Qual é a melhor opção para viajar com cães: carro ou avião?

Qual é a melhor opção para viajar com cães: carro ou avião?

Os amantes dos cães gostam de ter os seus melhores amigos sempre na sua companhia. Desde que as atividades decorram no espaço da cidade é certo e sabido que os companheiros de quatro patas acompanharão os donos para todo o lado. E no período de férias? Que opções têm os donos quando se mudam para um local a maior distância? Faz sentido transportar o animal no avião? Ou será que os donos devem preferir, embora mais longas, as viagens de automóvel?

Viajar de avião ou viajar de carro?

Entrem no automóvel e estão prontos para seguir – a mesma situação não é assim tão fácil quando a viagem inclui o avião. Uma viagem aérea com um cão deve ser muito bem preparada. As disposições legais dependem da companhia aérea e do país de destino. Sumariamente, os animais têm de ser registados no momento da reserva e, em certos casos, tal implica pagar uma taxa. Algumas companhias aéreas não permitem animais na cabine, sendo que outras permitem, até certo peso, a sua permanência no compartimento destinado às bagagens – a viagem neste compartimento é desconfortável e um pouco assustadora, especialmente para cães de grande porte…

A viagem de automóvel é bastante menos complicada. Porém, algumas regras são transversais a ambas as modalidades: ao viajar para o estrangeiro, os requisitos de entrada no país de destino são imprescindíveis. Este tipo de informação pode ser encontrado na página web da respetiva embaixada. Dependendo dos requisitos de entrada, o animal poderá precisar de um atestado médico ou de vacinação específica. Um passaporte para animais de companhia da União Europeia é também essencial. Lembre-se de transportar consigo e de ter sempre à mão todos estes documentos durante a viagem!

Segurança

O avião é considerado o meio de transporte de passageiros mais seguro. Ao optar por transportar o seu companheiro de quatro patas na zona de transporte do avião, a verdade é que não estará ao alcance da sua vista, não conseguindo, assim, perceber se se passa alguma coisa de errado com o animal e intervir a tempo. Viajar de avião tem os seus pontos negativos para os nossos animais!

Uma dica: a toma de calmantes e outros medicamentos não é aconselhada antes das viagens de avião. Alguns companhias aéreas proibiram mesmo a sua utilização. Os efeitos dos medicamentos são acentuados no ar, sendo os mesmos difíceis de prever. É por este motivo que cada vez mais companhias aéreas se recusam a transportar animais sedados – nem na área de transporte nem na cabine.

Ao viajar de automóvel tem a certeza de que o seu companheiro está sempre ao seu alcance. O animal pode ter ataques de pânico ou sofrer com náuseas e é reconfortante saber que o poderá acalmar nestas situações. A verdade é que o contacto com humanos acalma qualquer cão! As viagens de automóvel são bastante mais tranquilas. No entanto, é seguramente importante equipar o veículo com grades de proteção para o porta-bagagens, ou caixas de transporte, estáveis e apropriados para automóveis. Acessórios de alta qualidade tornam a viagem mais confortável e podem mesmo salvar a vida do animal em caso de acidente!

Conveniência

Pare quando quiser. Deixe que a bexiga do cãozinho dite a frequência das paragens: as viagens de automóvel são bastante mais confortáveis para os cães e para os donos. Ambos têm oportunidade para esticar as pernas, ao invés de estarem fechados no avião horas e horas. E ao passo que o animal não deve comer nem beber durante a viagem de avião, tal não será um problema ao viajarem de carro.

A conclusão é simples: a viagem de automóvel é muito mais agradável para o seu companheiro de quatro patas do que uma viagem de avião. Porém, é natural que as exceções confirmem a regra – alguns cães adoram voar; ainda assim, não deixam de ser a minoria.

Custos

Há ainda outro argumento de peso a favor das viagens de automóvel: os custos. Se viaja de automóvel, as despesas inerentes – gasolina, óleo e desgaste do veículo – são antecipadamente levadas em consideração e não sofrem acréscimos caso o animal esteja presente. A viagem de avião, pelo contrário, pode ser bem dispendiosa! Os valores dependem do tamanho e do peso do seu cãozinho e, claro, das companhias aéreas; e caso seja dono de mais do que um animal de estimação, as despesas tornam-se ainda mais elevadas. Se preza a sua conta bancária, o nosso conselho é que opte pelo alcatrão!

Habituação

Ao longo da sua vida, os cães acabam por viajar diversas vezes no porta-bagagens dos automóveis. Sendo assim, é relativamente fácil preparar o seu companheiro de quatro patas para uma viagem mais longa. O caso é diferente se se trata de uma viagem aérea – pode habituar o animal à caixa de transporte, mas não à realidade do avião. O voo e os processos de controlo associados são, assim, choques para o animal…

Distância

Uma coisa é certa – existem muitas razões para viajar de automóvel, mas há um fator importante para viajar de avião com o seu cão: a distância. De automóvel é fácil chegar a países como Itália ou Alemanha e até mesmo atravessar a Europa. Contudo, se o seu destino se situa nas Américas ou em África, não há forma de evitar o avião.

Apesar de tudo, os voos não deixam de ser desconfortáveis e stressantes para os cães. Se vai de férias, instalar o animal num hotel para cães é uma excelente ideia. Se estiver a planear uma viagem de vários meses ou mesmo uma mudança para o estrangeiro, muitas vezes não há outra solução se não levar o animal consigo. Se for este o caso, prepare bem o seu companheiro para a viagem, deixe que se habitue à transportadora e, em caso de dúvida, experimente recorrer a calmantes homeopáticos. Suplementos alimentares ricos no aminoácido triptófano contribuem também para a libertação da serotonina – hormona da felicidade –, e conduzir a um estado de tranquilidade.

Independentemente da sua escolha: uma excelente viagem para si e para o seu companheiro de quatro patas!

Os nossos artigos mais relevantes

Viajar de comboio com cão

Um pré-requisito para uma viagem de comboio agradável com o seu cão além da pontualidade é saber que o animal estará calmo.