaio-cinzento precisa da companhia de outras aves da mesma espécie – e também de brinquedos que o estimulem psicologicamente.

Sociáveis e com desejos

A sociabilidade destes pássaros não se esgota nos seus conspecíficos. Cães e gatos bem-comportados, por exemplo, são aceites como companheiros de casa. A socialização com outras aves, em particular se forem mais pequenas, é difícil. No que diz respeito a crianças pequenas, o contacto entre ambos só deve ocorrer se supervisionado para proteger estes assustadiços papagaios.

Além do contacto social, dado o seu tamanho o papagaio-cinzento precisa de bastante espaço. As dimensões mínimas recomendadas para a gaiola são 2 metros de comprimento x 1 metro de largura x 1 metro de altura. Cada ave adicional requer, pelo menos, mais metade deste espaço.

O aviário é o local onde o papagaio dorme e se alimenta. Quanto ao resto do tempo, estas aves preferem ocupá-lo a saciar a sua necessidade de movimento, precisando de longos momentos de voo em liberdade.

Estes são os acessórios que não podem faltar no aviário:

  • Diversos objetos que permitam ao animal trepar e roer
  • Poleiros de madeira natural e com diferentes diâmetros
  • Grades com barreiras transversais ou em rede
  • Acessórios para banho
  • Piso coberto com areia, aparas de madeira não tratada ou forragem vegetal

A inteligência do papagaio-cinzento surpreende repetidamente cientistas e donos. Por este motivo, não devem faltar possibilidades de entretenimento na gaiola. Com os brinquedos adequados é possível estimular mentalmente estes pássaros e evitar que se aborreçam.

Descubra como é que o papagaio-cinzento se sente totalmente confortável

Crie um ambiente o mais natural possível para o seu papagaio-cinzento. A fase da luminosidade deve durar entre 10-14 horas e incluir momentos de crepúsculo. Fontes de radiação ultravioleta (UV) artificiais fornecem aos pássaros os raios UV essenciais. Uma iluminação noturna é muito bem-vinda, mas não a luz proveniente da televisão ou do computador.

Além disso, o papagaio-cinzento não tolera ar quente seco, pois danifica-lhe as penas. Um ambiente com uma percentagem de humidade acima dos 60% é o ideal.

Aviso: os papagaios não conseguem libertar naturalmente o bico de objetos de madeira, papel e verga. É aconselhável não deixar tais objetos espalhados na gaiola sem supervisão. Em vez disso, proporcione aos animais oportunidades suficientes para roer.

Alimentação: fresca e equilibrada

Além de disponibilizar água fresca, manter adequadamente um papagaio-cinzento inclui respeitar determinadas regras em relação à alimentação:

  • Ofereça diariamente fruta e vegetais frescos. Porém, são intolerantes a certos vegetais, como couve, batata e abacate.
  • Misturas de sementes com uma elevada percentagem de sementes de girassol são ótimos suplementos.
  • O grit ajuda à digestão dos cereais e as pedras e os ossos de choco fornecem cálcio aos papagaios.
  • Uma vez por semana, nozes e alimentos ricos em proteína, como requeijão ou ovos cozidos, devem fazer parte do menu.
  • Galhos acabados de cair e provenientes de árvores de fruto sem tratamento satisfazem o desejo de roer do animal e diversificam agradavelmente a sua dieta.

Os bicos do papagaio-cinzento são excelentes quebra-nozes. Ainda assim, ofereça-lhe as nozes descascadas e proteja o animal do bolor, que pode ser perigoso.

Papagaios-cinzentos, como o papagaio-cinzento de Timneh da imagem, precisam de ingerir fruta e vegetais frescos diariamente.

Saúde: amigos para a vida

O papagaio-cinzento é um companheiro leal: recebendo os cuidados apropriados estes animais podem viver até aos 50 ou mesmo 60 anos. Para que possa desfrutar da sua companhia durante muito tempo, observe-os cuidadosamente.

Se animais vivaços se apresentarem repentinamente mais calmos do que o habitual, levantarem as penas, arrancarem penas ou perderem apetite, é porque podem estar doentes. Entre as doenças típicas do papagaio-cinzento contam-se as infeções fúngicas da pele ou do trato respiratório e doenças hepáticas.

Alterações comportamentais podem ser indicadoras de stress ou frustração. É importante cuidar da saúde mental do seu papagaio-cinzento. Estes não são animais domésticos para principiantes e são bastante sensíveis a quaisquer erros de manutenção.

Comprar um papagaio-cinzento: apenas com certidão

Gostaria de oferecer um lar a um distinto papagaio-cinzento? Se a resposta é afirmativa, criadores privados e lojas de animais devem ser o seu ponto de partida. Certamente oferecer-lhe-ão informação detalhada.

Qual o valor de um papagaio-cinzento adquirido a um criador?

O preço de um papagaio-cinzento é variável. Tome 700 euros por animal como valor de referência. Opte pelo criador ou pela loja de animais, conheça as origens do pássaro dos seus sonhos. O comércio internacional de exemplares selvagens capturados é proibido para proteger as aves selvagens, em liberdade.

Sendo o papagaio-cinzento uma espécie protegida é obrigatório identificar e declarar cada ave. Uma prova de origem é também exigida, tal como um certificado CITES (Convenção sobre o Comércio Internacional de Espécies da Fauna e da Flora Selvagem Ameaçadas de Extinção) a indicar que o animal foi trazido legalmente ou criado na Europa.

Origem: um sucesso de exportação do continente africano

O papagaio-cinzento pertence exatamente à família dos papagaios. O papagaio do Congo e o papagaio-cinzento de Timneh são os únicos membros da espécie Psittacus. Na sua terra natal, em África, estas aves vivem em florestas tropicais e em mangues ou podem ser encontradas nas húmidas savanas da África Central e Ocidental.

O papagaio-cinzento do Congo habita sobretudo países como o Gabão, a República do Congo e a República Democrática do Congo. O papagaio de Timneh, pelo contrário, encontra-se maioritariamente na Costa do Marfim, Serra Leoa, Libéria e no sudeste da Guiné.

O belo papagaio-cinzento chegou ao continente europeu no século XVI na companhia dos navegadores. Já no início do século XVII gozava de crescente popularidade junto de particulares. Lado a lado com os periquitos, estes pássaros são ainda uma das aves domésticas mais populares.

Perfil: Papagaio-cinzento

Nome Papagaio-cinzento (Psittacus erithacus)
Tamanho cerca de 33 cm de comprimento
Esperança de vida até 60 anos
Número de conspecíficos no mínimo em par, idealmente mais
Socialização com outros animais viável com cães e gatos; com outras espécies de pássaros não é recomendado
Gaiola: Viveiro 2 m x 1 m x 1 m, no mínimo
Alimentação diversificada; sobretudo frutas e vegetais; misturas de sementes, clara de ovo e nozes como suplementos
Grau de dificuldade avançado
Os nossos artigos mais relevantes

Caturra

As caturras procuram o contacto com animais da mesma espécie e se isso não for possível ligam-se aos humanos e exigem atenção a 100%.

Canário

Os canários são conhecidos por serem aves que cuidam de si mesmos desde que lhes sejam oferecidos os meios necessários.

Agapornis

Os agapornis necessitam de bastante espaço para se movimentarem sem restrições por isso um viveiro é a melhor opção para esta espécie.