A diarreia nos gatinhos. Causas e o que fazer

Causas, sintomas e o que deve fazer.

Quando os gatinhos têm diarreia

A chegada de um jovem gatinho ao seu novo lar é um momento emocionante – tanto para o animal como para o dono! Este é efetivamente um tempo de mudanças, sejam os donos inexperientes ou não. Os gatos bebés precisam de especial atenção. Um conselho: aproveite cada minuto, pois eles crescem quase sem darmos por isso! Tal como as crianças pequenas, também os gatinhos têm que se deslocar ao médico com frequência – os cuidados de saúde regulares são fundamentais. Os gatos adultos devem ir ao veterinário uma vez por ano, aproximadamente, enquanto os gatinhos devem ir às consultas com maior regularidade para, por exemplo, serem vacinados contra as doenças infeciosas mais comuns. Todavia, por vezes deslocamo-nos com os nossos gatinhos ao veterinário em consequência das designadas “doenças de criança”. Um bom exemplo de um sintoma subvalorizado é a diarreia. Se o seu gatinho tem diarreia, a consulta veterinária é essencial.

Sintomas de diarreia

Biologicamente falando, a diarreia é o processo de limpeza do corpo do gato: o organismo livra-se de substâncias indesejadas ou dos agentes patogénicos. A diarreia é, então, um processo lógico que, regra geral, não se deve reprimir.

 

Na realidade, a diarreia nos gatos é tudo menos agradável: de acordo com a gravidade dos sintomas, o gatinho conseguirá ainda chegar à caixa de areia e os donos não estarão conscientes do problema até que o odor penetrante e as fezes moles o façam questionar-se e limpar o WC do animal. Eventualmente, pode reparar no pelo sujo do gatinho ou mesmo dar conta de alguma “acidente” que este tenha pela casa.

 

Com diarreia, o organismo dos gatinhos é bastante sobrecarregado. As fezes moles fazem com que o animal desidrate. Os seus pequenos corpos toleram poucas variações a nível do equilíbrio de fluidos. Enquanto a diarreia leve é considerada inofensiva para os gatos adultos, sendo tratável com uma ligeira dieta, é necessário, no caso dos gatinhos, dirigir-se ao médico veterinário. Ainda assim, a diarreia é um problema subestimado.

kitten katzentoilette

Causas

Nos gatinhos, a diarreia pode ter diversas causas:

  • Stress: A mudança para uma nova casa é certamente excitante para um jovem gatinho! Deixar a mãe e os irmãos e habituar-se a um novo ambiente é também, muitas vezes, motivo de stress. Assim, a diarreia pode ser um sinal de tensão. Se o médico veterinário não consegue identificar uma causa física para a diarreia, esta é muito plausível.

 

  • Alterações na alimentação: O gatinho fazia uma dieta específica no centro de acolhimento, junto do criador ou do antigo dono. Se no novo lar se optar por diferentes variedades de ração ou de comida húmida, esta alteração na dieta pode perturbar a digestão do jovem gato. As mudanças alimentares devem ser feitas sempre gradualmente: comece por misturar algumas colheres de sopa da nova comida, colocando-a no fundo da tigela, por debaixo da comida habitual. Passadas algumas semanas, pode substituir totalmente a alimentação pela nova variedade.

 

  • Intolerância: Até os gatos têm alergias – alguns gatinhos são, por exemplo, sensíveis aos aditivos vegetais presentes nos alimentos, enquanto outros são alérgicos a determinados aditivos ou carnes. A identificação da intolerância alimentar requer tempo e paciência da parte do dono. A ajuda do veterinário será preciosa!

 

  • Infeções: Todos os gatos ficam doentes, pelo menos uma vez. A diarreia aguda é, com frequência, resultado de uma infeção viral. Por norma, a infeção é facilmente identificável através de uma amostra das fezes. Com a medicação certa, prescrita pelo veterinário, o seu gatinho rapidamente voltará à sua boa forma!

 

  • Parasitas: Os parasitas sentem-se bem no intestino dos gatinhos mais jovens. A desparasitação atempada das mamãs e das crias afetadas é muito importante. Seja como for, os gatinhos têm com frequência vermes ou parasitas intestinais unicelulares. Nem todos os parasitas são iguais: além das conhecidas lombrigas e ténias, existem também os parasitas do coração e os parasitas pulmonares, tal como os parasitas unicelulares (como a Giardia). É normal as desparasitações terem um espetro de ação muito determinado. Assim sendo, é importante que o médico veterinário determine que espécies de parasitas estão presentes nas fezes do gato e que prescreva um vermífugo adequado. Apesar disso, tenha em atenção a dose recomendada na embalagem. O organismo dos gatos mais jovens não tolera overdose.

 

  • Envenenamento: O dia a dia dos gatos é certamente estimulante. Mas nem todas as plantas, líquidos e sólidos são tolerados pelo organismo do seu gatinho. A intoxicação é um assunto grave e que pode ser fatal. Os sintomas típicos incluem: aumento da salivação, espuma na boca e entorpecimento. Numa situação assim, dirija-se de imediato às urgências veterinárias!

 

  • Corpos estranhos: É normal os gatinhos pegarem em qualquer objeto com a boca. Os corpos estranhos podem obstruir tanto o esófago como o trato gastrointestinal – o organismo tenta abrir caminho através do vómito. No organismo dos gatos, os corpos estranhos são semelhantes ao envenenamento e podem ser fatais! Dirija-se ao veterinário de imediato.
kitten liegend

Tratamento

Tal como vimos, existem muitas causas que podem justificar a diarreia nos gatinhos. Dependendo do tipo de sintomas, da causa e da gravidade da doença, estão disponíveis vários métodos de tratamento. E ainda que os donos dos gatos adultos acreditem na cura por remédios caseiros, por favor, não os experimente em gatinhos. A diarreia em animais tão jovens é um assunto sério, que os pode desidratar e até mesmo matar. Assim, opte por consultar um veterinário – tudo para que o animal possa receber o tratamento adequado.

As maiores felicidades para si e para o seu gatinho – são os nossos desejos!

Descubra a secção da nossa loja dedicada aos gatinhos!

Os nossos artigos mais relevantes