As seis fases de crescimento dos gatos This article is verified by a vet

cada gato simboliza as seis fases de crescimento dos gatinhos

O crescimento dos gatos pode dividir-se em seis fases.

Durante quanto tempo crescem os gatos e de que tamanho podem ficar? Isto depende, por um lado, da herança genética e, por outro, de fatores externos, como da alimentação. O crescimento dos gatos ocorre, então, em seis fases. Conhecendo-as, podemos proporcionar aos nossos gatinhos uma vida saudável desde o início e dar-lhes o apoio adequado à medida que crescem.

O crescimento dos gatos em seis fases

Aproximadamente após 66 dias, as gatas grávidas dão à luz os seus gatinhos. No momento do nascimento, estas amorosas criaturas pesam menos de 100 gramas. Porém, nos próximos meses depressa se transformam em curiosos patudos. O crescimento dos gatos divide-se, portanto, em diferentes fases:

Primeira fase: a primeira semana de vida

Após o nascimento, os gatinhos, ainda cegos e fracos, precisam do leite da mãe. O leite materno, também chamado colostro, contém importantes nutrientes e anticorpos protetores (proteínas de proteção). Estes últimos são, então, fundamentais para a saúde do gatinho, pois o seu sistema imunitário é ainda inexperiente e enfraquecido. Já que o seu corpo não está ainda totalmente revestido com pelo, os gatinhos precisam do calor protetor da mãe.

Passada uma semana, os recém-nascidos abrem os olhos e perdem o cordão umbilical, que seca. Então, para que os gatinhos comecem uma vida cheia de saúde, é essencial controlar-lhes diariamente o peso. Com a ajuda de uma tabela de peso, pode verificar se se estão a desenvolver bem e ajustar a alimentação, se necessário.

Segunda fase: surgem os dentes de leite

Nas primeiras semanas de vida, os gatinhos ainda têm pouca força. Portanto, passam grande parte do dia a dormir. Entre a terceira e a oitava semana, rompem os primeiros dentes de leite. A dentição de leite completa dos gatos é composta por 26 dentes, muito mais pequenos e pontiagudos em comparação com a dentição adulta.

gatinho a comer a alimentar-se de comida sólida
A partir das quatro semanas de vida, os gatinhos começam a comer alimentos sólidos.

Terceira fase: a introdução dos alimentos sólidos

Após quatro semanas, os gatinhos já ganharam algum peso. Podem, então, finalmente correr e brincar com os irmãos. Além disto, comem pela primeira vez alimentos sólidos. É a altura certa para lhes oferecer, gradualmente, comida mole. Contudo, esta mudança deve ser feita lentamente. O aparelho gastrointestinal só está habituado a leite materno e precisa de se ajustar à comida nova. De outra forma, há o risco de diarreia, prisão de ventre e dores abdominais.

Quarta fase: os gatinhos continuam a crescer

Os gatinhos têm agora dois meses e comem comida sólida permanentemente. Continuam a crescer naturalmente, tendo, portanto, necessidades energéticas e nutricionais mais elevadas do que os parentes adultos. Assim sendo, deve dar-lhes comida especial para gatinhos, concebida especificamente para esta fase. Mas optar entre ração ou comida húmida depende apenas de si.

É também o momento da primeira ida ao veterinário. O médico informá-lo-á acerca da vacinação e, caso necessário, de ajustes alimentares.

Entre o terceiro e o sexto mês de vida, dá-se, então, a mudança da dentição dos gatinhos. Durante este período, os dentes de leite são substituídos por 30 dentes permanentes. Em comparação, nós, humanos, temos cerca de 32 dentes permanentes, enquanto os cães têm 42.

Quinta fase: de gatinho a gato

Então, após sete emocionantes meses de vida, o gato é considerado adulto. As fêmeas têm o cio e podem engravidar. Contudo, os machos alcançam a maturidade sexual cerca de um mês mais tarde. A partir deste momento, depois de se informar e refletir bem acerca do assunto, pode considerar a castração.

Sexta fase: o crescimento chega ao fim

Os gatos completaram o seu primeiro ano de vida e estão agora bem mais calmos. A partir de agora, deixam também de crescer. Passados cerca de oito anos de vivências, os pelos na zona da boca tornam-se mais brancos. Por norma, este é o primeiro sinal de envelhecimento. Porém, a pouco e pouco, os animais podem mostrar-se mais cansados e preguiçosos.

Qual o tamanho e o peso máximos dos gatos?

Não há uma resposta única a esta pergunta. Por um lado, o crescimento dos gatos depende então dos seus genes e de fatores como a alimentação enquanto são gatinhos. Por outro lado, existem raças de gatos bastante diferentes quanto ao tamanho e tipo de corpo. Porém, na nossa região, o gato comum europeu é muito popular e conta com cerca de 80 a 90 centímetros de comprimento. Em oposição, os maine coon adultos, sobretudo os machos, podem alcançar os 120 centímetros de comprimento.

O peso também depende da raça e do sexo: os persa machos podem chegar aos oito quilos. Já as fêmeas bengal são bastante leves, oscilando normalmente entre os três, quatro quilos.

Quanto tempo vivem os gatos?

Gatos saudáveis vivem em média 15 anos, ainda que alguns cheguem aos 19 anos. Afinal, este número é individual e é hereditário. Doenças ou uma alimentação incorreta podem ter um efeito negativo na idade dos gatos.

Sugestão de leitura: aprenda a converter a idade dos gatos em anos humanos no nosso artigo sobre a idade dos gatos. Na nossa secção dedicada aos gatinhos encontra vários artigos sobre como cuidar bem destes pequenos patudos.


Franziska G., veterinária
Profilbild von Tierärztin Franziska Gütgeman mit Hund

Estudei medicina veterinária na Universidade Justus-Liebig em Gießen, onde pude ganhar alguma experiência em vários campos, como medicina para pequenos e grandes animais, medicina exótica, farmacologia, patologia e higiene alimentar. Desde então, não trabalhei apenas como autora veterinária. Também trabalhei na minha tese, que foi influenciada cientificamente. O meu objetivo é proteger melhor os animais contra patógenos bacterianos no futuro. Além do meu conhecimento, partilho as minhas próprias experiências como dono de um cão e, assim, consigo entender e dissipar medos e problemas, bem como outras questões de saúde animal.


Os nossos artigos mais relevantes
6 min

Vacinas para gatos

Tem um gatinho em casa? Então leia este artigo para saber mais sobre as vacinas para gatos incluindo as suas vantagens e indicações.